Cantora morre de COVID-19 após se infectar de propósito

Publicado por Tv Minas em 19/01/2022 às 10h25

Dias antes de morrer, ela chegou a fazer publicações nas redes sociais comemorando a infecção.

Uma cantora tcheca, de 57 anos, que se infectou propositalmente com a COVID-19 para ter "passe livre" sem vacina morreu de complicações causadas pela doença no último domingo (16/1). De acordo com o jornal O Globo, ela morreu em casa, com falta de ar. Hana Horka se deixou contaminar após o filho e o marido testarem positivo para o coronavírus.

A artista cantava na banda tcheca de música folclórica Asonance. A morte da cantora foi divulgada pela família na última segunda-feira (17). O filho da cantora, Jan Rek, disse em entrevista à rádio Rozhlas, que ele e o pai contraíram a COVID-19 no fim de 2021.

A mãe dele testou negativo na época, mas decidiu expor-se ao vírus com o objetivo de conseguir se contaminar e, depois de curada, obter o certificado de imunidade usado no país que lhe permitiria frequentar alguns estabelecimentos sem ter de se vacinar.

Ainda de acordo com o filho, a mãe dele morreu em casa, com falta de ar. Dias antes, ela chegou a fazer publicações nas redes sociais comemorando a infecção. "Estou muito feliz porque, desta forma, poderei ter uma 'vida livre' como os outros, ir ao cinema, tirar férias, ir à sauna, ao teatro", escreveu.

Compartilhe essa matéria: