news:

Bem Estar

Cerimônia emocionante marca adeus a cachorro que serviu no Afeganistão


foto_principal.jpg
08/08/2017

Um cachorro de 10 anos que serviu durante três no Afeganistão recebeu uma despedida emocionante antes de ser submetido à eutanásia. Ele foi diagnosticado com um câncer ósseo agressivo.

 

Cena, um labrador preto, era especialista em detectar bombas e trabalhou com os fuzileiros navais até 2014, ano em que se aposentou.

 

Depois disso, foi adotado por Jeff DeYoung com quem serviu por dois anos. Ele ajudou o veterano a lidar com seu transtorno de estresse pós-traumático. 

 

DeYoung contou que o cachorro foi seu único conforto depois que ele perdeu sete amigos em apenas três semanas.

 

“Toda a minha vida adulta eu tive Cena”, disse ele, segundo o jornal The Telegraph. 

 

Centenas de pessoas compareceram à cerimônia para dar carinho ao cachorro em seus momentos finais.

 

 

Despedida emocionante de cão que serviu no Afeganistão.

Um cachorro de 10 anos que serviu durante três no Afeganistão recebeu uma despedida emocionante antes de ser submetido à eutanásia. Ele foi diagnosticado com um câncer ósseo agressivo.


 


Cena, um labrador preto, era especialista em detectar bombas e trabalhou com os fuzileiros navais até 2014, ano em que se aposentou.


 


Depois disso, foi adotado por Jeff DeYoung com quem serviu por dois anos. Ele ajudou o veterano a lidar com seu transtorno de estresse pós-traumático. 


 


DeYoung contou que o cachorro foi seu único conforto depois que ele perdeu sete amigos em apenas três semanas.


PATROCINADORES

 


“Toda a minha vida adulta eu tive Cena”, disse ele, segundo o jornal The Telegraph. 


 


Centenas de pessoas compareceram à cerimônia para dar carinho ao cachorro em seus momentos finais.


 


 


Despedida emocionante de cão que serviu no Afeganistão.


Um cachorro de 10 anos que serviu durante três no Afeganistão recebeu uma despedida emocionante antes de ser submetido à eutanásia. Ele foi diagnosticado com um câncer ósseo agressivo.



Cena, um labrador preto, era especialista em detectar bombas e trabalhou com os fuzileiros navais até 2014, ano em que se aposentou.



Depois disso, foi adotado por Jeff DeYoung com quem serviu por dois anos. Ele ajudou o veterano a lidar com seu transtorno de estresse pós-traumático. 



PATROCINADORES

DeYoung contou que o cachorro foi seu único conforto depois que ele perdeu sete amigos em apenas três semanas.



“Toda a minha vida adulta eu tive Cena”, disse ele, segundo o jornal The Telegraph. 



Centenas de pessoas compareceram à cerimônia para dar carinho ao cachorro em seus momentos finais.



Despedida emocionante de cão que serviu no Afeganistão.



Veja Também