news:

Sul de Minas

Chuva forte rompe manilhas e abre cratera na BR-354 no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 03/03/2018

foto_principal.png

Matéria extraída do G1

 

Trecho entre Caxambu e Baependi está interditado desde a manhã deste sábado (3).

 

Uma forte chuva abriu uma cratera de um metro e meio na BR-354, entre Caxambu e Baependi, na madrugada deste sábado (3). O volume de água encheu um córrego que passa embaixo da rodovia e estourou as manilhas, abrindo um buraco no asfalto.

 

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o trecho foi interditado às 5h30. Uma adutora da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), que abastece bairros próximos, também foi atingida. Com isso, o abastecimento de água foi interrompido.

 

Equipes da Copasa trabalham para restabelecer o abastecimento de água. Até o fim da manhã, não havia previsão de liberação da pista, já que há o risco da cratera aumentar.

 

 

Cratera interditou trecho entre Caxambu e Baependi.

Matéria extraída do G1


 


Trecho entre Caxambu e Baependi está interditado desde a manhã deste sábado (3).


 


Uma forte chuva abriu uma cratera de um metro e meio na BR-354, entre Caxambu e Baependi, na madrugada deste sábado (3). O volume de água encheu um córrego que passa embaixo da rodovia e estourou as manilhas, abrindo um buraco no asfalto.


 


PATROCINADORES

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o trecho foi interditado às 5h30. Uma adutora da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), que abastece bairros próximos, também foi atingida. Com isso, o abastecimento de água foi interrompido.


 


Equipes da Copasa trabalham para restabelecer o abastecimento de água. Até o fim da manhã, não havia previsão de liberação da pista, já que há o risco da cratera aumentar.


 


 


Cratera interditou trecho entre Caxambu e Baependi.


Matéria extraída do G1



Trecho entre Caxambu e Baependi está interditado desde a manhã deste sábado (3).



Uma forte chuva abriu uma cratera de um metro e meio na BR-354, entre Caxambu e Baependi, na madrugada deste sábado (3). O volume de água encheu um córrego que passa embaixo da rodovia e estourou as manilhas, abrindo um buraco no asfalto.



PATROCINADORES

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o trecho foi interditado às 5h30. Uma adutora da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), que abastece bairros próximos, também foi atingida. Com isso, o abastecimento de água foi interrompido.



Equipes da Copasa trabalham para restabelecer o abastecimento de água. Até o fim da manhã, não havia previsão de liberação da pista, já que há o risco da cratera aumentar.



Cratera interditou trecho entre Caxambu e Baependi.



Veja Também