Sul Mineiros encontram rodovias interditadas para acesso ao Vale do Paraíba

Publicado por Tv Minas em 24/01/2023 às 13h14

Há pelo menos dois trechos com desmoronamento na região. Um bloqueio parcial na BR 460 entre Carmo de Minas e São Lourenço e uma interdição total na BR 459 na Serra de Piquete

Os motoristas que queiram acessar o Vale do Paraíba e Litoral Norte de SP encontram pelo menos dois trechos com bloqueios parciais ou totais nas rodovias de MG e SP. Acompanhe abaixo imagens e descrição dos problemas 

BR 460 (Sul de Minas)

Entre Carmo de Minas e São Lourenço, a pista cedeu, exigindo o bloqueio parcial da pista. Em horários de pico, há formação de filas e atrasos na viagem.
Whatsapp image 2023 01 24 at 11.18.59 %281%29

Whatsapp image 2023 01 24 at 11.48.02

BR 459 / PIQUETE-SP

A rodovia BR-459/SP em Piquete segue interditada no trecho de serra devido à queda de barreira. A interrupção ao tráfego compreende o km 0 (na divisa entre Minas Gerais e São Paulo) e o km 14 (na altura da cidade de Piquete). Equipes do DNIT e da Defesa Civil estão monitorando o trecho.

Confira as rotas alternativas:

Piquete grande2(Veja em tamanho maior)

ROTA 1

Extensão de 138 quilômetros – Permitida a circulação de veículos de até 29 toneladas de PBT e comprimento máximo de 14 metros. Na rodovia BR-459/MG, entre os municípios de Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí, dirigir-se para a rodovia MG-173, passando pelos municípios de Cachoeira de Minas, Conceição dos Ouros, Paraisópolis, São Bento do Sapucaí (em São Paulo, na SP-042) e Sapucaí-Mirim. Prosseguir viagem pela rodovia SP-042 e continuar pela rodovia SP-050, passando pelo município de Monteiro Lobato, chegando ao município de São José dos Campos, de onde é possível seguir viagem pela rodovia BR-116/SP (rodovia Presidente Dutra).

ROTA 2

Extensão de 123 quilômetros – Permitida a circulação de veículos de até 29 toneladas de PBT e comprimento máximo de 14 metros. Na rodovia BR-459/MG, no município de Piranguinho, dirigir pela rodovia MG-295, passando pelos municípios de Brazópolis e Paraisópolis até o entroncamento com a rodovia MG-173, prosseguindo em direção aos municípios de São Bento do Sapucaí (em São Paulo, na SP-042) e Sapucaí-Mirim. Depois, prosseguir viagem pela rodovia SP-042 e continuar pela rodovia SP-050 até o entroncamento com a rodovia SP-046. Seguir pela rodovia SP-046, passando pelo município de Santo Antônio do Pinhal. No entroncamento com a rodovia SP-123, prosseguir viagem em direção ao município de Taubaté até o entroncamento com a rodovia BR-116/SP (rodovia Presidente Dutra).

ROTA 3

Extensão de 190 quilômetros – Permitida a circulação de veículos de até 33 toneladas de PBT. Esta rota é recomendada para quem vem do Estado do Rio de Janeiro. Pegar a saída 330 da rodovia BR-116/SP (rodovia Presidente Dutra) e seguir viagem pela rodovia BR-354/MG, passando pelos municípios de Itamonte, Santana do Capivari e Pouso Alto, chegando no entroncamento com a rodovia MG-470. Prosseguir viagem pela rodovia MG-470, passando pelos municípios de São Lourenço e Carmo de Minas até o entroncamento com a rodovia MG-347, seguindo viagem em direção ao município de Cristina. No entroncamento com a rodovia MGC-383, seguir em direção ao município de Itajubá até o entroncamento com a rodovia BR-459/MG.

ROTA 4

Extensão de 59,5 quilômetros – Permitida a circulação de veículos de até 33 toneladas de PBT e comprimento máximo de 18,6 metros. Esta rota é recomendada para quem está no município de Piquete. O usuário poderá seguir viagem pelas rodovias SP-183 e SP-058, passando pelo município de Cruzeiro, seguindo pela rodovia BR-116/SP (rodovia Presidente Dutra) em direção ao Estado do Rio de Janeiro até a saída 330, seguindo em direção ao sul de Minas Gerais pela rodovia BR-354/MG, repetindo-se a orientação da rota 3.

 

Compartilhe essa matéria: