news:

Sul de Minas

Dois macacos são encontrados mortos no Sul de Minas


763830179.jpg
14/01/2018

Matéria extraída do G1

 

Um dos animais foi enviado para análise para verificar presença do vírus da febre amarela.

 

Dois macacos foram encontrados mortos no primeiro mês de 2018 em Munhoz. O primeiro animal, encontrado há alguns dias, foi enviado para análise em laboratório. O objetivo é verificar se há presença do vírus da febre amarela.

 

O segundo macaco foi encontrado morto neste sábado (13). Segundo a secretaria de Saúde de Munhoz, o animal estava no bairro dos Felipes. A orientação foi que ele fosse enterrado para evitar o contato com outros animais e os mosquitos.

 

Ainda segundo a secretaria de Saúde, a área já foi notificada. Na próxima segunda-feira (15), começa um trabalho para analisar se o local tem o mosquito responsável pela transmissão da febre amarela.

 

O resultado da análise do primeiro macaco encontrado morto na cidade ainda não foi enviado para o município.

Um dos animais foi enviado para análise para verificar presença do vírus da febre amarela.


 


Dois macacos foram encontrados mortos no primeiro mês de 2018 em Munhoz. O primeiro animal, encontrado há alguns dias, foi enviado para análise em laboratório. O objetivo é verificar se há presença do vírus da febre amarela.


 


O segundo macaco foi encontrado morto neste sábado (13). Segundo a secretaria de Saúde de Munhoz, o animal estava no bairro dos Felipes. A orientação foi que ele fosse enterrado para evitar o contato com outros animais e os mosquitos.


PATROCINADORES

 


Ainda segundo a secretaria de Saúde, a área já foi notificada. Na próxima segunda-feira (15), começa um trabalho para analisar se o local tem o mosquito responsável pela transmissão da febre amarela.


 


O resultado da análise do primeiro macaco encontrado morto na cidade ainda não foi enviado para o município.



Um dos animais foi enviado para análise para verificar presença do vírus da febre amarela.



Dois macacos foram encontrados mortos no primeiro mês de 2018 em Munhoz. O primeiro animal, encontrado há alguns dias, foi enviado para análise em laboratório. O objetivo é verificar se há presença do vírus da febre amarela.



O segundo macaco foi encontrado morto neste sábado (13). Segundo a secretaria de Saúde de Munhoz, o animal estava no bairro dos Felipes. A orientação foi que ele fosse enterrado para evitar o contato com outros animais e os mosquitos.



PATROCINADORES

Ainda segundo a secretaria de Saúde, a área já foi notificada. Na próxima segunda-feira (15), começa um trabalho para analisar se o local tem o mosquito responsável pela transmissão da febre amarela.



O resultado da análise do primeiro macaco encontrado morto na cidade ainda não foi enviado para o município.





Veja Também