Casal processa vizinho por causa de galo que cacareja 200 vezes ao dia

Publicado por Tv Minas em 10/09/2022 às 12h35

Segundo o casal, a ave mantém uma rotina de cacarejos que começa às oito horas da manhã e só termina quando o sol se põe.

Um casal de idosos na Alemanha, cansados de reclamar com os vizinhos sobre o galo de estimação deles, que cacareja mais de 200 vezes por dia, resolveu processá-los para resolver a situação.

Friedrich-Wilhelm, de 76 anos, e a esposa Jutta, alegam não se lembrar da última vez em que viveram um dia silencioso em casa. O culpado? O galo da propriedade ao lado, chamado Magda.

Segundo o casal, a ave mantém uma rotina de cacarejos que começa às oito horas da manhã e só termina quando o sol se põe.

O barulho para apenas de noite, quando os donos de Magda o trancam junto às outras galinhas. Mas, após anos de discussão, sobre a situação incômoda Friedrich e Jutta se cansaram e processaram os vizinhos.

“O vizinho não abre mão do galo e temos que viver com isso ou temos que vencer no tribunal. Não podemos usar o jardim e não podemos abrir nenhuma janela. É insuportável”, afirma Friedrich, em entrevista ao jornal alemão Bild.

“É difícil falar sobre tortura, mas é assim que é”, acrescenta Jutta.

Segundo o advogado do casal, o estilo de vida do galo não combina com o bairro em que eles vivem, e conta ainda que há alguns anos uma família se viu obrigada a mudar também, por conta da barulheira insuportável do animal.

Os cacarejos de Magda chegaram próximo de 80 decibéis, como mostrou um teste feito recentemente. O nível é comparado ao som de um restaurante lotado ou de um engarrafamento de carros em uma avenida.

O dono do galo, chamado Michael, contou à reportagem que Magda tem papel importante no galinheiro montado em casa, pois ele mantém a ordem entre as outras aves.

Um juiz deve ouvir o caso, e após apresentação de acusação e defesa, decidir quem tem razão — e, mais importante, o futuro de Magda.

 
Fonte: R7

Compartilhe essa matéria: