Ciência & Tecnologia
EUA vão lançar módulo habitável para a órbita da Lua até 2022

26/10/2017

A nova estação lunar poderá ser utilizada para realizar explorações a longo prazo e treinamento de astronautas.

 

Os Estados Unidos pretendem retomar a exploração da Lua e vão lançar uma estação espacial com módulo habitável para a baixa órbita do satélite, anunciou a United Launch Alliance (ULA, na sigla em inglês) na última semana. O veículo, desenvolvido em conjunto com a empresa Bigelow Aerospace, contará com partes infláveis e deverá ser lançado até o final de 2022 para servir como uma estação lunar.

 

“Nosso plano de estação lunar é um forte complemento para outros planos destinados a levar pessoas a Marte. Isso proporcionará à Nasa e aos Estados Unidos uma oportunidade de sucesso empolgante e financeiramente prático que pode ser alcançado a curto prazo”, afirma Robert Bigelow, presidente da Bigelow Aerospace. “Esta estação lunar comercial proporcionará ancoragem para o desenvolvimento significativo de negócios lunares, além de oferecer à Nasa e a outros governos a Lua como um novo local para realizar exploração a longo prazo e treinamento de astronautas.”

 

O módulo, batizado de B330, será lançado para a baixa órbita terrestre em um foguete Vulcan 562. Depois, quando estiver funcionando corretamente, um outro veículo da ULA será acoplado à estação espacial e a conduzirá até a baixa órbita lunar.

 

Segundo os desenvolvedores, o B330 foi planejado para operar no espaço entre a Terra e a Lua e além. Um único módulo B330 é comparável a um terço do tamanho da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Fonte: VEJA
Veja Também