news:

Esporte

Atacante Fred troca Atlético-MG pelo rival Cruzeiro


foto_principal.jpg
23/12/2017

Pouco depois de ter sua saída anunciada pelo Atlético-MG. Fred acertou o retorno ao Cruzeiro, assinando um contrato por três temporadas.

 

De forma surpreendentemente, Fred permanecerá em Belo Horizonte. Neste sábado, horas depois de o Atlético Mineiro anunciar a saída do atacante, o rival Cruzeiro agiu rápido e informou a contratação do jogador. O vínculo com a nova equipe será válido por três temporadas.

 

“O Cruzeiro acertou, neste sábado, o retorno do atacante Fred à Toca da Raposa II. O artilheiro da Copa do Brasil de 2005 pelo time azul defenderá o Cruzeiro pelas próximas três temporadas”, anunciou o clube mineiro, em seu site oficial.

 

A nota explicou ainda que, tão logo foi anunciada a rescisão contratual de Fred com o Atlético Mineiro, “o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, e o vice-presidente de futebol, Itair Machado, trabalharam com agilidade e conduziram as tratativas junto ao procurador do atleta. O desfecho positivo da negociação aconteceu na tarde deste sábado”.

 

Apesar da boa média de gols, Fred não rendeu o esperado em 2017, principalmente no Campeonato Brasileiro, no qual terminou com 12 gols. Acertou, assim, sua rescisão amigável com o Atlético Mineiro, que decidiu apostar em Ricardo Oliveira, ex-jogador do Santos.

 

A expectativa, porém, era de que o atacante fosse para o Rio de Janeiro. O primeiro interessado no jogador de 34 anos era o Flamengo, mas a diminuição da suspensão de Guerrero por doping esfriou a negociação. O Fluminense, então, passou a ser o principal candidato até este sábado, quando o Cruzeiro se antecipou e o contratou.

 

Revelado pelo América Mineiro, o atacante despontou para o futebol mundial entre 2004 e 2005, atuando pelo próprio Cruzeiro. Em sua primeira passagem, ele marcou 56 gols em 71 partidas e foi o artilheiro da Copa do Brasil 2005 (14 gols) e do Campeonato Mineiro de 2005 (13 gols).

 

Esta foi a segunda contratação anunciada pelo Cruzeiro após o início da gestão de Wagner Pires de Sá. A primeira havia sido do lateral-esquerdo Egídio, que chegou para substituir Diogo Barbosa, negociado para o Palmeiras.

Pouco depois de ter sua saída anunciada pelo Atlético-MG. Fred acertou o retorno ao Cruzeiro, assinando um contrato por três temporadas.


 


De forma surpreendentemente, Fred permanecerá em Belo Horizonte. Neste sábado, horas depois de o Atlético Mineiro anunciar a saída do atacante, o rival Cruzeiro agiu rápido e informou a contratação do jogador. O vínculo com a nova equipe será válido por três temporadas.


 


“O Cruzeiro acertou, neste sábado, o retorno do atacante Fred à Toca da Raposa II. O artilheiro da Copa do Brasil de 2005 pelo time azul defenderá o Cruzeiro pelas próximas três temporadas”, anunciou o clube mineiro, em seu site oficial.


 


A nota explicou ainda que, tão logo foi anunciada a rescisão contratual de Fred com o Atlético Mineiro, “o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, e o vice-presidente de futebol, Itair Machado, trabalharam com agilidade e conduziram as tratativas junto ao procurador do atleta. O desfecho positivo da negociação aconteceu na tarde deste sábado”.


PATROCINADORES

 


Apesar da boa média de gols, Fred não rendeu o esperado em 2017, principalmente no Campeonato Brasileiro, no qual terminou com 12 gols. Acertou, assim, sua rescisão amigável com o Atlético Mineiro, que decidiu apostar em Ricardo Oliveira, ex-jogador do Santos.


 


A expectativa, porém, era de que o atacante fosse para o Rio de Janeiro. O primeiro interessado no jogador de 34 anos era o Flamengo, mas a diminuição da suspensão de Guerrero por doping esfriou a negociação. O Fluminense, então, passou a ser o principal candidato até este sábado, quando o Cruzeiro se antecipou e o contratou.


 


Revelado pelo América Mineiro, o atacante despontou para o futebol mundial entre 2004 e 2005, atuando pelo próprio Cruzeiro. Em sua primeira passagem, ele marcou 56 gols em 71 partidas e foi o artilheiro da Copa do Brasil 2005 (14 gols) e do Campeonato Mineiro de 2005 (13 gols).


 


Esta foi a segunda contratação anunciada pelo Cruzeiro após o início da gestão de Wagner Pires de Sá. A primeira havia sido do lateral-esquerdo Egídio, que chegou para substituir Diogo Barbosa, negociado para o Palmeiras.


Pouco depois de ter sua saída anunciada pelo Atlético-MG. Fred acertou o retorno ao Cruzeiro, assinando um contrato por três temporadas.


 


De forma surpreendentemente, Fred permanecerá em Belo Horizonte. Neste sábado, horas depois de o Atlético Mineiro anunciar a saída do atacante, o rival Cruzeiro agiu rápido e informou a contratação do jogador. O vínculo com a nova equipe será válido por três temporadas.


 


“O Cruzeiro acertou, neste sábado, o retorno do atacante Fred à Toca da Raposa II. O artilheiro da Copa do Brasil de 2005 pelo time azul defenderá o Cruzeiro pelas próximas três temporadas”, anunciou o clube mineiro, em seu site oficial.


PATROCINADORES

 


A nota explicou ainda que, tão logo foi anunciada a rescisão contratual de Fred com o Atlético Mineiro, “o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, e o vice-presidente de futebol, Itair Machado, trabalharam com agilidade e conduziram as tratativas junto ao procurador do atleta. O desfecho positivo da negociação aconteceu na tarde deste sábado”.


 


Apesar da boa média de gols, Fred não rendeu o esperado em 2017, principalmente no Campeonato Brasileiro, no qual terminou com 12 gols. Acertou, assim, sua rescisão amigável com o Atlético Mineiro, que decidiu apostar em Ricardo Oliveira, ex-jogador do Santos.


 


PATROCINADORES

A expectativa, porém, era de que o atacante fosse para o Rio de Janeiro. O primeiro interessado no jogador de 34 anos era o Flamengo, mas a diminuição da suspensão de Guerrero por doping esfriou a negociação. O Fluminense, então, passou a ser o principal candidato até este sábado, quando o Cruzeiro se antecipou e o contratou.


 


Revelado pelo América Mineiro, o atacante despontou para o futebol mundial entre 2004 e 2005, atuando pelo próprio Cruzeiro. Em sua primeira passagem, ele marcou 56 gols em 71 partidas e foi o artilheiro da Copa do Brasil 2005 (14 gols) e do Campeonato Mineiro de 2005 (13 gols).


 


Esta foi a segunda contratação anunciada pelo Cruzeiro após o início da gestão de Wagner Pires de Sá. A primeira havia sido do lateral-esquerdo Egídio, que chegou para substituir Diogo Barbosa, negociado para o Palmeiras.


Veja Também