news:

Bem Estar

Drauzio Varella alerta que homens devem secar o pênis após urinar


foto_principal.jpg
28/12/2017

Para muitas mulheres esse é considerado um hábito essencial, pois trata-se de uma questão de higiene e saúde da região íntima.

 

No entanto, a grande maioria dos homens não possui esse mesmo nível de cuidado (ou preocupação), assumindo que só a lavagem de praxe é suficiente. Dessa forma, de acordo com o médico Drauzio Varella, os homens deveriam ter essa mesma atenção. Ele alertou para o fato de que os homens, principalmente os que têm o prepúcio longo (pele que recobre a glande), devem secar o pênis após urinar.

 

Até mesmo os circuncidados devem ter esse cuidado, de acordo com o médico. Isso porque, um pouco de urina sempre fica na uretra, o que, posteriormente, acabará vazando para a cueca. Assim, em contato constante com a pele, essa urina poderá ser fonte de inflamações e até mesmo infecções.

 

Essa falta de cuidados pode resultar em diversas complicações, tal como a balanite – uma inflamação da pele que recobre a glande – e o câncer de pênis. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de câncer não é incomum. Em 2009, foram relatados 4.637 novos casos de tumores penianos. “No Maranhão, por exemplo, há mais casos de câncer de pênis do que de próstata. Lá, um caso surge a cada 16 dias, e muitos chegam à amputação”, revelou o site.

 

Contudo, a higiene adequada não é feita apenas ao urinar. Durante o banho o homem deve lavar a região com cuidado. Para isso, é preciso encolher o prepúcio, lavar em volta da glande e retirar todo o esmegma acumulado na região – secreção branca composta por células epiteliais descamadas e óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis. Dessa forma, além de evitar o mau odor, a limpeza ajudará prevenir as diversas complicações.

Para muitas mulheres esse é considerado um hábito essencial, pois trata-se de uma questão de higiene e saúde da região íntima.


 


No entanto, a grande maioria dos homens não possui esse mesmo nível de cuidado (ou preocupação), assumindo que só a lavagem de praxe é suficiente. Dessa forma, de acordo com o médico Drauzio Varella, os homens deveriam ter essa mesma atenção. Ele alertou para o fato de que os homens, principalmente os que têm o prepúcio longo (pele que recobre a glande), devem secar o pênis após urinar.


 


PATROCINADORES

Até mesmo os circuncidados devem ter esse cuidado, de acordo com o médico. Isso porque, um pouco de urina sempre fica na uretra, o que, posteriormente, acabará vazando para a cueca. Assim, em contato constante com a pele, essa urina poderá ser fonte de inflamações e até mesmo infecções.


 


Essa falta de cuidados pode resultar em diversas complicações, tal como a balanite – uma inflamação da pele que recobre a glande – e o câncer de pênis. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de câncer não é incomum. Em 2009, foram relatados 4.637 novos casos de tumores penianos. “No Maranhão, por exemplo, há mais casos de câncer de pênis do que de próstata. Lá, um caso surge a cada 16 dias, e muitos chegam à amputação”, revelou o site.


 


Contudo, a higiene adequada não é feita apenas ao urinar. Durante o banho o homem deve lavar a região com cuidado. Para isso, é preciso encolher o prepúcio, lavar em volta da glande e retirar todo o esmegma acumulado na região – secreção branca composta por células epiteliais descamadas e óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis. Dessa forma, além de evitar o mau odor, a limpeza ajudará prevenir as diversas complicações.


Para muitas mulheres esse é considerado um hábito essencial, pois trata-se de uma questão de higiene e saúde da região íntima.



No entanto, a grande maioria dos homens não possui esse mesmo nível de cuidado (ou preocupação), assumindo que só a lavagem de praxe é suficiente. Dessa forma, de acordo com o médico Drauzio Varella, os homens deveriam ter essa mesma atenção. Ele alertou para o fato de que os homens, principalmente os que têm o prepúcio longo (pele que recobre a glande), devem secar o pênis após urinar.



Até mesmo os circuncidados devem ter esse cuidado, de acordo com o médico. Isso porque, um pouco de urina sempre fica na uretra, o que, posteriormente, acabará vazando para a cueca. Assim, em contato constante com a pele, essa urina poderá ser fonte de inflamações e até mesmo infecções.



PATROCINADORES

Essa falta de cuidados pode resultar em diversas complicações, tal como a balanite – uma inflamação da pele que recobre a glande – e o câncer de pênis. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de câncer não é incomum. Em 2009, foram relatados 4.637 novos casos de tumores penianos. “No Maranhão, por exemplo, há mais casos de câncer de pênis do que de próstata. Lá, um caso surge a cada 16 dias, e muitos chegam à amputação”, revelou o site.



Contudo, a higiene adequada não é feita apenas ao urinar. Durante o banho o homem deve lavar a região com cuidado. Para isso, é preciso encolher o prepúcio, lavar em volta da glande e retirar todo o esmegma acumulado na região – secreção branca composta por células epiteliais descamadas e óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis. Dessa forma, além de evitar o mau odor, a limpeza ajudará prevenir as diversas complicações.



Veja Também