Expresso da morte: Operação fiscaliza ônibus da Gardênia

Publicado por Tv Minas em 30/04/2024 às 11h52

Fonte:

Equipe de vistoriadores do DEER avaliam condições de segurança dos veículos da empresa Gardênia e o cumprimento das viagens. Até a garagem da empresa em BH foi alvo.

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra) e o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), realizam, nesta segunda-feira (29/4), a operação Ponto Final, para apurar irregularidades no funcionamento de linhas intermunicipais da empresa Gardênia que atendem municípios no Sul de Minas.

 

Na capital, a ação de fiscalização foi realizada no Terminal Rodoviário de Belo Horizonte, às 6h da manhã, e na garagem da empresa.

 

Três veículos que saíam da capital pela manhã em direção a cidades do Sul de Minas foram retirados de circulação por apresentarem problemas mecânicos e irregularidades na documentação. A empresa foi autuada por estes motivos, além do descumprimento de viagens, uma vez que seis veículos não compareceram ao Tergip para iniciar os itinerários nos horários previstos.

 

Nesta tarde, outro grupo de fiscais atuou na rodoviária de Pouso Alegre, desde 12h. Oito veículos foram fiscalizados e autuados, sendo que quatro foram retirados de circulação. Também foi identificado o descumprimento dos horários das linhas. 

 

“Ao final da operação, serão abertos processos administrativos para que as empresas autuadas sejam punidas. Os veículos retirados de circulação só poderão retornar ao serviço após nova vistoria. Os usuários podem ficar tranquilos pois não serão prejudicados. As viagens estão sendo realizadas por ônibus de outras empresas que estejam dentro dos padrões de segurança exigido”, afirma o subsecretário de Transportes e Mobilidade, Aaron Duarte Dalla.

 

A operação Ponto Final foi motivada pela quantidade de irregularidades encontradas em outra ação de fiscalização realizada nos dias 10, 11 e 12/4, nos veículos operados pela mesma empresa. Além disso, a operação visa apurar o grande número de reclamações registradas por passageiros, entre eles atrasos nas viagens e má conservação dos ônibus.

 

A operação de fiscalização realizada nas cidades de Passos, Cássia e Poços de Caldas, no início do mês, resultou em 12 veículos autuados por problemas encontrados em itens de conforto e segurança, e, ainda, por descumprimento dos quadros de horários.

 

Da Redação

Compartilhe essa matéria: