news:

Ciência & Tecnologia

Os cinco anos mais quentes da história aconteceram nesta década

Publicado por TV Minas em 23/01/2018

foto_principal.jpg

De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.

 

O ano de 2017 não foi o mais quente da história. Uma vitória daqueles que consideram o aquecimento global uma mentira? Não. De acordo com a NASA, a média da temperatura global ficou 0.9ºC acima do registrado entre os anos de 1951 e 1980, o que tornou 2017 o segundo ano mais quente. Atrás somente de 2016, o campeão, 1ºC acima.

 

De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos EUA, 2017 foi o terceiro mais quente da história. A diferença entre os resultados ocorre por conta de metodologias diferentes, mas uma análise rápida já basta para concluir: os cinco anos mais quentes da história aconteceram nesta década.

 

Ano passado foi o terceiro consecutivo que a média da temperatura global ficou mais de 1ºC acima do registrado no final do século 19. “Apesar de estar mais frio que a temperatura média em alguma parte do mundo, no planeta como um todo continua uma rápida tendência de aquecimento nos últimos 40 anos”, afirmou Gavin Schimidt, diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais (GISS) da NASA.

 

A agência espacial norte-americana utiliza dados obtidos de 6,3 mil estações climáticas espalhados pelo planeta para fazer a medição. O vídeo abaixo, produzido pelo GISS, mostra a evolução do da temperatura global ao longo dos últimos 137 anos, desde que a humanidade começou a medir as temperaturas. Manchas vermelhas representam locais em que a temperatura ficou acima da média, e azul abaixo.

 

 

De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.

De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.


 


O ano de 2017 não foi o mais quente da história. Uma vitória daqueles que consideram o aquecimento global uma mentira? Não. De acordo com a NASA, a média da temperatura global ficou 0.9ºC acima do registrado entre os anos de 1951 e 1980, o que tornou 2017 o segundo ano mais quente. Atrás somente de 2016, o campeão, 1ºC acima.


 


De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos EUA, 2017 foi o terceiro mais quente da história. A diferença entre os resultados ocorre por conta de metodologias diferentes, mas uma análise rápida já basta para concluir: os cinco anos mais quentes da história aconteceram nesta década.


 


PATROCINADORES

Ano passado foi o terceiro consecutivo que a média da temperatura global ficou mais de 1ºC acima do registrado no final do século 19. “Apesar de estar mais frio que a temperatura média em alguma parte do mundo, no planeta como um todo continua uma rápida tendência de aquecimento nos últimos 40 anos”, afirmou Gavin Schimidt, diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais (GISS) da NASA.


 


A agência espacial norte-americana utiliza dados obtidos de 6,3 mil estações climáticas espalhados pelo planeta para fazer a medição. O vídeo abaixo, produzido pelo GISS, mostra a evolução do da temperatura global ao longo dos últimos 137 anos, desde que a humanidade começou a medir as temperaturas. Manchas vermelhas representam locais em que a temperatura ficou acima da média, e azul abaixo.


 


 



De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.


De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.



O ano de 2017 não foi o mais quente da história. Uma vitória daqueles que consideram o aquecimento global uma mentira? Não. De acordo com a NASA, a média da temperatura global ficou 0.9ºC acima do registrado entre os anos de 1951 e 1980, o que tornou 2017 o segundo ano mais quente. Atrás somente de 2016, o campeão, 1ºC acima.



De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos EUA, 2017 foi o terceiro mais quente da história. A diferença entre os resultados ocorre por conta de metodologias diferentes, mas uma análise rápida já basta para concluir: os cinco anos mais quentes da história aconteceram nesta década.



PATROCINADORES

Ano passado foi o terceiro consecutivo que a média da temperatura global ficou mais de 1ºC acima do registrado no final do século 19. “Apesar de estar mais frio que a temperatura média em alguma parte do mundo, no planeta como um todo continua uma rápida tendência de aquecimento nos últimos 40 anos”, afirmou Gavin Schimidt, diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais (GISS) da NASA.



A agência espacial norte-americana utiliza dados obtidos de 6,3 mil estações climáticas espalhados pelo planeta para fazer a medição. O vídeo abaixo, produzido pelo GISS, mostra a evolução do da temperatura global ao longo dos últimos 137 anos, desde que a humanidade começou a medir as temperaturas. Manchas vermelhas representam locais em que a temperatura ficou acima da média, e azul abaixo.





De acordo com dados da NASA, 2017 ficou na segunda colocação entre os anos mais quentes da história recente.



Veja Também