Homem mata três passageiros a facadas dentro de ônibus em Piracicaba (SP)

Publicado por Tv Minas em 22/06/2022 às 12h43

Ele também feriu outras duas pessoas. Policiais cercaram o ônibus e prenderam o assassino, que teria surtado.

Um homem matou três passageiros a facadas e feriu mais dois em um ônibus em Piracicaba, em São Paulo.

Por volta das 15h, policiais cercaram o ônibus e prenderam o assassino, identificado como José Antônio Santana Filho, de 52 anos. A polícia afirmou que ele não tinha relação ou parentesco com as vítimas e que teria surtado. Dois feridos foram internados em estado grave.

 

'Todo mundo gritando desesperado', diz passageira de ônibus 

Uma autônoma de 23 anos que estava com o marido e o filho dentro de um ônibus onde três pessoas foram mortas esfaqueadas por um passageiro, em Piracicaba (SP), relatou que o homem saiu do terminal urbano da cidade dentro do coletivo em silêncio e iniciou os ataque repentinamente.

De acordo com Samara Silvestre, o homem sentou em um banco atrás de onde ela havia sentado.

"Saiu do terminal com o homem normal dentro, não falava nada. Ninguém viu a faca dele. Aí, chegou aqui [cruzamento da Avenida Armando de Salles Oliveira com a Rua Regente Feijó] e o povo começou a gritar: 'motorista, abre a porta, abre a porta, abre a porta [...] [Começou os ataques] do nada. Estava quieto", descreveu a autônoma.

Parentes de possíveis vítimas do atentado a passageiros de ônibus em Piracicaba procuravam por informações — Foto: Claudia Assencio/g1 Piracicaba Parentes de possíveis vítimas do atentado a passageiros de ônibus em Piracicaba procuravam por informações.

O ataque ocorreu em uma das principais da cidade. Outras três pessoas foram socorridas com vida, de acordo com a Polícia Militar.

"Todo mundo gritando desesperado, aí chegou aqui [em um cruzamento da avenida com a Rua Regente Feijó] e foi a hora que eu vi, que ele estava esfaqueando gente lá dentro".

Segundo ela, após parte dos passageiros descer do ônibus para fugir dos ataques, seu marido tentou conter o criminoso.

"Tentou entrar lá [no veículo] para segurar ele, daí ele tomou uma [facada] de raspão atrás", relata. O companheiro de Samara sofreu ferimentos leves, mas foi até a Santa Casa de Piracicaba para receber atendimento médico.

Outro passageiro afirmou que o homem começou a dar facadas em quem conseguisse atingir dentro do ônibus.

"Aí ele me disse assim: 'o próximo é você'. Aí eu peguei essa bolsa aqui e joguei na cara dele. Foi na hora que ele caiu e eu ia 'grudar' ele pra pegar ele também, mas ele foi mais ligeiro, pegou a faca".

Ele afirmou que tentou salvar uma vítima que morreu. "Ela ficou para trás, eu tentei puxar ela. Ele começou a esfaquear a costas dela. Deu várias facadas".

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu prestaram socorro às vítimas de atentado em Piracicaba  — Foto: Claudia Assencio/ g1 PiracicabaEquipes do Corpo de Bombeiros e Samu prestaram socorro às vítimas de atentado em Piracicaba.

 O crime

O ataque ocorreu quando o coletivo estava no segundo ponto da Avenida Armando de Salles de Oliveira após o veículo sair do Terminal Urbano da cidade.

O suspeito foi preso e, de acordo com a Polícia Civil, ele escolheu as vítimas aleatoriamente, apresentava falas desconexas e não tinha uma motivação para o crime.

Imagens que circulam em redes sociais mostram o homem realizando os ataques e PMs chegando ao local para rendê-lo e realizar a prisão.

O trecho foi interditado para perícia da Polícia Civil e as vítimas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Polícias militar e civil e Guarda Civil Municipal atenderam a ocorrência e o Helicóptero Águia deu apoio aéreo.

Segundo a prefeitura, morreram no ataque duas mulheres, de 42 e 55 anos, e um homem de 68 anos. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) e não havia informações sobre velório e enterro até a última atualização desta reportagem.

Policiais preservaram local onde ocorreu o ataque — Foto: Claudia Assencio/ g1Policiais preservaram local onde ocorreu o ataque.

Outras duas vítimas foram conduzidas para o Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (HFC). Uma delas é um rapaz de 28 anos que está em estado grave e a outra é uma idosa de 60 anos que está em estado estável, segundo o último boletim médico da unidade de saúde.

Já uma idosa foi socorrida com crise nervosa para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da rede municipal.

Em nota, a concessionária TUPi Transporte, responsável pelo transporte público na cidade, manifestou apoio e solidariedade às vítimas e seus familiares.

"Informações indicam que uma pessoa atacou deliberadamente quem estava em sua frente com uma faca vitimando pessoas e ferindo outras causando pânico generalizado. O homem foi preso e a TUPi está acompanhando o caso e em contato com as autoridades locais e a prefeitura municipal", acrescentou.

 Outdoor Virtual: clique na imagem para saber mais.

Fonte: G1

Compartilhe essa matéria: