news:

Esporte

Torcedores vaiam jogadores do Atlético após derrota para a Caldense

Publicado por TV Minas em 11/02/2018

foto_principal.jpg

Equipe alvinegra abriu o placar, mas não conseguiu manter vantagem no Horto.

 

A derrota por 2 a 1 do Atlético para a Caldense irritou torcedores que foram ao Independência neste sábado de Carnaval. Os alvinegros demonstraram chateação com a atuação do time, que abriu o placar, mas não conseguiu manter a vantagem, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.

 

Logo após o gol da virada, marcado por Potita, aos 39 minutos do segundo tempo, os torcedores entoaram o grito de ‘time sem vergonha’. Pressionada, a equipe alvinegra partiu para o ‘tudo ou nada’ - sem sucesso.

 

As vaias vieram apenas no final da partida. Os torcedores - em número de mais de 17 mil, de acordo com o anúncio oficial do Atlético - cobraram, ainda, a diretoria por reforços para o elenco alvinegro.

 

A crise - dentro e fora de campo - aumenta. Em sete jogos na temporada até o momento, foram apenas duas vitórias, além de três empates e duas derrotas. Paralelamente a isso, a diretoria tenta lidar com as polêmicas derivadas do 'entrevero' entre o ex-técnico Oswaldo de Oliveira e o repórter Léo Gomide, no Acre.

Equipe alvinegra abriu o placar, mas não conseguiu manter vantagem no Horto.


 


A derrota por 2 a 1 do Atlético para a Caldense irritou torcedores que foram ao Independência neste sábado de Carnaval. Os alvinegros demonstraram chateação com a atuação do time, que abriu o placar, mas não conseguiu manter a vantagem, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.


 


PATROCINADORES

Logo após o gol da virada, marcado por Potita, aos 39 minutos do segundo tempo, os torcedores entoaram o grito de ‘time sem vergonha’. Pressionada, a equipe alvinegra partiu para o ‘tudo ou nada’ - sem sucesso.


 


As vaias vieram apenas no final da partida. Os torcedores - em número de mais de 17 mil, de acordo com o anúncio oficial do Atlético - cobraram, ainda, a diretoria por reforços para o elenco alvinegro.


 


A crise - dentro e fora de campo - aumenta. Em sete jogos na temporada até o momento, foram apenas duas vitórias, além de três empates e duas derrotas. Paralelamente a isso, a diretoria tenta lidar com as polêmicas derivadas do 'entrevero' entre o ex-técnico Oswaldo de Oliveira e o repórter Léo Gomide, no Acre.


Equipe alvinegra abriu o placar, mas não conseguiu manter vantagem no Horto.



A derrota por 2 a 1 do Atlético para a Caldense irritou torcedores que foram ao Independência neste sábado de Carnaval. Os alvinegros demonstraram chateação com a atuação do time, que abriu o placar, mas não conseguiu manter a vantagem, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.



Logo após o gol da virada, marcado por Potita, aos 39 minutos do segundo tempo, os torcedores entoaram o grito de ‘time sem vergonha’. Pressionada, a equipe alvinegra partiu para o ‘tudo ou nada’ - sem sucesso.



PATROCINADORES

As vaias vieram apenas no final da partida. Os torcedores - em número de mais de 17 mil, de acordo com o anúncio oficial do Atlético - cobraram, ainda, a diretoria por reforços para o elenco alvinegro.



A crise - dentro e fora de campo - aumenta. Em sete jogos na temporada até o momento, foram apenas duas vitórias, além de três empates e duas derrotas. Paralelamente a isso, a diretoria tenta lidar com as polêmicas derivadas do 'entrevero' entre o ex-técnico Oswaldo de Oliveira e o repórter Léo Gomide, no Acre.



Veja Também