news:

Sul de Minas

Projeto de iniciativa popular pretende reduzir salários de políticos em MG

Publicado por TV Minas em 11/03/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Movimento recolhe assinaturas de moradores para que documento seja protocolado na Câmara de Vereadores.

 

Um projeto de iniciativa popular pretende diminuir os salários do prefeito, vice e secretários em mais de 50% em Três Corações. A ideia partiu de um grupo de moradores. Eles estão recolhendo assinaturas dos eleitores para levar o projeto de redução para a Câmara de Vereadores. Para isso, eles precisam que 2,8 mil pessoas assinem o documento.

 

"O projeto a gente vai protocolar na Câmara dos Vereadores e vamos acompanhar toda a tramitação dele, ou seja, ele vai passar pelas comissões e será levado à votação", diz o coordenador do projeto, Idaelson Costa.

 

O projeto propõe uma diminuição de 50% nos vencimentos dos políticos. Pela proposta, quem mais sofreria a redução nos salários seriam os vereadores:

 

Prefeito: de R$ 18.900 para R$ 9.450

 

Vice-prefeito: de R$ 9.450 para R$ 4.725

 

Secretário Municipal: de R$ 8.674 para R$ 4.337

 

Sub-secretário municipal: de R$ 7.435 para R$ 3.717

 

Vereador: de R$ 8.378 para R$ 1.200

 

"O vereador, prefeito, eles ganham muito e o nosso salário, R$ 900 e pouco, isso não dá não. Ou eles ganham igual a gente ou então não entram pra política", disse o técnico em segurança do trabalho, Adriana Maria da Silva.

 

Segundo o coordenador do movimento, a proposta representaria uma economia de até R$ 2 milhões por ano para o município.

 

"Por ano a economia chega a R$ 2,9 milhões por ano, por mês aproximadamente R$ 240 mil, ou seja, é um valor que vai ajudar a solucionar bastante os problemas da cidade", completou Costa.

Matéria extraída do G1


 


Movimento recolhe assinaturas de moradores para que documento seja protocolado na Câmara de Vereadores.


 


Um projeto de iniciativa popular pretende diminuir os salários do prefeito, vice e secretários em mais de 50% em Três Corações. A ideia partiu de um grupo de moradores. Eles estão recolhendo assinaturas dos eleitores para levar o projeto de redução para a Câmara de Vereadores. Para isso, eles precisam que 2,8 mil pessoas assinem o documento.


 


"O projeto a gente vai protocolar na Câmara dos Vereadores e vamos acompanhar toda a tramitação dele, ou seja, ele vai passar pelas comissões e será levado à votação", diz o coordenador do projeto, Idaelson Costa.


 


O projeto propõe uma diminuição de 50% nos vencimentos dos políticos. Pela proposta, quem mais sofreria a redução nos salários seriam os vereadores:


 


Prefeito: de R$ 18.900 para R$ 9.450


 


PATROCINADORES

Vice-prefeito: de R$ 9.450 para R$ 4.725


 


Secretário Municipal: de R$ 8.674 para R$ 4.337


 


Sub-secretário municipal: de R$ 7.435 para R$ 3.717


 


Vereador: de R$ 8.378 para R$ 1.200


 


"O vereador, prefeito, eles ganham muito e o nosso salário, R$ 900 e pouco, isso não dá não. Ou eles ganham igual a gente ou então não entram pra política", disse o técnico em segurança do trabalho, Adriana Maria da Silva.


 


Segundo o coordenador do movimento, a proposta representaria uma economia de até R$ 2 milhões por ano para o município.


 


"Por ano a economia chega a R$ 2,9 milhões por ano, por mês aproximadamente R$ 240 mil, ou seja, é um valor que vai ajudar a solucionar bastante os problemas da cidade", completou Costa.


Matéria extraída do G1



Movimento recolhe assinaturas de moradores para que documento seja protocolado na Câmara de Vereadores.



Um projeto de iniciativa popular pretende diminuir os salários do prefeito, vice e secretários em mais de 50% em Três Corações. A ideia partiu de um grupo de moradores. Eles estão recolhendo assinaturas dos eleitores para levar o projeto de redução para a Câmara de Vereadores. Para isso, eles precisam que 2,8 mil pessoas assinem o documento.



"O projeto a gente vai protocolar na Câmara dos Vereadores e vamos acompanhar toda a tramitação dele, ou seja, ele vai passar pelas comissões e será levado à votação", diz o coordenador do projeto, Idaelson Costa.



PATROCINADORES

O projeto propõe uma diminuição de 50% nos vencimentos dos políticos. Pela proposta, quem mais sofreria a redução nos salários seriam os vereadores:



Prefeito: de R$ 18.900 para R$ 9.450



Vice-prefeito: de R$ 9.450 para R$ 4.725



Secretário Municipal: de R$ 8.674 para R$ 4.337



PATROCINADORES

Sub-secretário municipal: de R$ 7.435 para R$ 3.717



Vereador: de R$ 8.378 para R$ 1.200



"O vereador, prefeito, eles ganham muito e o nosso salário, R$ 900 e pouco, isso não dá não. Ou eles ganham igual a gente ou então não entram pra política", disse o técnico em segurança do trabalho, Adriana Maria da Silva.



Segundo o coordenador do movimento, a proposta representaria uma economia de até R$ 2 milhões por ano para o município.



"Por ano a economia chega a R$ 2,9 milhões por ano, por mês aproximadamente R$ 240 mil, ou seja, é um valor que vai ajudar a solucionar bastante os problemas da cidade", completou Costa.



Veja Também