Sul de Minas
Esse ano será mantido o feriado da Consciência Negra em Pouso Alegre

08/11/2017

Mudança seria um pedido de comerciantes do município; audiência pública deve discutir medida.

Matéria extraída do G1

 

O projeto de lei que pretendia retirar o feriado no Dia da Consciência Negra em Pouso Alegre foi removido da pauta da Câmara de Vereadores do município. A proposta seria um pedido de comerciantes que alegam que três folgas no mês de novembro, todas caindo de segunda a sexta-feira, atrapalham as vendas.

 

Na cidade, a data é comemorada junto ao Dia Nacional da Consciência Negra, no dia 20 de novembro, em referência à morte de Zumbi dos Palmares. Desde 2015, quando um projeto de lei foi aprovado na câmara, o município instituiu o feriado para marcar as comemorações.

 

No entanto, no mesmo ano, a data gerou polêmica, pois comerciantes queriam que ele fosse facultativo. Um juiz chegou a baixar uma portaria suspendendo o feriado para os funcionários do fórum, pois já tinha audiências marcadas.

 

Uma proposta para que a data fosse comemorada no terceiro domingo do mês de novembro também foi recusada, já que os movimentos negros alegaram que a alteração causaria a perda de todo o contexto histórico.

 

Agora, segundo o autor do projeto, o vereador Rodrigo Modesto (PTB), uma audiência pública deve ser marcada para discutir a proposta, mas uma data ainda não foi definida. Modesto disse ainda que é importante discutir a ideia, mas que o feriado deste ano deve ser mantido, devido à proximidade.

 

A assessoria da câmara informou que o vereador também se reuniu com representantes da Associação Comercial e Industrial de Pouso Alegre (Acipa), da prefeitura e de movimentos negros, fazendo alterações no texto, mas que um novo projeto de lei ainda não foi divulgado.

Fonte: G1
Veja Também