news:

Sul de Minas

Caminhoneiros se arriscam em ponte para desviar de praça de pesagem em MG


foto_principal.jpg
10/11/2017

Segundo moradores próximos ao local, ponte tem problemas na estrutura. Motoristas desviam de balança que fica na MG-179.

 

Matéria extraída do G1

 

Motoristas de caminhão têm usado como atalho uma ponte para desviar da praça de pesagem obrigatória para veículos pesados na MG-179, em Pouso Alegre. O problema é que o tráfego tem incomodado os moradores próximos ao local e representado um risco aos motoristas, já que ponte é estreita e não aparenta ter capacidade para suportar veículos pesados.

 

A situação tem acontecido desde que a balança do quilômetro 93 foi reativada com o fim do recapeamento da rodovia. Com o equipamento, a pesagem feita pelo DEER (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem) voltou a funcionar no período de 24 horas e impede que veículos pesados trafeguem pelo trecho.

 

A opção encontrada pelos motoristas para burlar a fiscalização foi entrar por trechos de estradas rurais entre Pouso Alegre e Espírito Santo do Dourado. Em uma destas estradas, fica a antiga ponte, que foi desativada após a inauguração da rodovia.

 

Estreita, a ponte já não suporta caminhões pesados e os moradores flagraram alguns que ficaram presos e sofreram acidentes no local.

 

Para tentar evitar a passagem de caminhões, os moradores improvisaram uma solução, com terra colocada em frente à ponte. Mas, mesmo com a terra, os motoristas conseguem fazer manobras e usarem o acesso.

 

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ações são realizadas no desvio para orientar os caminhoneiros. Em caso de flagrante, os motoristas são multados e obrigados a passar pela pesagem. O Código de Trânsito Brasileiro determina multa por infração grave no valor de R$ 195,23 em caso de desvio de pesagens, com perda de cinco pontos na carteira de habilitação.

 

À produção da EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, a polícia informou que sugeriu à prefeitura de Pouso Alegre que sejam colocados postes metálicos e manilhões na ponte, para evitar a passagem de veículos de grande porte.

 

 

Estrutura de ponte em Pouso Alegre está comprometida.

Segundo moradores próximos ao local, ponte tem problemas na estrutura. Motoristas desviam de balança que fica na MG-179.

 

Matéria extraída do G1

 


Motoristas de caminhão têm usado como atalho uma ponte para desviar da praça de pesagem obrigatória para veículos pesados na MG-179, em Pouso Alegre. O problema é que o tráfego tem incomodado os moradores próximos ao local e representado um risco aos motoristas, já que ponte é estreita e não aparenta ter capacidade para suportar veículos pesados.


 


A situação tem acontecido desde que a balança do quilômetro 93 foi reativada com o fim do recapeamento da rodovia. Com o equipamento, a pesagem feita pelo DEER (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem) voltou a funcionar no período de 24 horas e impede que veículos pesados trafeguem pelo trecho.


 


A opção encontrada pelos motoristas para burlar a fiscalização foi entrar por trechos de estradas rurais entre Pouso Alegre e Espírito Santo do Dourado. Em uma destas estradas, fica a antiga ponte, que foi desativada após a inauguração da rodovia.


 


Estreita, a ponte já não suporta caminhões pesados e os moradores flagraram alguns que ficaram presos e sofreram acidentes no local.


PATROCINADORES

 


Para tentar evitar a passagem de caminhões, os moradores improvisaram uma solução, com terra colocada em frente à ponte. Mas, mesmo com a terra, os motoristas conseguem fazer manobras e usarem o acesso.


 


Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ações são realizadas no desvio para orientar os caminhoneiros. Em caso de flagrante, os motoristas são multados e obrigados a passar pela pesagem. O Código de Trânsito Brasileiro determina multa por infração grave no valor de R$ 195,23 em caso de desvio de pesagens, com perda de cinco pontos na carteira de habilitação.


 


À produção da EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, a polícia informou que sugeriu à prefeitura de Pouso Alegre que sejam colocados postes metálicos e manilhões na ponte, para evitar a passagem de veículos de grande porte.


 


 


Estrutura de ponte em Pouso Alegre está comprometida.


Segundo moradores próximos ao local, ponte tem problemas na estrutura. Motoristas desviam de balança que fica na MG-179.

 

Matéria extraída do G1

 



Motoristas de caminhão têm usado como atalho uma ponte para desviar da praça de pesagem obrigatória para veículos pesados na MG-179, em Pouso Alegre. O problema é que o tráfego tem incomodado os moradores próximos ao local e representado um risco aos motoristas, já que ponte é estreita e não aparenta ter capacidade para suportar veículos pesados.



A situação tem acontecido desde que a balança do quilômetro 93 foi reativada com o fim do recapeamento da rodovia. Com o equipamento, a pesagem feita pelo DEER (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem) voltou a funcionar no período de 24 horas e impede que veículos pesados trafeguem pelo trecho.



PATROCINADORES

A opção encontrada pelos motoristas para burlar a fiscalização foi entrar por trechos de estradas rurais entre Pouso Alegre e Espírito Santo do Dourado. Em uma destas estradas, fica a antiga ponte, que foi desativada após a inauguração da rodovia.



Estreita, a ponte já não suporta caminhões pesados e os moradores flagraram alguns que ficaram presos e sofreram acidentes no local.



Para tentar evitar a passagem de caminhões, os moradores improvisaram uma solução, com terra colocada em frente à ponte. Mas, mesmo com a terra, os motoristas conseguem fazer manobras e usarem o acesso.



PATROCINADORES

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ações são realizadas no desvio para orientar os caminhoneiros. Em caso de flagrante, os motoristas são multados e obrigados a passar pela pesagem. O Código de Trânsito Brasileiro determina multa por infração grave no valor de R$ 195,23 em caso de desvio de pesagens, com perda de cinco pontos na carteira de habilitação.



À produção da EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, a polícia informou que sugeriu à prefeitura de Pouso Alegre que sejam colocados postes metálicos e manilhões na ponte, para evitar a passagem de veículos de grande porte.



Estrutura de ponte em Pouso Alegre está comprometida.



Veja Também