Curiosidades
A árvore na Califórnia que se queima por dentro

15/10/2017

Incêndios no Estado norte-americano arrasaram milhares de hectares.

 

Matty McDermott estava procurando um jeito de sair de sua cidade, Sonoma, na Califórnia (Estados Unidos), em 8 de outubro. É uma área arrasada pelas chamas, situada no Norte do Estado. Havia começado uma série de incêndios, que assolam vários pontos da Califórnia e continuam ativos neste sábado. Morreram pelo menos 35 pessoas, e 90.000 foram deslocadas. Enquanto McDermott buscava rotas de fuga, encontrou uma cena peculiar, que compartilhou no Facebook.

 

Conforme conta à CNN, “nunca tinha visto algo assim. Estava procurando rotas de fuga para o caso de precisarmos. Parei na lateral de uma estrada e vi que estava tudo em chamas”.

 

Segundo explica ao EL PAÍS, por meio de mensagem privada via Facebook, McDermott achou a árvore perto de Schellville enquanto explorava a área. “Pirei quando vi a árvore. Era totalmente hipnotizante. Não queria ir embora, mas estava com muita pressa. Nunca tinha visto nada parecido. Acho que era um carvalho”, afirma McDermott, que está fora de perigo.

 

O motivo pelo qual a árvore está ardendo por dentro não está claro. Um bombeiro florestal consultado pelo EL PAÍS fala em diferentes motivos para a árvore queimar de forma tão pouco usual: “Se você olhar, o terreno que rodeia a árvore está queimado. É possível que tenha tomado o interior da árvore a partir das raízes, que podem ter conservado o calor que o incêndio deixou ao passar por ali”.

 

“Também é provável que tenha entrado uma fagulha no interior da árvore e pegado fogo. Se havia lixo e folhas secas dentro da árvore, é bem possível”, acrescenta. No site dos parques naturais da Califórnia se corrobora esse raciocínio para explicar por que algumas árvores –no caso, sequoias- se incendeiam por dentro: “o fogo procura o ponto fraco da árvore”.

 

 

Ainda não se sabe exatamente porque a árvore queima por dentro.

 

 

Não é a primeira vez que uma árvore que pega fogo por dentro chama a atenção dos meios de comunicação e das redes sociais. O caso mais representativo ocorreu em 2015 em Ohio (Estados Unidos). Muitos meios a batizaram de “árvore do diabo”. Em agosto surgiu outra imagem parecida de uma árvore no Oregon.

Fonte: EL PAÍS
Veja Também