Sul de Minas
Crise financeira faz população diminuir gastos com entretenimento

09/11/2017

Segundo pesquisa, em todo o país, 34% dos brasileiros diminuíram gastos com lazer neste ano.

Matéria extraída do G1

 

O mercado de entretenimento não escapou da crise financeira que atinge o país. Segundo o SCP, 34% dos brasileiros diminuíram os gastos com lazer neste ano. No Sul de Minas, alguns eventos bem conhecidos, como o Carnalfenas, foram cancelados pela baixa procura por ingressos.

 

Segundo economistas, está cada vez mais raro as pessoas abrirem a carteira para irem ao teatro, cinema ou a shows por exemplo.

 

"Por mais que a economia já esteja acertando certa recuperação, uma certa melhoria em alguns indicadores, ainda impera uma incerteza e muito mais o medo das pessoas em relação aos gastos. Quando isso acontece, as pessoas tendem a diminuir o consumo e o gasto de entretenimento e lazer, que são considerados bens supérfluos, para que elas possam continuar tendo o gasto com aquilo que é considerado primordial", disse o economista Pedro Portugal.

 

Com esse medo do consumidor de gastar, o mercado de entretenimento sofre. Nos últimos 3 anos, produtores de eventos viram o público diminuir.

 

"A gente realizava um número de eventos, hoje acredito que a gente esteja realizando 30% só do que a gente realizava em 2014", disse o produtor de eventos Barry Charles Sobrinho.

 

Depois de 15 anos, a Festa de Peão de Boa Esperança foi cancelada por falta de público. Na última edição, foram vendidos 10 mil ingressos por dia de evento. Desta vez, foram só 60.

 

"A gente esperava um grande público, seria restaurante, bares, postos de gasolina, hotéis, tudo estaria lotado. Quando da desistência do evento, tudo isso nós vamos perder com certeza", disse o prefeito de Boa Esperança, Hideraldo Henrique Silva (PMDB).

 

Na região, outros eventos conhecidos também foram afetados. No fim do mês passado, a direção do Carnalfenas cancelou o evento porque a venda de ingressos ficou bem abaixo do esperado: apenas dois mil foram vendidos.

 

Em São João Batista do Glória, a Festa de Peão foi cancelada dois dias depois de começar por causa do público baixo. Em Extrema, o show da dupla Maiara e Maraísa também não aconteceu.

 

"Quando você está numa época difícil, tem coisas que você deixa para depois, vamos procurar outras prioridades", completou a consultora de vendas Elizabeth Ferreira Leite.

Fonte: G1
Veja Também