Esporte
Como Tite extraiu o melhor de Neymar: "diminuir responsabilidade"

25/11/2017

Divisão de responsabilidade é uma das marcas do treinador na seleção brasileira.

 

Às vésperas da Copa do Mundo da Rússia, o técnico Tite concedeu entrevista publicada no site da Fifa nesta quinta-feira, em que falou sobre o sucesso de Neymar sob seu comando. Apontado como um dos principais responsáveis pela volta por cima da seleção brasileira, o treinador explicou que sua primeira preocupação com o craque foi tirar um pouco de responsabilidade dele.

 

“Tirei o melhor do Neymar ao não torná-lo completamente responsável pela situação e também não desafiar sua responsabilidade. Eu falei com os jogadores e dei uma área de responsabilidade para cada um. Quando se tem um dos três melhores jogadores do mundo, é muito fácil apenas deixar a responsabilidade para ele”, declarou.

 

Para Tite, dividir o peso entre os jogadores fez com que Neymar se sentisse mais solto para jogar seu melhor futebol. “O fato é que cada um é um pouco responsável pelo que acontece. E é aí que o talento criativo e o lado individual de cada um aparece. Eu fiz disso parte essencial do trabalho em equipe, não deixei para apenas um indivíduo.”

 

Tite ainda comentou sobre a pressão extra de assumir uma seleção ainda juntando os cacos da histórica goleada em casa por 7 a 1 para a Alemanha, nas semifinais da Copa do Mundo de 2014.

 

“Aquele resultado se tornou uma cobrança muito grande para os técnicos brasileiros e aumentou a pressão em todos nós. Foi uma grande decepção para os jogadores que perderam a Copa, mas também levou os técnicos a procurarem mais conhecimento, tentar evoluir e desenvolver nos aspectos táticos e metodológicos. Procuramos nos equiparar, trocar informações com os treinadores europeus e melhorar”, afirmou.

Fonte: VEJA
Veja Também