news:

Esporte

Por onde andam os jogadores brasileiros que estiveram nos 7 a 1

Publicado por TV Minas em 28/03/2018

foto_principal.jpeg

Uns se recuperaram e outros caíram em desgraça. Nesta terça (27), quatro atletas que estiveram em campo no Mineirão reencontraram a Alemanha em Berlim.

 

Como o próprio técnico Tite definiu, a seleção brasileira enfrentou nesta terça-feira (27) o “fantasminha do dia 7 a 1”, no amistoso contra a Alemanha, no Estádio Olímpico de Berlim, a partir das 15h45. Quase quatro anos depois da tragédia do Mineirão, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, alguns atletas seguem bastante prestigiados, enquanto outros caíram em desgraça. E há aqueles que ainda tentam dar a volta por cima na seleção.

 

Dos atletas que atuaram em Belo Horizonte, quatro deles estaram em campo como titulares em Berlim: Marcelo, Fernandinho, Paulinho e Willian. Confira por onde andam os 23 jogadores do Brasil na última Copa do Mundo, e o impacto que a derrota teve em suas carreiras:

 

 

Os titulares

 

Júlio César - O goleiro de 38 anos voltou ao Flamengo para encerrar sua carreira. Desde o fim do Mundial no Brasil, o goleiro nunca mais foi chamado para a seleção brasileira.

 

Maicon - Após jogar pelo Avaí em 2017, o lateral direito de 36 anos está sem clube e não é chamado para vestir a camisa do Brasil desde o segundo semestre de 2014.

 

David Luiz - Um dos mais criticados na derrota para a Alemanha, o zagueiro de 30 anos do Chelsea voltou à seleção para os amistosos contra Austrália e Argentina em junho do ano passado, mas não foi mais convocado desde então. Na reserva do clube inglês, não tem chances de ir à Rússia.

 

Dante - O zagueiro de 34 anos não foi mais convocado. Antes da Copa, era destaque do Bayern de Munique. Depois, passou sem sucesso pelo Wolfsburg e hoje joga no Nice, da França.

 

Marcelo - O lateral-esquerdo de 29 anos do Real Madrid segue como titular e destaque da seleção. Apesar da atuação desastrosa no Mineirão, o ídolo do Real Madrid não foi um dos “crucificados” pelos 7 a 1.

 

Luiz Gustavo - O volante de 30 anos começou a ser esquecido após pedir dispensa da Copa América Centenário, no ano passado. Transferiu-se para o Olympique de Marselha, onde atua sem grande brilho.

 

Fernandinho - O volante de 32 anos do Manchester City segue como uma das opções de Tite para a posição e será titular na partida desta terça-feira.

 

Oscar - O meia de 26 anos já foi convocado por Tite, mas não tem o mesmo prestígio de antes. Está no Shanghai SIPG, da China, sem chances de ir ao Mundial.

 

Hulk - O atacante de 31 anos era jogador de confiança de Dunga, e perdeu espaço após a saída do treinador gaúcho. É companheiro de equipe de Oscar na China.

 

Bernard - O nome do atacante de 25 anos sumiu das convocações após a Copa do Mundo. Escolhido para substituir o lesionado Neymar contra a Alemanha, Bernard caiu em desgraça, mas hoje vive bom momento no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

 

Fred -  O atacante de 34 anos do Cruzeiro foi muito criticado ao longo da Copa de 2014, e perdeu espaço na seleção brasileira nos anos seguintes. Após se lesionar gravemente no último fim de semana, corre o risco de não atuar mais em 2018.

 

 

Reservas que entraram na partida

 

Paulinho - Jogador de confiança de Tite no Corinthians, o volante de 29 anos ganhou a mesma importância na seleção após a chegada do treinador. Está em boa fase no Barcelona. 

 

Ramires - O volante de 30 anos está no Jiangsu Suning, da China, e não foi mais convocado.

 

Willian - O meia de 29 anos do Chelsea é peça importante na equipe de Tite. Em ótima fase no clube inglês, vem ganhando espaço na equipe nacional e será novamente titular diante da Alemanha. 

 

 

Quem não atuou nos 7 a 1 

 

Neymar - O camisa 10 do PSG, que não jogou contra a Alemanha devido a uma lesão nas costas contra a Colômbia, segue sendo o principal jogador da seleção e do futebol brasileiro. Mas novamente está lesionado e só deve voltar a atuar perto da Copa na Rússia. 

 

Thiago Silva - Suspenso, o então capitão também não jogou contra a Alemanha, mas foi um dos mais criticados devido ao fracasso da seleção brasileira no torneio. O zagueiro de 33 anos do Paris Saint-Germain, porém, é nome certo na Copa e será titular diante da Alemanha.

 

Daniel Alves - O lateral-direito de 34 anos é o atual titular da seleção e uma das peças mais importantes do time de Tite. É companheiro de Neymar e Thiago Silva no PSG.

 

Jô  - O atacante de 30 anos entrou em declínio após a Copa, mas teve seu nome novamente cogitado após brilhar intensamente no título Brasileiro do Corinthians em 2017. Atualmente joga no Nagoya Grampus, do Japão.

 

Hernanes - O meia de 32 anos não foi mais convocado. Fez um bom Campeonato Brasileiro pelo São Paulo e teve nome cogitado. Atualmente joga no Hebei China Fortune, da China.

 

Henrique - O zagueiro de 31 anos do Corinthians também deixou de ser lembrado pelos técnicos Dunga e Tite.

 

Maxwell - Aos 36 anos, se aposentou do futebol e transformou-se em diretor esportivo do PSG, clube que defendeu como lateral esquerdo.

 

Jefferson - O goleiro de 35 anos atualmente está na reserva do Botafogo. Chegou a ser titular da seleção após 2014, mas passou a ser preterido depois da derrota para o Chile por 2 a 0 na primeira rodada das Eliminatórias para a Copa de 2018.

 

Victor - Tem a mesma idade de Jefferson e também deixou de ser convocado nos últimos meses. No futebol brasileiro, segue como titular do Atlético-MG.

 

 

Treinador

 

Luiz Felipe Scolari - Demitido pela CBF após a Copa e muito criticado, o treinador de 69 anos encontrou a paz na China. Dirigiu o  Guangzhou Evergrande de 2015 a 2017, mas desde o fim do ano está sem clube.

Uns se recuperaram e outros caíram em desgraça. Nesta terça (27), quatro atletas que estiveram em campo no Mineirão reencontraram a Alemanha em Berlim.


 


Como o próprio técnico Tite definiu, a seleção brasileira enfrentou nesta terça-feira (27) o “fantasminha do dia 7 a 1”, no amistoso contra a Alemanha, no Estádio Olímpico de Berlim, a partir das 15h45. Quase quatro anos depois da tragédia do Mineirão, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, alguns atletas seguem bastante prestigiados, enquanto outros caíram em desgraça. E há aqueles que ainda tentam dar a volta por cima na seleção.


 


Dos atletas que atuaram em Belo Horizonte, quatro deles estaram em campo como titulares em Berlim: Marcelo, Fernandinho, Paulinho e Willian. Confira por onde andam os 23 jogadores do Brasil na última Copa do Mundo, e o impacto que a derrota teve em suas carreiras:


 


 


Os titulares


 


Júlio César - O goleiro de 38 anos voltou ao Flamengo para encerrar sua carreira. Desde o fim do Mundial no Brasil, o goleiro nunca mais foi chamado para a seleção brasileira.


 


Maicon - Após jogar pelo Avaí em 2017, o lateral direito de 36 anos está sem clube e não é chamado para vestir a camisa do Brasil desde o segundo semestre de 2014.


 


David Luiz - Um dos mais criticados na derrota para a Alemanha, o zagueiro de 30 anos do Chelsea voltou à seleção para os amistosos contra Austrália e Argentina em junho do ano passado, mas não foi mais convocado desde então. Na reserva do clube inglês, não tem chances de ir à Rússia.


 


Dante - O zagueiro de 34 anos não foi mais convocado. Antes da Copa, era destaque do Bayern de Munique. Depois, passou sem sucesso pelo Wolfsburg e hoje joga no Nice, da França.


 


Marcelo - O lateral-esquerdo de 29 anos do Real Madrid segue como titular e destaque da seleção. Apesar da atuação desastrosa no Mineirão, o ídolo do Real Madrid não foi um dos “crucificados” pelos 7 a 1.


 


Luiz Gustavo - O volante de 30 anos começou a ser esquecido após pedir dispensa da Copa América Centenário, no ano passado. Transferiu-se para o Olympique de Marselha, onde atua sem grande brilho.


 


Fernandinho - O volante de 32 anos do Manchester City segue como uma das opções de Tite para a posição e será titular na partida desta terça-feira.


 


Oscar - O meia de 26 anos já foi convocado por Tite, mas não tem o mesmo prestígio de antes. Está no Shanghai SIPG, da China, sem chances de ir ao Mundial.


 


Hulk - O atacante de 31 anos era jogador de confiança de Dunga, e perdeu espaço após a saída do treinador gaúcho. É companheiro de equipe de Oscar na China.


 


Bernard - O nome do atacante de 25 anos sumiu das convocações após a Copa do Mundo. Escolhido para substituir o lesionado Neymar contra a Alemanha, Bernard caiu em desgraça, mas hoje vive bom momento no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.


 


Fred -  O atacante de 34 anos do Cruzeiro foi muito criticado ao longo da Copa de 2014, e perdeu espaço na seleção brasileira nos anos seguintes. Após se lesionar gravemente no último fim de semana, corre o risco de não atuar mais em 2018.


 


 


PATROCINADORES

Reservas que entraram na partida


 


Paulinho - Jogador de confiança de Tite no Corinthians, o volante de 29 anos ganhou a mesma importância na seleção após a chegada do treinador. Está em boa fase no Barcelona. 


 


Ramires - O volante de 30 anos está no Jiangsu Suning, da China, e não foi mais convocado.


 


Willian - O meia de 29 anos do Chelsea é peça importante na equipe de Tite. Em ótima fase no clube inglês, vem ganhando espaço na equipe nacional e será novamente titular diante da Alemanha. 


 


 


Quem não atuou nos 7 a 1 


 


Neymar - O camisa 10 do PSG, que não jogou contra a Alemanha devido a uma lesão nas costas contra a Colômbia, segue sendo o principal jogador da seleção e do futebol brasileiro. Mas novamente está lesionado e só deve voltar a atuar perto da Copa na Rússia. 


 


Thiago Silva - Suspenso, o então capitão também não jogou contra a Alemanha, mas foi um dos mais criticados devido ao fracasso da seleção brasileira no torneio. O zagueiro de 33 anos do Paris Saint-Germain, porém, é nome certo na Copa e será titular diante da Alemanha.


 


Daniel Alves - O lateral-direito de 34 anos é o atual titular da seleção e uma das peças mais importantes do time de Tite. É companheiro de Neymar e Thiago Silva no PSG.


 


Jô  - O atacante de 30 anos entrou em declínio após a Copa, mas teve seu nome novamente cogitado após brilhar intensamente no título Brasileiro do Corinthians em 2017. Atualmente joga no Nagoya Grampus, do Japão.


 


Hernanes - O meia de 32 anos não foi mais convocado. Fez um bom Campeonato Brasileiro pelo São Paulo e teve nome cogitado. Atualmente joga no Hebei China Fortune, da China.


 


Henrique - O zagueiro de 31 anos do Corinthians também deixou de ser lembrado pelos técnicos Dunga e Tite.


 


Maxwell - Aos 36 anos, se aposentou do futebol e transformou-se em diretor esportivo do PSG, clube que defendeu como lateral esquerdo.


 


Jefferson - O goleiro de 35 anos atualmente está na reserva do Botafogo. Chegou a ser titular da seleção após 2014, mas passou a ser preterido depois da derrota para o Chile por 2 a 0 na primeira rodada das Eliminatórias para a Copa de 2018.


 


Victor - Tem a mesma idade de Jefferson e também deixou de ser convocado nos últimos meses. No futebol brasileiro, segue como titular do Atlético-MG.


 


 


Treinador


 


Luiz Felipe Scolari - Demitido pela CBF após a Copa e muito criticado, o treinador de 69 anos encontrou a paz na China. Dirigiu o  Guangzhou Evergrande de 2015 a 2017, mas desde o fim do ano está sem clube.


Uns se recuperaram e outros caíram em desgraça. Nesta terça (27), quatro atletas que estiveram em campo no Mineirão reencontraram a Alemanha em Berlim.



Como o próprio técnico Tite definiu, a seleção brasileira enfrentou nesta terça-feira (27) o “fantasminha do dia 7 a 1”, no amistoso contra a Alemanha, no Estádio Olímpico de Berlim, a partir das 15h45. Quase quatro anos depois da tragédia do Mineirão, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, alguns atletas seguem bastante prestigiados, enquanto outros caíram em desgraça. E há aqueles que ainda tentam dar a volta por cima na seleção.



Dos atletas que atuaram em Belo Horizonte, quatro deles estaram em campo como titulares em Berlim: Marcelo, Fernandinho, Paulinho e Willian. Confira por onde andam os 23 jogadores do Brasil na última Copa do Mundo, e o impacto que a derrota teve em suas carreiras:



Os titulares



Júlio César - O goleiro de 38 anos voltou ao Flamengo para encerrar sua carreira. Desde o fim do Mundial no Brasil, o goleiro nunca mais foi chamado para a seleção brasileira.



Maicon - Após jogar pelo Avaí em 2017, o lateral direito de 36 anos está sem clube e não é chamado para vestir a camisa do Brasil desde o segundo semestre de 2014.



David Luiz - Um dos mais criticados na derrota para a Alemanha, o zagueiro de 30 anos do Chelsea voltou à seleção para os amistosos contra Austrália e Argentina em junho do ano passado, mas não foi mais convocado desde então. Na reserva do clube inglês, não tem chances de ir à Rússia.



Dante - O zagueiro de 34 anos não foi mais convocado. Antes da Copa, era destaque do Bayern de Munique. Depois, passou sem sucesso pelo Wolfsburg e hoje joga no Nice, da França.



Marcelo - O lateral-esquerdo de 29 anos do Real Madrid segue como titular e destaque da seleção. Apesar da atuação desastrosa no Mineirão, o ídolo do Real Madrid não foi um dos “crucificados” pelos 7 a 1.



Luiz Gustavo - O volante de 30 anos começou a ser esquecido após pedir dispensa da Copa América Centenário, no ano passado. Transferiu-se para o Olympique de Marselha, onde atua sem grande brilho.



PATROCINADORES

Fernandinho - O volante de 32 anos do Manchester City segue como uma das opções de Tite para a posição e será titular na partida desta terça-feira.



Oscar - O meia de 26 anos já foi convocado por Tite, mas não tem o mesmo prestígio de antes. Está no Shanghai SIPG, da China, sem chances de ir ao Mundial.



Hulk - O atacante de 31 anos era jogador de confiança de Dunga, e perdeu espaço após a saída do treinador gaúcho. É companheiro de equipe de Oscar na China.



Bernard - O nome do atacante de 25 anos sumiu das convocações após a Copa do Mundo. Escolhido para substituir o lesionado Neymar contra a Alemanha, Bernard caiu em desgraça, mas hoje vive bom momento no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.



Fred -  O atacante de 34 anos do Cruzeiro foi muito criticado ao longo da Copa de 2014, e perdeu espaço na seleção brasileira nos anos seguintes. Após se lesionar gravemente no último fim de semana, corre o risco de não atuar mais em 2018.



Reservas que entraram na partida



Paulinho - Jogador de confiança de Tite no Corinthians, o volante de 29 anos ganhou a mesma importância na seleção após a chegada do treinador. Está em boa fase no Barcelona. 



Ramires - O volante de 30 anos está no Jiangsu Suning, da China, e não foi mais convocado.



Willian - O meia de 29 anos do Chelsea é peça importante na equipe de Tite. Em ótima fase no clube inglês, vem ganhando espaço na equipe nacional e será novamente titular diante da Alemanha. 



Quem não atuou nos 7 a 1 



PATROCINADORES

Neymar - O camisa 10 do PSG, que não jogou contra a Alemanha devido a uma lesão nas costas contra a Colômbia, segue sendo o principal jogador da seleção e do futebol brasileiro. Mas novamente está lesionado e só deve voltar a atuar perto da Copa na Rússia. 



Thiago Silva - Suspenso, o então capitão também não jogou contra a Alemanha, mas foi um dos mais criticados devido ao fracasso da seleção brasileira no torneio. O zagueiro de 33 anos do Paris Saint-Germain, porém, é nome certo na Copa e será titular diante da Alemanha.



Daniel Alves - O lateral-direito de 34 anos é o atual titular da seleção e uma das peças mais importantes do time de Tite. É companheiro de Neymar e Thiago Silva no PSG.



Jô  - O atacante de 30 anos entrou em declínio após a Copa, mas teve seu nome novamente cogitado após brilhar intensamente no título Brasileiro do Corinthians em 2017. Atualmente joga no Nagoya Grampus, do Japão.



Hernanes - O meia de 32 anos não foi mais convocado. Fez um bom Campeonato Brasileiro pelo São Paulo e teve nome cogitado. Atualmente joga no Hebei China Fortune, da China.



Henrique - O zagueiro de 31 anos do Corinthians também deixou de ser lembrado pelos técnicos Dunga e Tite.



Maxwell - Aos 36 anos, se aposentou do futebol e transformou-se em diretor esportivo do PSG, clube que defendeu como lateral esquerdo.



Jefferson - O goleiro de 35 anos atualmente está na reserva do Botafogo. Chegou a ser titular da seleção após 2014, mas passou a ser preterido depois da derrota para o Chile por 2 a 0 na primeira rodada das Eliminatórias para a Copa de 2018.



Victor - Tem a mesma idade de Jefferson e também deixou de ser convocado nos últimos meses. No futebol brasileiro, segue como titular do Atlético-MG.



Treinador



Luiz Felipe Scolari - Demitido pela CBF após a Copa e muito criticado, o treinador de 69 anos encontrou a paz na China. Dirigiu o  Guangzhou Evergrande de 2015 a 2017, mas desde o fim do ano está sem clube.



Veja Também