news:

Esporte

Jesus teria recusado proposta de renovação feita pelo City, diz jornal

Publicado por TV Minas em 02/04/2018

foto_principal.jpg

Gabriel Jesus já teve as conversas iniciadas com o Manchester City pela renovação de seu contrato, que prevê um aumento salarial e um prolongamento do vínculo com o clube. No entanto, segundo publicação do jornal britânico Daily Mail, a primeira proposta dos ingleses teria sido recusada pelo jogador e seus agentes, que gostariam de negociar os novos termos somente após a Copa do Mundo, que tem início em junho, na Rússia.

 

A oferta dos Citizens teria girado em torno de 90 mil libras (cerca de R$ 424 mil) semanais ao atacante, que atualmente recebe 65 mil libras (R$ 306 mil) durante o mesmo período. O vínculo atual do brasileiro tem duração prevista para até junho de 2022, uma temporada a menos do que o novo acordo, que duraria até junho de 2023. Os empresários do atleta de 20 anos não se satisfariam com bases salariais menores do que 100 mil libras semanais.

 

Caso Jesus tenha um bom desempenho com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, assim como no restante da temporada com o City, que deve confirmar o título Inglês em breve e ainda disputa a Liga dos Campeões, o clube provavelmente arcaria com suas exigências. Caso contrário, o jogador teria de se contentar com bases inferiores às de seu interesse. Todavia, o Daily Mail afirma que as perspectivas para que a negociação tenha um final feliz para ambas as partes são grandes.

 

O brasileiro custou R$ 121 milhões aos cofres do time de Manchester, que o contratou junto ao Palmeiras, ainda em 2016. São 18 gols marcados em 43 jogos disputados, que o fizeram se tornar um dos jogadores mais queridos pela torcida do clube.

Gabriel Jesus já teve as conversas iniciadas com o Manchester City pela renovação de seu contrato, que prevê um aumento salarial e um prolongamento do vínculo com o clube. No entanto, segundo publicação do jornal britânico Daily Mail, a primeira proposta dos ingleses teria sido recusada pelo jogador e seus agentes, que gostariam de negociar os novos termos somente após a Copa do Mundo, que tem início em junho, na Rússia.


 


A oferta dos Citizens teria girado em torno de 90 mil libras (cerca de R$ 424 mil) semanais ao atacante, que atualmente recebe 65 mil libras (R$ 306 mil) durante o mesmo período. O vínculo atual do brasileiro tem duração prevista para até junho de 2022, uma temporada a menos do que o novo acordo, que duraria até junho de 2023. Os empresários do atleta de 20 anos não se satisfariam com bases salariais menores do que 100 mil libras semanais.


PATROCINADORES

 


Caso Jesus tenha um bom desempenho com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, assim como no restante da temporada com o City, que deve confirmar o título Inglês em breve e ainda disputa a Liga dos Campeões, o clube provavelmente arcaria com suas exigências. Caso contrário, o jogador teria de se contentar com bases inferiores às de seu interesse. Todavia, o Daily Mail afirma que as perspectivas para que a negociação tenha um final feliz para ambas as partes são grandes.


 


O brasileiro custou R$ 121 milhões aos cofres do time de Manchester, que o contratou junto ao Palmeiras, ainda em 2016. São 18 gols marcados em 43 jogos disputados, que o fizeram se tornar um dos jogadores mais queridos pela torcida do clube.


Gabriel Jesus já teve as conversas iniciadas com o Manchester City pela renovação de seu contrato, que prevê um aumento salarial e um prolongamento do vínculo com o clube. No entanto, segundo publicação do jornal britânico Daily Mail, a primeira proposta dos ingleses teria sido recusada pelo jogador e seus agentes, que gostariam de negociar os novos termos somente após a Copa do Mundo, que tem início em junho, na Rússia.



A oferta dos Citizens teria girado em torno de 90 mil libras (cerca de R$ 424 mil) semanais ao atacante, que atualmente recebe 65 mil libras (R$ 306 mil) durante o mesmo período. O vínculo atual do brasileiro tem duração prevista para até junho de 2022, uma temporada a menos do que o novo acordo, que duraria até junho de 2023. Os empresários do atleta de 20 anos não se satisfariam com bases salariais menores do que 100 mil libras semanais.



Caso Jesus tenha um bom desempenho com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, assim como no restante da temporada com o City, que deve confirmar o título Inglês em breve e ainda disputa a Liga dos Campeões, o clube provavelmente arcaria com suas exigências. Caso contrário, o jogador teria de se contentar com bases inferiores às de seu interesse. Todavia, o Daily Mail afirma que as perspectivas para que a negociação tenha um final feliz para ambas as partes são grandes.



PATROCINADORES

O brasileiro custou R$ 121 milhões aos cofres do time de Manchester, que o contratou junto ao Palmeiras, ainda em 2016. São 18 gols marcados em 43 jogos disputados, que o fizeram se tornar um dos jogadores mais queridos pela torcida do clube.



Veja Também