news:

Sul de Minas

Estudante é baleado no rosto por colega no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 02/03/2018

foto_principal.png

Agressão foi na manhã desta quinta-feira numa  escola estadual em São João del Rei. O aluno ferido teve uma bala alojada no nariz e não corre risco de morrer. O outro foi apreendido.

 

Um estudante de 17 anos, baleado no rosto por um colega de escola na manhã desta quinta-feira, não corre risco de morrer, apesar o projetil ter se alojado no nariz da vítima. A ocorrência foi na manhã na Escola Estadual Professor Iago Pimentel, em São João del-Rei, no Bairro São José Operário.

 

O jovem foi surpreendido pelo também aluno da instituição, um adolescente de 16 anos, que se aproximou atirou em direção à sua cabeça. Os motivos da agressão não foram esclarecidos.

 

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) afirmou que tomou todas as providências necessárias diante do incidente. Porém, não informou detalhes sobre as circunstâncias do atentado. Segundo a SEE, a direção da escola acionou, imediatamente, a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), assim como os responsáveis pelos dois estudantes.

 

O baleado foi socorrido na Santa Casa da cidade. O agressor fugiu, mas à tarde sua mãe o apresentou numa unidade da PM. Ele foi autuado na delegacia local por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio.

 

A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São João del-Rei acompanha o caso, além de oferecer todo o suporte à escola, vítima e famílias dos envolvidos. A diretora da SRE e o diretor da escola estiveram durante toda a manhã junto aos parentes do estudante ferido no hospital. E, de acordo com as últimas informações repassadas pela família, ele está consciente, estável e não corre risco de morte. Uma equipe da superintendência também esteve na unidade de ensino pela manhã, e as aulas foram suspensas durante todo o dia.

 

Nesta sexta-feira as atividades escolares serão retomadas e o pessoal da SRE retornará à instituição para conversar com professores, alunos e demais funcionários. O objetivo é tranquilizar a comunidade escolar e melhorar o clima no local. Representantes da regional de ensino vão auxiliar a direção da unidade na elaboração de projetos educativos para prevenção contra a violência no ambiente escolar. O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.

Agressão foi na manhã desta quinta-feira numa  escola estadual em São João del Rei. O aluno ferido teve uma bala alojada no nariz e não corre risco de morrer. O outro foi apreendido.


 


Um estudante de 17 anos, baleado no rosto por um colega de escola na manhã desta quinta-feira, não corre risco de morrer, apesar o projetil ter se alojado no nariz da vítima. A ocorrência foi na manhã na Escola Estadual Professor Iago Pimentel, em São João del-Rei, no Bairro São José Operário.


 


O jovem foi surpreendido pelo também aluno da instituição, um adolescente de 16 anos, que se aproximou atirou em direção à sua cabeça. Os motivos da agressão não foram esclarecidos.


 


PATROCINADORES

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) afirmou que tomou todas as providências necessárias diante do incidente. Porém, não informou detalhes sobre as circunstâncias do atentado. Segundo a SEE, a direção da escola acionou, imediatamente, a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), assim como os responsáveis pelos dois estudantes.


 


O baleado foi socorrido na Santa Casa da cidade. O agressor fugiu, mas à tarde sua mãe o apresentou numa unidade da PM. Ele foi autuado na delegacia local por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio.


 


A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São João del-Rei acompanha o caso, além de oferecer todo o suporte à escola, vítima e famílias dos envolvidos. A diretora da SRE e o diretor da escola estiveram durante toda a manhã junto aos parentes do estudante ferido no hospital. E, de acordo com as últimas informações repassadas pela família, ele está consciente, estável e não corre risco de morte. Uma equipe da superintendência também esteve na unidade de ensino pela manhã, e as aulas foram suspensas durante todo o dia.


 


Nesta sexta-feira as atividades escolares serão retomadas e o pessoal da SRE retornará à instituição para conversar com professores, alunos e demais funcionários. O objetivo é tranquilizar a comunidade escolar e melhorar o clima no local. Representantes da regional de ensino vão auxiliar a direção da unidade na elaboração de projetos educativos para prevenção contra a violência no ambiente escolar. O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.


Agressão foi na manhã desta quinta-feira numa  escola estadual em São João del Rei. O aluno ferido teve uma bala alojada no nariz e não corre risco de morrer. O outro foi apreendido.



Um estudante de 17 anos, baleado no rosto por um colega de escola na manhã desta quinta-feira, não corre risco de morrer, apesar o projetil ter se alojado no nariz da vítima. A ocorrência foi na manhã na Escola Estadual Professor Iago Pimentel, em São João del-Rei, no Bairro São José Operário.



O jovem foi surpreendido pelo também aluno da instituição, um adolescente de 16 anos, que se aproximou atirou em direção à sua cabeça. Os motivos da agressão não foram esclarecidos.



PATROCINADORES

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) afirmou que tomou todas as providências necessárias diante do incidente. Porém, não informou detalhes sobre as circunstâncias do atentado. Segundo a SEE, a direção da escola acionou, imediatamente, a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), assim como os responsáveis pelos dois estudantes.



O baleado foi socorrido na Santa Casa da cidade. O agressor fugiu, mas à tarde sua mãe o apresentou numa unidade da PM. Ele foi autuado na delegacia local por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio.



A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São João del-Rei acompanha o caso, além de oferecer todo o suporte à escola, vítima e famílias dos envolvidos. A diretora da SRE e o diretor da escola estiveram durante toda a manhã junto aos parentes do estudante ferido no hospital. E, de acordo com as últimas informações repassadas pela família, ele está consciente, estável e não corre risco de morte. Uma equipe da superintendência também esteve na unidade de ensino pela manhã, e as aulas foram suspensas durante todo o dia.



Nesta sexta-feira as atividades escolares serão retomadas e o pessoal da SRE retornará à instituição para conversar com professores, alunos e demais funcionários. O objetivo é tranquilizar a comunidade escolar e melhorar o clima no local. Representantes da regional de ensino vão auxiliar a direção da unidade na elaboração de projetos educativos para prevenção contra a violência no ambiente escolar. O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.



Veja Também