news:

Esporte

Fifa divulga número de solicitações por ingressos da Copa


foto_principal.jpeg
12/10/2017

Quase 3,5 milhões de pessoas fizeram pedidos por entradas. Final é a mais concorrida.

 

Fifa anunciou que a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, já recebeu cerca de 3,5 milhões de solicitações por ingressos. O número faz parte da primeira etapa da fase inicial da venda de bilhetes, que se encerrou na manhã desta quinta-feira. Já classificado para o Mundial com certa antecedência, o Brasil está entre os dez primeiros nos pedidos. 

 

A primeira etapa de comercialização das entradas começou no dia 14 de setembro e, até as 6h desta quinta-feira, foram registradas 3.496.204 solicitações, segundo informou a entidade máxima do futebol em comunicado. 

 

Entre os dez primeiros estão Alemanha, Brasil, Argentina, Estados Unidos, Colômbia, Egito, China e Polônia. No entanto, chineses e norte-americanos não garantiram um lugar no Mundial. 

 

Para o jogo de abertura, foram aproximadamente 150 mil pedidos, em partida que terá a Rússia, anfitriã do torneio, contra um adversário ainda a ser definido, no dia 14 de junho, em Moscou. A final, que também será no Estádio Luzhniki, na capital, teve 300 mil solicitações.

 

Na primeira etapa da fase inicial de vendas, os torcedores solicitavam as entradas para os jogos que gostariam de assistir. Agora, a Fifa vai sortear aleatoriamente quem ficará com cada bilhete e não levará em conta o dia do pedido. As respostas - positivas ou negativas - sairão até o dia 16 de novembro. 

 

A partir desta data - até 28 de novembro -, inicia a segunda etapa da fase inicial. Neste caso, quem concluir o pedido primeiro terá preferência para conseguir os ingressos. 

 

Há quatro tipos de ingressos para o Mundial. A categoria 1 é a mais cara, com preços que variam de US$ 210 (R$ 653) a US$ 1100 (R$ 3.423). A categoria 2 tem entradas de US$ 165 (R$ 513) a US$ 710 (R$ 2.210). A terceira categoria tem bilhetes variando de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1416). A categoria 4, contudo, é apenas para moradores da Rússia e custam de 1.280 rublos (R$ 69) a 7040 rublos (R$ 380). 

 

 

Até o momento, 23 seleções de 32 já estão confirmadas na Copa do Mundo:

 

América do Sul

Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia 

 

América Central

México, Costa Rica e Panamá 

 

África

Egito e Nigéria 

 

Ásia

Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irã e Japão 

 

Europa

Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra, França, Islândia, Rússia, Sérvia, Portugal e Polônia.

Quase 3,5 milhões de pessoas fizeram pedidos por entradas. Final é a mais concorrida.


 


Fifa anunciou que a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, já recebeu cerca de 3,5 milhões de solicitações por ingressos. O número faz parte da primeira etapa da fase inicial da venda de bilhetes, que se encerrou na manhã desta quinta-feira. Já classificado para o Mundial com certa antecedência, o Brasil está entre os dez primeiros nos pedidos. 


 


A primeira etapa de comercialização das entradas começou no dia 14 de setembro e, até as 6h desta quinta-feira, foram registradas 3.496.204 solicitações, segundo informou a entidade máxima do futebol em comunicado. 


 


Entre os dez primeiros estão Alemanha, Brasil, Argentina, Estados Unidos, Colômbia, Egito, China e Polônia. No entanto, chineses e norte-americanos não garantiram um lugar no Mundial. 


 


Para o jogo de abertura, foram aproximadamente 150 mil pedidos, em partida que terá a Rússia, anfitriã do torneio, contra um adversário ainda a ser definido, no dia 14 de junho, em Moscou. A final, que também será no Estádio Luzhniki, na capital, teve 300 mil solicitações.


 


Na primeira etapa da fase inicial de vendas, os torcedores solicitavam as entradas para os jogos que gostariam de assistir. Agora, a Fifa vai sortear aleatoriamente quem ficará com cada bilhete e não levará em conta o dia do pedido. As respostas - positivas ou negativas - sairão até o dia 16 de novembro. 


 


A partir desta data - até 28 de novembro -, inicia a segunda etapa da fase inicial. Neste caso, quem concluir o pedido primeiro terá preferência para conseguir os ingressos. 


 


Há quatro tipos de ingressos para o Mundial. A categoria 1 é a mais cara, com preços que variam de US$ 210 (R$ 653) a US$ 1100 (R$ 3.423). A categoria 2 tem entradas de US$ 165 (R$ 513) a US$ 710 (R$ 2.210). A terceira categoria tem bilhetes variando de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1416). A categoria 4, contudo, é apenas para moradores da Rússia e custam de 1.280 rublos (R$ 69) a 7040 rublos (R$ 380). 


 


PATROCINADORES

 


Até o momento, 23 seleções de 32 já estão confirmadas na Copa do Mundo:


 


América do Sul


Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia 


 


América Central


México, Costa Rica e Panamá 


 


África


Egito e Nigéria 


 


Ásia


Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irã e Japão 


 


Europa


Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra, França, Islândia, Rússia, Sérvia, Portugal e Polônia.


Quase 3,5 milhões de pessoas fizeram pedidos por entradas. Final é a mais concorrida.



Fifa anunciou que a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, já recebeu cerca de 3,5 milhões de solicitações por ingressos. O número faz parte da primeira etapa da fase inicial da venda de bilhetes, que se encerrou na manhã desta quinta-feira. Já classificado para o Mundial com certa antecedência, o Brasil está entre os dez primeiros nos pedidos. 



A primeira etapa de comercialização das entradas começou no dia 14 de setembro e, até as 6h desta quinta-feira, foram registradas 3.496.204 solicitações, segundo informou a entidade máxima do futebol em comunicado. 



Entre os dez primeiros estão Alemanha, Brasil, Argentina, Estados Unidos, Colômbia, Egito, China e Polônia. No entanto, chineses e norte-americanos não garantiram um lugar no Mundial. 



Para o jogo de abertura, foram aproximadamente 150 mil pedidos, em partida que terá a Rússia, anfitriã do torneio, contra um adversário ainda a ser definido, no dia 14 de junho, em Moscou. A final, que também será no Estádio Luzhniki, na capital, teve 300 mil solicitações.



Na primeira etapa da fase inicial de vendas, os torcedores solicitavam as entradas para os jogos que gostariam de assistir. Agora, a Fifa vai sortear aleatoriamente quem ficará com cada bilhete e não levará em conta o dia do pedido. As respostas - positivas ou negativas - sairão até o dia 16 de novembro. 



PATROCINADORES

A partir desta data - até 28 de novembro -, inicia a segunda etapa da fase inicial. Neste caso, quem concluir o pedido primeiro terá preferência para conseguir os ingressos. 



Há quatro tipos de ingressos para o Mundial. A categoria 1 é a mais cara, com preços que variam de US$ 210 (R$ 653) a US$ 1100 (R$ 3.423). A categoria 2 tem entradas de US$ 165 (R$ 513) a US$ 710 (R$ 2.210). A terceira categoria tem bilhetes variando de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1416). A categoria 4, contudo, é apenas para moradores da Rússia e custam de 1.280 rublos (R$ 69) a 7040 rublos (R$ 380). 



Até o momento, 23 seleções de 32 já estão confirmadas na Copa do Mundo:



América do Sul



Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia 



PATROCINADORES

América Central



México, Costa Rica e Panamá 



África



Egito e Nigéria 



Ásia



Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irã e Japão 



Europa



Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra, França, Islândia, Rússia, Sérvia, Portugal e Polônia.



Veja Também