Bolsonaro concorda em ir aos estúdios da Globo para sabatina

Publicado por Tv Minas em 05/08/2022 às 14h44

Globo não aceitou fazer entrevista de Bolsonaro com o Jornal Nacional no Palácio da Alvorada, como ocorreu com Lula e Dilma.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) concordou oficialmente em ir aos estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro para conceder entrevista ao Jornal Nacional no dia 22 de agosto.

Inicialmente, Bolsonaro queria negociar a realização da entrevista no Palácio da Alvorada, como foi feito com os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O PL havia solicitado que a entrevista ocorresse na Residência Oficial da Presidência, alegando que os ex-presidentes petistas tiveram o mesmo direito quando tentaram reeleição em 2006 e 2010, respectivamente.

Na época, os apresentadores do Jornal Nacional viajaram até Brasília para realizar a tradicional sabatina do programa jornalístico com presidenciáveis que buscavam a reeleição. A Globo, porém, alegou que houve mudanças nas regras.

Segundo a TV Globo, depois das eleições de 2014 ficou decidido que todas as entrevistas aconteceriam em seus estúdios, de forma a tratar todos os candidatos em condições de igualdade. A emissora também ressaltou que as mesmas regras não foram contestadas pelo presidente quando convidado para as sabatinas no G1 e na GloboNews.

Em nota enviada à direção de jornalismo da Globo na manhã desta sexta-feira (5/8), à qual o Metrópoles teve acesso, a equipe de Bolsonaro afirma que ele concorda em ir até os estúdios da empresa.

“Entendemos que a igualdade entre os candidatos se dará pelo tempo dos entrevistados e não pelo local da entrevista”, diz a nota.

“Como não foi possível, de acordo com a resposta da empresa, o Presidente concorda em ir aos estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro para conceder a entrevista.”

A Globo respondeu com a confirmação do evento no dia 22 de agosto. “Agradecemos o e-mail e confirmamos a entrevista no Rio no próximo dia 22. Obrigado pelos esclarecimentos”, diz a mensagem, a qual a reportagem também teve acesso.

 

Ordem de entrevistas

As entrevistas ao telejornal com os candidatos ao Palácio do Planalto terão 40 minutos para todos os presidenciáveis e serão conduzidas pelos âncoras William Bonner e Renata Vasconcellos.

Bolsonaro será o primeiro entrevistado. Na sequência, foi sorteado André Janones (Avante) para o dia 23, mas o deputado desistiu da candidatura nesta quinta-feira (4/8) para apoiar o petista Lula.

Ciro Gomes (PDT) foi sorteado para 24 de agosto; Lula para o dia 25; e Simone Tebet (MDB) para o dia 26.

Em 2018, no primeiro turno, Bolsonaro deu a entrevista ao Jornal Nacional direto da bancada. No segundo turno, após a facada, ele e Fernando Haddad (PT) foram entrevistados de casa.

 Clique no banner para saber mais. 
Fonte: Metrópoles

Compartilhe essa matéria: