news:

Ciência & Tecnologia

Novos neurônios são produzidos ao longo de toda a vida, sugere estudo

Publicado por TV Minas em 09/04/2018

foto_principal.jpg

Ao contrário do que se imaginava, pesquisadores mostram que células nervosas não param de ser produzidas enquanto você envelhece.

 

Ao contrário do que os cientistas pensavam, o seu cérebro não para de produzir neurônios a partir de uma certa idade. Em artigo publicado na Cell Stem Cell, pesquisadores dos Estados Unidos e da Macedônia afirmam que essas células nervosas são produzidas continuamente ao longo de toda a vida.

 

“Nós descobrimos que pessoas mais velhas têm uma habilidade de produzir milhares de novos neurônios no hipocampo similar a de pessoas mais novas,” afirma Maura Boldrini, professora associada de neurologia da Universidade de Columbia, Estados Unidos. “Nós também encontramos volumes equivalentes do hipocampo ao longo das idades.”

 

Apesar disso, os neurocientistas observaram que, com o passar do tempo, os vasos sanguíneos, marcadores de proteínas (que indicam a habilidade do cérebro de formar novas conexões entre as células) e células progenitoras (que podem se transformar em células-alvo específicas) diminuem no hipocampo.

 

Para chegar a esta conclusão, os neurocientistas fizeram a autópsia de 28 cérebros congelados de homens e mulheres saudáveis entre 14 e 79 anos, que sofreram morte súbita e não apresentavam cognição debilitada.

 

Os pesquisadores estudaram especialmente a região do giro denteado do hipocampo, uma área relacionada à formação da memória, dentre outras tarefas.

 

Estudos que afirmam o contrário deste artigo também têm sido publicados recentemente. Para Boldrini, os diferentes resultados entre as pesquisas são consequência dos diferentes métodos de preservação de cérebros usados pelos estudiosos.

 

No mês passado, um artigo publicado na Nature mostrou como células do hipocampo param de regenerar a partir dos 13 anos. Outro estudo, realizado em 2013, sugere que cerca de 700 neurônios são criados no hipocampo por dia.

Ao contrário do que se imaginava, pesquisadores mostram que células nervosas não param de ser produzidas enquanto você envelhece.


 


Ao contrário do que os cientistas pensavam, o seu cérebro não para de produzir neurônios a partir de uma certa idade. Em artigo publicado na Cell Stem Cell, pesquisadores dos Estados Unidos e da Macedônia afirmam que essas células nervosas são produzidas continuamente ao longo de toda a vida.


 


“Nós descobrimos que pessoas mais velhas têm uma habilidade de produzir milhares de novos neurônios no hipocampo similar a de pessoas mais novas,” afirma Maura Boldrini, professora associada de neurologia da Universidade de Columbia, Estados Unidos. “Nós também encontramos volumes equivalentes do hipocampo ao longo das idades.”


 


Apesar disso, os neurocientistas observaram que, com o passar do tempo, os vasos sanguíneos, marcadores de proteínas (que indicam a habilidade do cérebro de formar novas conexões entre as células) e células progenitoras (que podem se transformar em células-alvo específicas) diminuem no hipocampo.


PATROCINADORES

 


Para chegar a esta conclusão, os neurocientistas fizeram a autópsia de 28 cérebros congelados de homens e mulheres saudáveis entre 14 e 79 anos, que sofreram morte súbita e não apresentavam cognição debilitada.


 


Os pesquisadores estudaram especialmente a região do giro denteado do hipocampo, uma área relacionada à formação da memória, dentre outras tarefas.


 


Estudos que afirmam o contrário deste artigo também têm sido publicados recentemente. Para Boldrini, os diferentes resultados entre as pesquisas são consequência dos diferentes métodos de preservação de cérebros usados pelos estudiosos.


 


No mês passado, um artigo publicado na Nature mostrou como células do hipocampo param de regenerar a partir dos 13 anos. Outro estudo, realizado em 2013, sugere que cerca de 700 neurônios são criados no hipocampo por dia.


Ao contrário do que se imaginava, pesquisadores mostram que células nervosas não param de ser produzidas enquanto você envelhece.



Ao contrário do que os cientistas pensavam, o seu cérebro não para de produzir neurônios a partir de uma certa idade. Em artigo publicado na Cell Stem Cell, pesquisadores dos Estados Unidos e da Macedônia afirmam que essas células nervosas são produzidas continuamente ao longo de toda a vida.



“Nós descobrimos que pessoas mais velhas têm uma habilidade de produzir milhares de novos neurônios no hipocampo similar a de pessoas mais novas,” afirma Maura Boldrini, professora associada de neurologia da Universidade de Columbia, Estados Unidos. “Nós também encontramos volumes equivalentes do hipocampo ao longo das idades.”



PATROCINADORES

Apesar disso, os neurocientistas observaram que, com o passar do tempo, os vasos sanguíneos, marcadores de proteínas (que indicam a habilidade do cérebro de formar novas conexões entre as células) e células progenitoras (que podem se transformar em células-alvo específicas) diminuem no hipocampo.



Para chegar a esta conclusão, os neurocientistas fizeram a autópsia de 28 cérebros congelados de homens e mulheres saudáveis entre 14 e 79 anos, que sofreram morte súbita e não apresentavam cognição debilitada.



PATROCINADORES

Os pesquisadores estudaram especialmente a região do giro denteado do hipocampo, uma área relacionada à formação da memória, dentre outras tarefas.



Estudos que afirmam o contrário deste artigo também têm sido publicados recentemente. Para Boldrini, os diferentes resultados entre as pesquisas são consequência dos diferentes métodos de preservação de cérebros usados pelos estudiosos.



No mês passado, um artigo publicado na Nature mostrou como células do hipocampo param de regenerar a partir dos 13 anos. Outro estudo, realizado em 2013, sugere que cerca de 700 neurônios são criados no hipocampo por dia.



Veja Também