news:

Sul de Minas

Vacinação contra Covid-19: Seringas e agulhas chegam à regional de Pouso Alegre

Publicado por TV Minas em 13/01/2021 às 15h58 - Atualizado às 13h00

foto_principal.jpg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

Foram entregues mais de 300 mil unidades que serão distribuídas aos municípios da regional. Governador Romeu Zema visitou local de armazenamento do material.

 

As seringas e agulhas que serão utilizadas para aplicar a vacina contra a Covid-19 já começaram a chegar à Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre. O governo de Minas enviou 328 mil unidades para serem distribuídas aos 53 municípios que compõem a regional de saúde, totalizando quase 1 milhão de habitantes.

 

Nesta terça-feira (12), após compromissos agendados em Extrema e Santa Rita do Sapucaí, o governador Romeu Zema passou na Superintendência de Saúde para vistoriar a chegada e início da distribuição dos primeiros lotes das seringas agulhadas para vacinação contra a covid-19 na microrregião. A imprensa não foi avisada da visita.

 

Em nota divulgada pela assessoria do governador, Romeu Zema ressaltou o planejamento do Estado ao adquirir as seringas agulhadas de forma antecipada.

 

“Como venho afirmando, o mineiro terá um processo de vacinação totalmente estruturado e seguro. Estamos trabalhando com agilidade e eficiência para garantir que a população seja imunizada o mais rápido possível. Por isso decidi acompanhar de perto esse processo tão importante de entrega e distribuição das seringas”, garantiu.

 

Ao todo, o Governo de Minas adquiriu, de forma antecipada, 50 milhões de unidades, sendo que 20 milhões já chegaram à Central Estadual de Rede Frios da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em Belo Horizonte. A Central é responsável por encaminhá-las às superintendências e regionais de Saúde, que as farão chegar a todos os municípios mineiros.

 

 

Vacinação em Minas

 

Em entrevista à EPTV, o governador afirmou que a vacina será direcionada a todos os mineiros que queiram se vacinar. E não será obrigatória. Todo posto de saúde dos municípios vão receber a vacina. Todo Brasil vai obedecer as orientações do Ministério de Saúde, com os grupos prioritários.

 

Zema voltou a afirmar que a vacinação será conduzida pelo Ministério da Saúde. Então, o início do plano nacional depende do governo federal e aguardamos uma posição do ministro da Saúde. “No meu entender, nesse mês de janeiro a vacina chega e começa o processo de vacinação. Ou, no mais tardar, no mês de fevereiro,” disse o governador Romeu Zema.

 

 

Alerta

 

O Governo de Minas segue orientando a população mineira em relação aos cuidados a serem mantidos para controle da Covid-19, em atenção ao aumento dos índices de transmissão da doença. A recomendação é sempre usar máscara, evitar aglomerações e fazer a higienização constante das mãos.

 

 

 

Patrocinador:

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


Foram entregues mais de 300 mil unidades que serão distribuídas aos municípios da regional. Governador Romeu Zema visitou local de armazenamento do material.


 


As seringas e agulhas que serão utilizadas para aplicar a vacina contra a Covid-19 já começaram a chegar à Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre. O governo de Minas enviou 328 mil unidades para serem distribuídas aos 53 municípios que compõem a regional de saúde, totalizando quase 1 milhão de habitantes.


 


Nesta terça-feira (12), após compromissos agendados em Extrema e Santa Rita do Sapucaí, o governador Romeu Zema passou na Superintendência de Saúde para vistoriar a chegada e início da distribuição dos primeiros lotes das seringas agulhadas para vacinação contra a covid-19 na microrregião. A imprensa não foi avisada da visita.


 


Em nota divulgada pela assessoria do governador, Romeu Zema ressaltou o planejamento do Estado ao adquirir as seringas agulhadas de forma antecipada.


 


“Como venho afirmando, o mineiro terá um processo de vacinação totalmente estruturado e seguro. Estamos trabalhando com agilidade e eficiência para garantir que a população seja imunizada o mais rápido possível. Por isso decidi acompanhar de perto esse processo tão importante de entrega e distribuição das seringas”, garantiu.


 


Ao todo, o Governo de Minas adquiriu, de forma antecipada, 50 milhões de unidades, sendo que 20 milhões já chegaram à Central Estadual de Rede Frios da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em Belo Horizonte. A Central é responsável por encaminhá-las às superintendências e regionais de Saúde, que as farão chegar a todos os municípios mineiros.


 


 


PATROCINADORES

Vacinação em Minas


 


Em entrevista à EPTV, o governador afirmou que a vacina será direcionada a todos os mineiros que queiram se vacinar. E não será obrigatória. Todo posto de saúde dos municípios vão receber a vacina. Todo Brasil vai obedecer as orientações do Ministério de Saúde, com os grupos prioritários.


 


Zema voltou a afirmar que a vacinação será conduzida pelo Ministério da Saúde. Então, o início do plano nacional depende do governo federal e aguardamos uma posição do ministro da Saúde. “No meu entender, nesse mês de janeiro a vacina chega e começa o processo de vacinação. Ou, no mais tardar, no mês de fevereiro,” disse o governador Romeu Zema.


 


 


Alerta


 


O Governo de Minas segue orientando a população mineira em relação aos cuidados a serem mantidos para controle da Covid-19, em atenção ao aumento dos índices de transmissão da doença. A recomendação é sempre usar máscara, evitar aglomerações e fazer a higienização constante das mãos.


 


 


 


Patrocinador:



Matéria extraída do Terra do Mandu



Foram entregues mais de 300 mil unidades que serão distribuídas aos municípios da regional. Governador Romeu Zema visitou local de armazenamento do material.



As seringas e agulhas que serão utilizadas para aplicar a vacina contra a Covid-19 já começaram a chegar à Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre. O governo de Minas enviou 328 mil unidades para serem distribuídas aos 53 municípios que compõem a regional de saúde, totalizando quase 1 milhão de habitantes.



Nesta terça-feira (12), após compromissos agendados em Extrema e Santa Rita do Sapucaí, o governador Romeu Zema passou na Superintendência de Saúde para vistoriar a chegada e início da distribuição dos primeiros lotes das seringas agulhadas para vacinação contra a covid-19 na microrregião. A imprensa não foi avisada da visita.



Em nota divulgada pela assessoria do governador, Romeu Zema ressaltou o planejamento do Estado ao adquirir as seringas agulhadas de forma antecipada.



PATROCINADORES

“Como venho afirmando, o mineiro terá um processo de vacinação totalmente estruturado e seguro. Estamos trabalhando com agilidade e eficiência para garantir que a população seja imunizada o mais rápido possível. Por isso decidi acompanhar de perto esse processo tão importante de entrega e distribuição das seringas”, garantiu.



Ao todo, o Governo de Minas adquiriu, de forma antecipada, 50 milhões de unidades, sendo que 20 milhões já chegaram à Central Estadual de Rede Frios da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em Belo Horizonte. A Central é responsável por encaminhá-las às superintendências e regionais de Saúde, que as farão chegar a todos os municípios mineiros.



Vacinação em Minas



Em entrevista à EPTV, o governador afirmou que a vacina será direcionada a todos os mineiros que queiram se vacinar. E não será obrigatória. Todo posto de saúde dos municípios vão receber a vacina. Todo Brasil vai obedecer as orientações do Ministério de Saúde, com os grupos prioritários.



Zema voltou a afirmar que a vacinação será conduzida pelo Ministério da Saúde. Então, o início do plano nacional depende do governo federal e aguardamos uma posição do ministro da Saúde. “No meu entender, nesse mês de janeiro a vacina chega e começa o processo de vacinação. Ou, no mais tardar, no mês de fevereiro,” disse o governador Romeu Zema.



PATROCINADORES

Alerta



O Governo de Minas segue orientando a população mineira em relação aos cuidados a serem mantidos para controle da Covid-19, em atenção ao aumento dos índices de transmissão da doença. A recomendação é sempre usar máscara, evitar aglomerações e fazer a higienização constante das mãos.



Patrocinador:





Veja Também