news:

Sul de Minas

Soldado do Exército morre em queda de cachoeira no Sul de Minas


foto_principal.jpg
09/10/2017

Márcio Alexandre Rodrigues da Silva caiu de uma altura de oito metros, teve parada cardiorrespiratória e morreu antes de ser levado ao hospital.

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

O acidente foi na tarde deste domingo (08) numa cachoeira de Congonhal, conhecida como Cachoeira de 15 Quedas.

 

Márcio Rodrigues, de 21 anos, estava com amigos quando se desequilibrou e caiu de uma altura de oito metros. O helicóptero do Corpo de Bombeiros foi chamado.

 

Quando os militares chegaram ao local, Márcio ainda estava vivo, mas com parada cardiorrespiratória. Foram tentadas manobras, mas o jovem soldado do Exército não resistiu.

 

Márcio Rodrigues era soldado no Grupo de Campanha e Artilharia de Pouso Alegre, o 14º GAC. 

Márcio Alexandre Rodrigues da Silva caiu de uma altura de oito metros, teve parada cardiorrespiratória e morreu antes de ser levado ao hospital.

Matéria extraída do Terra do Mandu

 


O acidente foi na tarde deste domingo (08) numa cachoeira de Congonhal, conhecida como Cachoeira de 15 Quedas.


 


Márcio Rodrigues, de 21 anos, estava com amigos quando se desequilibrou e caiu de uma altura de oito metros. O helicóptero do Corpo de Bombeiros foi chamado.


PATROCINADORES

 


Quando os militares chegaram ao local, Márcio ainda estava vivo, mas com parada cardiorrespiratória. Foram tentadas manobras, mas o jovem soldado do Exército não resistiu.


 


Márcio Rodrigues era soldado no Grupo de Campanha e Artilharia de Pouso Alegre, o 14º GAC. 


Márcio Alexandre Rodrigues da Silva caiu de uma altura de oito metros, teve parada cardiorrespiratória e morreu antes de ser levado ao hospital.

Matéria extraída do Terra do Mandu

 



O acidente foi na tarde deste domingo (08) numa cachoeira de Congonhal, conhecida como Cachoeira de 15 Quedas.



Márcio Rodrigues, de 21 anos, estava com amigos quando se desequilibrou e caiu de uma altura de oito metros. O helicóptero do Corpo de Bombeiros foi chamado.



PATROCINADORES

Quando os militares chegaram ao local, Márcio ainda estava vivo, mas com parada cardiorrespiratória. Foram tentadas manobras, mas o jovem soldado do Exército não resistiu.



Márcio Rodrigues era soldado no Grupo de Campanha e Artilharia de Pouso Alegre, o 14º GAC. 



Veja Também