news:

Sul de Minas

Cidade sul-mineira decreta situação de emergência devido à febre amarela

Publicado por TV Minas em 02/02/2018

foto_principal.jpg

Matéeria extraída do G1

 

Decreto foi publicado após a confirmação de duas mortes de moradores pela doença pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

A prefeitura de Conceição dos Ouros decretou situação de emergência após a confirmação de duas mortes de moradores por febre amarela. A confirmação das mortes pelo vírus foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde. O município ainda aguarda o resultado da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, mas já considera a situação como surto da doença.

 

Uma terceira morte suspeita ainda é investigada. O decreto da situação de emergência foi publicado pela prefeitura nesta quinta-feira (1º). A partir do decreto, a cidade vai intensificar a vacinação e ter acesso a medidas administrativas necessárias para conter o surto, principalmente na compra de insumos e materiais.

 

Uma das vítimas com morte confirmada pelo município é um homem de 45 anos. Ele foi enterrado no dia 24 de janeiro e estava internado no Hospital Escola de Itajubá.

 

O homem ficou menos de 48 horas internado antes de falecer. A segunda vítima estava internada em estado no Hospital Samuel Libânio em Pouso Alegre e tinha 67 anos. Ele morreu no último dia 23.

 

 

Processo Seletivo cancelado

 

Com o decreto, a prefeitura também anunciou a suspensão temporária de um processo seletivo que seria realizado nas próximas semanas. A decisão visa evitar a transmissão do vírus, já que muitos candidatos de outras cidades iriam até o município.

 

Uma nova data para realização das provas deve ser publicada em breve.

 

 

Postos lotados

 

Desde a última semana, com as mortes ainda em investigação, o posto de saúde da cidade ficou lotado por pessoas em busca da vacina. Com novos casos, a Secretaria de Estado de Saúde passou a dividir as cidades por categorias, para direcionar as ações.

 

Em municípios de categoria 2, por exemplo, onde há suspeitas da doença em macacos ou humanos, é feita a cobertura casa a casa, na zona rural e a vacinação de rotina também é intensificada. As duas vítimas não tinham sido vacinadas.

 

 

Febre amarela

 

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.

 

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Matéeria extraída do G1


 


Decreto foi publicado após a confirmação de duas mortes de moradores pela doença pela Secretaria Municipal de Saúde.


 


A prefeitura de Conceição dos Ouros decretou situação de emergência após a confirmação de duas mortes de moradores por febre amarela. A confirmação das mortes pelo vírus foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde. O município ainda aguarda o resultado da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, mas já considera a situação como surto da doença.


 


Uma terceira morte suspeita ainda é investigada. O decreto da situação de emergência foi publicado pela prefeitura nesta quinta-feira (1º). A partir do decreto, a cidade vai intensificar a vacinação e ter acesso a medidas administrativas necessárias para conter o surto, principalmente na compra de insumos e materiais.


 


Uma das vítimas com morte confirmada pelo município é um homem de 45 anos. Ele foi enterrado no dia 24 de janeiro e estava internado no Hospital Escola de Itajubá.


 


O homem ficou menos de 48 horas internado antes de falecer. A segunda vítima estava internada em estado no Hospital Samuel Libânio em Pouso Alegre e tinha 67 anos. Ele morreu no último dia 23.


 


 


Processo Seletivo cancelado


 


Com o decreto, a prefeitura também anunciou a suspensão temporária de um processo seletivo que seria realizado nas próximas semanas. A decisão visa evitar a transmissão do vírus, já que muitos candidatos de outras cidades iriam até o município.


PATROCINADORES

 


Uma nova data para realização das provas deve ser publicada em breve.


 


 


Postos lotados


 


Desde a última semana, com as mortes ainda em investigação, o posto de saúde da cidade ficou lotado por pessoas em busca da vacina. Com novos casos, a Secretaria de Estado de Saúde passou a dividir as cidades por categorias, para direcionar as ações.


 


Em municípios de categoria 2, por exemplo, onde há suspeitas da doença em macacos ou humanos, é feita a cobertura casa a casa, na zona rural e a vacinação de rotina também é intensificada. As duas vítimas não tinham sido vacinadas.


 


 


Febre amarela


 


A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.


 


Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.


Matéeria extraída do G1



Decreto foi publicado após a confirmação de duas mortes de moradores pela doença pela Secretaria Municipal de Saúde.



A prefeitura de Conceição dos Ouros decretou situação de emergência após a confirmação de duas mortes de moradores por febre amarela. A confirmação das mortes pelo vírus foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde. O município ainda aguarda o resultado da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, mas já considera a situação como surto da doença.



Uma terceira morte suspeita ainda é investigada. O decreto da situação de emergência foi publicado pela prefeitura nesta quinta-feira (1º). A partir do decreto, a cidade vai intensificar a vacinação e ter acesso a medidas administrativas necessárias para conter o surto, principalmente na compra de insumos e materiais.



Uma das vítimas com morte confirmada pelo município é um homem de 45 anos. Ele foi enterrado no dia 24 de janeiro e estava internado no Hospital Escola de Itajubá.



PATROCINADORES

O homem ficou menos de 48 horas internado antes de falecer. A segunda vítima estava internada em estado no Hospital Samuel Libânio em Pouso Alegre e tinha 67 anos. Ele morreu no último dia 23.



Processo Seletivo cancelado



Com o decreto, a prefeitura também anunciou a suspensão temporária de um processo seletivo que seria realizado nas próximas semanas. A decisão visa evitar a transmissão do vírus, já que muitos candidatos de outras cidades iriam até o município.



Uma nova data para realização das provas deve ser publicada em breve.



PATROCINADORES

Postos lotados



Desde a última semana, com as mortes ainda em investigação, o posto de saúde da cidade ficou lotado por pessoas em busca da vacina. Com novos casos, a Secretaria de Estado de Saúde passou a dividir as cidades por categorias, para direcionar as ações.



Em municípios de categoria 2, por exemplo, onde há suspeitas da doença em macacos ou humanos, é feita a cobertura casa a casa, na zona rural e a vacinação de rotina também é intensificada. As duas vítimas não tinham sido vacinadas.



Febre amarela



A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.



Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.



Veja Também