Leandro Lehart, cantor do Art Popular, é condenado por estupro e cárcere privado

Publicado por Tv Minas em 16/09/2022 às 14h52

Segundo jornalístico da Record TV, o cantor e compositor foi condenado a cerca de 10 anos de prisão em 1ª instância.

Leandro Lehart foi condenado por estuprar e manter uma mulher em cárcere privado. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Balanço Geral SP, da Record TV.

Segundo o programa jornalístico, o cantor e compositor foi denunciado por uma mulher com quem ele se relacionou no passado. Leandro foi julgado e já condenado a nove anos, sete meses e seis dias de reclusão em primeira instância pelo crime de estupro e cárcere privado. Além disso, ele vai ter de pagar 26 dias de multa.

Ainda de acordo com o programa, o cantor e compositor procurou a polícia e declarou, em um boletim de ocorrência, que teve um relacionamento eventual com a mulher, que conheceu em uma rede social em 2019. Segundo Leandro, eles teriam tido duas ou três relações sexuais consentidas na casa dele. O artista alegou ainda que decidiu romper o relacionamento para "não criar expectativas" após a mulher ter confessado que tomava remédios e que estava deprimida.

Leandro também afirmou que teria ajudado a moça financeiramente, pois ela estaria passando por dificuldades durante a pandemia de Covid-19, mas que ela começou a incomodá-lo com pedidos frequentes de dinheiro e ajuda, que passaram a "ter conotação de chantagem ou extorsão". 

Após a sentença, Leandro vai poder responder em liberdade, até o julgamento do último recurso, mas ainda pode recorrer da decisão.

 
Fonte: R7

Compartilhe essa matéria: