Ônibus escolar com 58 crianças perde o freio e bate em árvores no Sul de Minas

Publicado por Tv Minas em 26/11/2021 às 01h02

Veículo transportava estudantes para escolas municipais da cidade. Helicóptero do Corpo de Bombeiros foi acionado para levar um dos quatro feridos ao hospital.

Um ônibus escolar que transportava 58 crianças para escolas municipais se envolveu em um acidente, na manhã desta quinta-feira (25/11), em Munhoz, Sul de Minas. Quatro alunos foram socorridos com ferimentos leves.

De acordo com a prefeitura, o motorista relatou que o ônibus teria perdido o freio quando viajava mo sentido Bairro Ribeirão Fundo. Na tentativa de amortecer o impacto da batida, o condutor jogou o veículo no acostamento e bateu em árvores.

Dentro do ônibus havia 60 pessoas, sendo 58 crianças, uma monitora e o motorista. Conforme a administração municipal, quatro alunos tiveram ferimentos leves. Três deles foram encaminhados para o hospital de Cambuí e outro para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre.

Ônibus escolar perde freio e bate em árvores na estrada do Ribeirão Fundo, em Munhoz, MG — Foto: Polícia MilitarÔnibus escolar perde freio e bate em árvores na estrada do Ribeirão Fundo, em Munhoz, MG.

De acordo com a prefeitura, o motorista relatou que o ônibus teria perdido o freio quando viajava mo sentido Bairro Ribeirão Fundo. Na tentativa de amortecer o impacto da batida, o condutor jogou o veículo no acostamento e bateu em árvores.

O helicóptero do Corpo de Bombeiros foi acionado para transportar uma dessas vítimas, que apresentava dores no quadril. Porém, a prefeitura informou que a criança estava bem e que a medida foi adotada como forma de precaução.

A administração municipal publicou uma nota sobre o ocorrido em suas redes sociais: "Felizmente, não teve nenhuma vítima grave”, e cmpletou afirmando que as causas do acidente serão apuradas.

Acidente ônibus escolarQuatro alunos ficaram feridos em acidente com ônibus escolar, em Munhoz- MG.

“Esclarecemos que foram tomadas, imediatamente, todas as providencias cabíveis, compreendendo o encaminhamento das vítimas para o pronto atendimento médico. Ressaltamos que a postura adequada em uma situação trágica como essa não é se eximir das responsabilidades, mas, sim, revisar as ações e definir novas medidas buscando prevenir outras ocorrências. As causas do acidente estão sendo apuradas pelo Setor de Frotas e Transportes. Que intensificará ainda mais a fiscalização, manutenção e segurança de toda a frota”, diz a nota.

Compartilhe essa matéria: