news:

Sul de Minas

Sul de Minas: Carnaval deixa saldo de sete pessoas assassinadas na região

Publicado por TV Minas em 15/02/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Conforme levantamento do G1, vítimas, todos homens, foram mortas entre sexta-feira e a madrugada de quarta-feira na região.

 

Pelo menos sete pessoas morreram assassinadas durante o carnaval no Sul de Minas. Os crimes foram registrados entre sexta-feira (9) e a madrugada de quarta-feira (14).

 

Segundo levantamento feito pelo G1, os crimes foram registrados em Campos Gerais, Turvolândia, Passos, Cássia, Campo Belo, Cruzília e Boa Esperança. Todas as vítimas são homens com idades entre 21 e 50 anos de idade.

 

Dos sete mortos, dois foram baleados, dois esfaqueados e três morreram agredidos. Em um dos casos mais emblemáticos, um homem foi morto na porta de uma igreja em Passos, na última segunda-feira (12). Em outro, o dono de um bar foi preso depois de agredir e matar um cliente. Revoltados, testemunhas quebraram o bar após a morte.

 

Em todos os homícidios registrados, em apenas dois casos nenhum suspeito foi preso. Ao todo, 12 pessoas foram presas suspeitas de participação nos crimes. Só em Cruzília, sete pessoas foram presas suspeitas de espancar e matar um jovem de 23 anos durante uma briga.

Matéria extraída do G1


 


Conforme levantamento do G1, vítimas, todos homens, foram mortas entre sexta-feira e a madrugada de quarta-feira na região.


 


Pelo menos sete pessoas morreram assassinadas durante o carnaval no Sul de Minas. Os crimes foram registrados entre sexta-feira (9) e a madrugada de quarta-feira (14).


PATROCINADORES

 


Segundo levantamento feito pelo G1, os crimes foram registrados em Campos Gerais, Turvolândia, Passos, Cássia, Campo Belo, Cruzília e Boa Esperança. Todas as vítimas são homens com idades entre 21 e 50 anos de idade.


 


Dos sete mortos, dois foram baleados, dois esfaqueados e três morreram agredidos. Em um dos casos mais emblemáticos, um homem foi morto na porta de uma igreja em Passos, na última segunda-feira (12). Em outro, o dono de um bar foi preso depois de agredir e matar um cliente. Revoltados, testemunhas quebraram o bar após a morte.


 


Em todos os homícidios registrados, em apenas dois casos nenhum suspeito foi preso. Ao todo, 12 pessoas foram presas suspeitas de participação nos crimes. Só em Cruzília, sete pessoas foram presas suspeitas de espancar e matar um jovem de 23 anos durante uma briga.


Matéria extraída do G1



Conforme levantamento do G1, vítimas, todos homens, foram mortas entre sexta-feira e a madrugada de quarta-feira na região.



Pelo menos sete pessoas morreram assassinadas durante o carnaval no Sul de Minas. Os crimes foram registrados entre sexta-feira (9) e a madrugada de quarta-feira (14).



PATROCINADORES

Segundo levantamento feito pelo G1, os crimes foram registrados em Campos Gerais, Turvolândia, Passos, Cássia, Campo Belo, Cruzília e Boa Esperança. Todas as vítimas são homens com idades entre 21 e 50 anos de idade.



Dos sete mortos, dois foram baleados, dois esfaqueados e três morreram agredidos. Em um dos casos mais emblemáticos, um homem foi morto na porta de uma igreja em Passos, na última segunda-feira (12). Em outro, o dono de um bar foi preso depois de agredir e matar um cliente. Revoltados, testemunhas quebraram o bar após a morte.



Em todos os homícidios registrados, em apenas dois casos nenhum suspeito foi preso. Ao todo, 12 pessoas foram presas suspeitas de participação nos crimes. Só em Cruzília, sete pessoas foram presas suspeitas de espancar e matar um jovem de 23 anos durante uma briga.



Veja Também