news:

Sul de Minas

Ambulantes questionam saída imposta por prefeitura no centro de Varginha

Publicado por TV Minas em 12/04/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Notificação determina que ambulantes saiam das ruas até o dia 2 de maio, para início da revitalização.

 

Uma decisão da prefeitura de Varginha tem gerado questionamentos dos vendedores ambulantes da cidade. A administração municipal emitiu uma notificação, que determina a saída dos vendedores ambulantes da área central até o dia 2 de maio. A justificativa é a obra para revitalização do Centro da cidade.

 

As obras são para melhorar o espaço para pedestres e comércio. Segundo o responsável pelo setor de fiscalização e posturas da prefeitura, Érik Marques, não há como iniciar os trabalhos com os vendedores no local. “Eles vão ter que sair pra executar as obras. Então é uma decisão discricionária, a administração entende que seria melhor assim”.

 

A notícia foi recebida com surpresa por alguns ambulantes. “O fiscal veio trazer a notificação, eu assinei pra ele. Mas isso aí está complicado, a gente trabalha aqui, a gente tem amizades, já fez o ponto aqui de muito tempo. É o ganha pão nosso”, explica o vendedor Lúcio Antônio Ribeiro.

 

O número de vendedores nas ruas aumentou em 50% desde dezembro de 2017. A informação é do setor de posturas da prefeitura de Varginha. Alguns deles não têm autorização para trabalhar.

 

Um abaixo-assinado foi feito a favor dos ambulantes, que afirmam não ser contra a revitalização do Centro. “Em oito dias, conseguimos 5 mil assinaturas. A gente queria ser ouvido, sentar, dialogar, vamos resolver com bom senso dos dois lados. A gente se sentiu excluído”, conta a representante dos ambulantes, Eléia de Souza Branquinho.

 

A administração disse que tem a intenção de encontrar um local adequado para os vendedores ambulantes. Uma reunião está prevista na tarde desta quinta-feira (12), entre representantes do município e dos ambulantes, para discutir a situação.

Matéria extraída do G1


 


Notificação determina que ambulantes saiam das ruas até o dia 2 de maio, para início da revitalização.


 


Uma decisão da prefeitura de Varginha tem gerado questionamentos dos vendedores ambulantes da cidade. A administração municipal emitiu uma notificação, que determina a saída dos vendedores ambulantes da área central até o dia 2 de maio. A justificativa é a obra para revitalização do Centro da cidade.


 


As obras são para melhorar o espaço para pedestres e comércio. Segundo o responsável pelo setor de fiscalização e posturas da prefeitura, Érik Marques, não há como iniciar os trabalhos com os vendedores no local. “Eles vão ter que sair pra executar as obras. Então é uma decisão discricionária, a administração entende que seria melhor assim”.


PATROCINADORES

 


A notícia foi recebida com surpresa por alguns ambulantes. “O fiscal veio trazer a notificação, eu assinei pra ele. Mas isso aí está complicado, a gente trabalha aqui, a gente tem amizades, já fez o ponto aqui de muito tempo. É o ganha pão nosso”, explica o vendedor Lúcio Antônio Ribeiro.


 


O número de vendedores nas ruas aumentou em 50% desde dezembro de 2017. A informação é do setor de posturas da prefeitura de Varginha. Alguns deles não têm autorização para trabalhar.


 


Um abaixo-assinado foi feito a favor dos ambulantes, que afirmam não ser contra a revitalização do Centro. “Em oito dias, conseguimos 5 mil assinaturas. A gente queria ser ouvido, sentar, dialogar, vamos resolver com bom senso dos dois lados. A gente se sentiu excluído”, conta a representante dos ambulantes, Eléia de Souza Branquinho.


 


A administração disse que tem a intenção de encontrar um local adequado para os vendedores ambulantes. Uma reunião está prevista na tarde desta quinta-feira (12), entre representantes do município e dos ambulantes, para discutir a situação.


Matéria extraída do G1



Notificação determina que ambulantes saiam das ruas até o dia 2 de maio, para início da revitalização.



Uma decisão da prefeitura de Varginha tem gerado questionamentos dos vendedores ambulantes da cidade. A administração municipal emitiu uma notificação, que determina a saída dos vendedores ambulantes da área central até o dia 2 de maio. A justificativa é a obra para revitalização do Centro da cidade.



PATROCINADORES

As obras são para melhorar o espaço para pedestres e comércio. Segundo o responsável pelo setor de fiscalização e posturas da prefeitura, Érik Marques, não há como iniciar os trabalhos com os vendedores no local. “Eles vão ter que sair pra executar as obras. Então é uma decisão discricionária, a administração entende que seria melhor assim”.



A notícia foi recebida com surpresa por alguns ambulantes. “O fiscal veio trazer a notificação, eu assinei pra ele. Mas isso aí está complicado, a gente trabalha aqui, a gente tem amizades, já fez o ponto aqui de muito tempo. É o ganha pão nosso”, explica o vendedor Lúcio Antônio Ribeiro.



PATROCINADORES

O número de vendedores nas ruas aumentou em 50% desde dezembro de 2017. A informação é do setor de posturas da prefeitura de Varginha. Alguns deles não têm autorização para trabalhar.



Um abaixo-assinado foi feito a favor dos ambulantes, que afirmam não ser contra a revitalização do Centro. “Em oito dias, conseguimos 5 mil assinaturas. A gente queria ser ouvido, sentar, dialogar, vamos resolver com bom senso dos dois lados. A gente se sentiu excluído”, conta a representante dos ambulantes, Eléia de Souza Branquinho.



A administração disse que tem a intenção de encontrar um local adequado para os vendedores ambulantes. Uma reunião está prevista na tarde desta quinta-feira (12), entre representantes do município e dos ambulantes, para discutir a situação.



Veja Também