Sul de Minas
Manifestantes apedrejam casa de família de homem que agrediu ex-namorada

09/11/2017

Cerca de 50 pessoas foram até a rua da casa da família em Lavras e se manifestaram contra o rapaz que manteve a ex em cárcere privado.

 

Matéria extraída do G1

 

Cerca de cinquenta pessoas fizeram uma manifestação na noite desta quarta-feira (8) em frente à casa do homem de 23 anos, preso em flagrante em Lavras pelos crimes de ameaça, cárcere privado, constrangimento ilegal e estupro contra a ex-namorada. Segundo a polícia, a manifestação começou pacífica, até que os manifestantes começaram a jogar pedras contra a casa.

 

O caminhão do pai do suspeito também foi danificado com pichações. Os manifestantes foram até a porta da casa da família dele e gritaram palavras de ordem, além de espalharem cartazes com frases contra os crimes cometidos pelo rapaz.

 

 

Cartazes foram colocados na porta da casa de suspeito em Lavras.

 

 

A família do homem chamou a polícia quando a primeira pedra foi lançada contra a janela da casa. Segundo o pai do suspeito, algumas pessoas que passaram de motocicleta pela rua jogaram mais pedras, danificando o portão do imóvel.

 

A mãe do rapaz, por segurança, foi dormir na casa de um parente em outro bairro da cidade. A Polícia Militar foi chamada e esteve no local com quatro viaturas, mas ninguém foi levado para a delegacia.

 

 

Manifestantes espalharam cartazes na porta da casa de suspeito em Lavras.

 

 

Resposta da família

 

A família do suspeito emitiu uma nota por meio do advogado de defesa, Emerson Alves Leandro. No documento, os familiares dizem que não são contra manifestações, desde que aconteçam de forma pacífica. A nota também repudia atos de vandalismo e violência e informa que a família está bastante abalada.

 

 

Polícia foi até porta da casa de jovem em Lavras para conter manifestantes.

Fonte: G1
Veja Também