news:

Esporte

Ronda Rousey nega que tenha se aposentado do MMA

Publicado por TV Minas em 29/03/2018

foto_principal.jpg

Ex-campeã do UFC ironiza declaração sobre possível aposentadoria.

 

Ex-campeã do peso galo do Ultimate Fighting Championship, Ronda Rousey negou que tenha deixado as artes marciais mistas definitivamente. Em recente entrevista, ‘Rowdy’ havia dito que as chances de voltar ao UFC seriam as mesmas de ela disputar novamente uma Olimpíada no judô. Agora estrela do WWE, a lutadora preferiu ironizar a pergunta sobre a aposentadoria do octógono.

 

Nunca disse isso (sobre aposentadoria do MMA). Existe a possibilidade de eu poder voltar no tempo? Esta é a sua pergunta para mim? Eu não tenho a habilidade de voltar no tempo, não”, declarou à ESPN norte-americana. 

 

Ronda Rousey se afastou do Ultimate depois da derrota para Amanda Nunes, em dezembro de 2016, com nocaute sofrido em apenas 48seg de luta. Na ocasião, ela tentava recuperar o cinturão do peso galo, perdido um ano antes, para Holly Holm, também em nocaute arrasador. Estas foram as duas únicas derrotas de ‘Rowdy’ em 14 combates no MMA. Medalhista olímpica no judô, ela teve sucesso em seis defesas de título no UFC. 

 

Aos 31 anos, Ronda aproveita a nova etapa da carreira e destaca o principal objetivo é brilhar no WWE. “É muito diferente e mais cansativo, porque eu não tenho que pensar em atingir o máximo do meu corpo. Eu, definitivamente, tenho muito a provar. Essa empresa é tão importante para tantas pessoas. Eles teriam todos os motivos para desconfiarem de mim, como se eu estivesse aqui somente para ganhar dinheiro ou alguma atenção, o que seja. Este não é o caso”, afirmou a norte-americana, que estreia na organização de pro-wrestling  em 8 de abril, no WrestleMania 34, em Nova Orleans.

Ex-campeã do UFC ironiza declaração sobre possível aposentadoria.


 


Ex-campeã do peso galo do Ultimate Fighting Championship, Ronda Rousey negou que tenha deixado as artes marciais mistas definitivamente. Em recente entrevista, ‘Rowdy’ havia dito que as chances de voltar ao UFC seriam as mesmas de ela disputar novamente uma Olimpíada no judô. Agora estrela do WWE, a lutadora preferiu ironizar a pergunta sobre a aposentadoria do octógono.


 


PATROCINADORES

Nunca disse isso (sobre aposentadoria do MMA). Existe a possibilidade de eu poder voltar no tempo? Esta é a sua pergunta para mim? Eu não tenho a habilidade de voltar no tempo, não”, declarou à ESPN norte-americana. 


 


Ronda Rousey se afastou do Ultimate depois da derrota para Amanda Nunes, em dezembro de 2016, com nocaute sofrido em apenas 48seg de luta. Na ocasião, ela tentava recuperar o cinturão do peso galo, perdido um ano antes, para Holly Holm, também em nocaute arrasador. Estas foram as duas únicas derrotas de ‘Rowdy’ em 14 combates no MMA. Medalhista olímpica no judô, ela teve sucesso em seis defesas de título no UFC. 


 


Aos 31 anos, Ronda aproveita a nova etapa da carreira e destaca o principal objetivo é brilhar no WWE. “É muito diferente e mais cansativo, porque eu não tenho que pensar em atingir o máximo do meu corpo. Eu, definitivamente, tenho muito a provar. Essa empresa é tão importante para tantas pessoas. Eles teriam todos os motivos para desconfiarem de mim, como se eu estivesse aqui somente para ganhar dinheiro ou alguma atenção, o que seja. Este não é o caso”, afirmou a norte-americana, que estreia na organização de pro-wrestling  em 8 de abril, no WrestleMania 34, em Nova Orleans.


Ex-campeã do UFC ironiza declaração sobre possível aposentadoria.



Ex-campeã do peso galo do Ultimate Fighting Championship, Ronda Rousey negou que tenha deixado as artes marciais mistas definitivamente. Em recente entrevista, ‘Rowdy’ havia dito que as chances de voltar ao UFC seriam as mesmas de ela disputar novamente uma Olimpíada no judô. Agora estrela do WWE, a lutadora preferiu ironizar a pergunta sobre a aposentadoria do octógono.



Nunca disse isso (sobre aposentadoria do MMA). Existe a possibilidade de eu poder voltar no tempo? Esta é a sua pergunta para mim? Eu não tenho a habilidade de voltar no tempo, não”, declarou à ESPN norte-americana. 



PATROCINADORES

Ronda Rousey se afastou do Ultimate depois da derrota para Amanda Nunes, em dezembro de 2016, com nocaute sofrido em apenas 48seg de luta. Na ocasião, ela tentava recuperar o cinturão do peso galo, perdido um ano antes, para Holly Holm, também em nocaute arrasador. Estas foram as duas únicas derrotas de ‘Rowdy’ em 14 combates no MMA. Medalhista olímpica no judô, ela teve sucesso em seis defesas de título no UFC. 



Aos 31 anos, Ronda aproveita a nova etapa da carreira e destaca o principal objetivo é brilhar no WWE. “É muito diferente e mais cansativo, porque eu não tenho que pensar em atingir o máximo do meu corpo. Eu, definitivamente, tenho muito a provar. Essa empresa é tão importante para tantas pessoas. Eles teriam todos os motivos para desconfiarem de mim, como se eu estivesse aqui somente para ganhar dinheiro ou alguma atenção, o que seja. Este não é o caso”, afirmou a norte-americana, que estreia na organização de pro-wrestling  em 8 de abril, no WrestleMania 34, em Nova Orleans.



Veja Também