news:

Sul de Minas

Corpo é encontrado dentro de mala às margens do Rio Mandu, em Pouso Alegre

Publicado por TV Minas em 27/02/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Segundo Polícia Civil, vítima é mulher de 67 anos que estava desaparecida há 1 mês na cidade.

 

O corpo de uma mulher de 67 anos foi encontrado na tarde desta terça-feira (27) dentro de uma mala em um matagal às margens do Rio Mandu, em Pouso Alegre. Segundo a Polícia Civil, o corpo é de uma senhora que estava desaparecida há 1 mês.

 

Ainda conforme a polícia, a suspeita é que a idosa tenha sido vítima de latrocínio. O corpo também tinha sinais de mutilações. Mesmo após o desaparecimento da mulher, a conta bancária dela continuou sendo movimentada.

 

A vítima foi identificada como Luzia dos Santos, de 67 anos.

 

 

Veja também: Advogada assassinada teve dedo arrancado para tentativa de saque em banco​

Matéria extraída do G1


 


Segundo Polícia Civil, vítima é mulher de 67 anos que estava desaparecida há 1 mês na cidade.


 


O corpo de uma mulher de 67 anos foi encontrado na tarde desta terça-feira (27) dentro de uma mala em um matagal às margens do Rio Mandu, em Pouso Alegre. Segundo a Polícia Civil, o corpo é de uma senhora que estava desaparecida há 1 mês.


 


PATROCINADORES

Ainda conforme a polícia, a suspeita é que a idosa tenha sido vítima de latrocínio. O corpo também tinha sinais de mutilações. Mesmo após o desaparecimento da mulher, a conta bancária dela continuou sendo movimentada.


 


A vítima foi identificada como Luzia dos Santos, de 67 anos.


 


 


Veja também: Advogada assassinada teve dedo arrancado para tentativa de saque em banco​


Matéria extraída do G1



Segundo Polícia Civil, vítima é mulher de 67 anos que estava desaparecida há 1 mês na cidade.



O corpo de uma mulher de 67 anos foi encontrado na tarde desta terça-feira (27) dentro de uma mala em um matagal às margens do Rio Mandu, em Pouso Alegre. Segundo a Polícia Civil, o corpo é de uma senhora que estava desaparecida há 1 mês.



PATROCINADORES

Ainda conforme a polícia, a suspeita é que a idosa tenha sido vítima de latrocínio. O corpo também tinha sinais de mutilações. Mesmo após o desaparecimento da mulher, a conta bancária dela continuou sendo movimentada.



A vítima foi identificada como Luzia dos Santos, de 67 anos.



Veja também: Advogada assassinada teve dedo arrancado para tentativa de saque em banco​



Veja Também