news:

Ciência & Tecnologia

A primeira metade do tanque de combustível "gasta" mais devagar?


foto_principal.png
08/10/2017

A primeira metade rende mais mesmo. Por dois motivos.

 

O primeiro é que, entre o nível máximo que o medidor detecta e a parada automática da bomba de combustível, podem entrar no sistema até 2 litros extra. Isso dá uns quilômetros a mais de rodagem.

 

O segundo é que, quanto mais vazio o tanque, maior é o volume de combustível perdido por evaporação.

 

Fonte: Carlos Yamamoto, do Laboratório de Análises de Combustíveis Automotivos.

A primeira metade rende mais mesmo. Por dois motivos.


 


O primeiro é que, entre o nível máximo que o medidor detecta e a parada automática da bomba de combustível, podem entrar no sistema até 2 litros extra. Isso dá uns quilômetros a mais de rodagem.


PATROCINADORES

 


O segundo é que, quanto mais vazio o tanque, maior é o volume de combustível perdido por evaporação.


 


Fonte: Carlos Yamamoto, do Laboratório de Análises de Combustíveis Automotivos.


A primeira metade rende mais mesmo. Por dois motivos.



O primeiro é que, entre o nível máximo que o medidor detecta e a parada automática da bomba de combustível, podem entrar no sistema até 2 litros extra. Isso dá uns quilômetros a mais de rodagem.



O segundo é que, quanto mais vazio o tanque, maior é o volume de combustível perdido por evaporação.



PATROCINADORES

Fonte: Carlos Yamamoto, do Laboratório de Análises de Combustíveis Automotivos.



Veja Também