news:

Sul de Minas

Sobe para 15 o número de mortes confirmadas de febre amarela no Sul de MG

Publicado por TV Minas em 18/04/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Novo boletim também confirma macaco morto pela doença em Muzambinho.

 

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nesta terça-feira (17) confirmou mais duas mortes por febre amarela no Sul de Minas. Com isso, o número de mortes pela doença na região subiu para 15.

 

Os casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Com a divulgação dos novos dados, São Tomé passa a ter dois óbitos de moradores pela doença e um caso de um turista de São Paulo. Na cidade, além das mortes, houve 7 casos confirmados de febre amarela. Já em Baependi, é a primeira morte confirmada.

 

Outra novidade do boletim epidemiológico é a confirmação de um novo caso em Jacutinga, mas que não evoluiu para morte.

 

Assim, com as 15 mortes, sobe para 32 o número de casos confirmados de febre amarela no Sul de Minas. Em todo o estado, o número de casos subiu para 467, com 155 mortes.

 

 

Mortes em macacos

 

No novo relatório, a presença do vírus foi confirmada em um macaco morto em Muzambinho (MG). Ele foi encontrado no mês de fevereiro e, desde então, o município aguardava o resultado dos exames.

 

Agora, ao todo, são oito macacos com mortes confirmadas de febre amarela na região.

 

 

Mortes confirmadas (15):

 

  • 1 morador de Poço Fundo
  • 1 turista de São Paulo que esteve em São Tomé das Letras
  • 2 moradores de São Tomé das Letras
  • 1 morador de Aguanil
  • 1 morador de Paraisópolis
  • 4 moradores de Conceição dos Ouros
  • 1 morador de Brazópolis
  • 1 morador de Carmo da Cachoeira
  • 1 morador de Sapucaí-Mirim
  • 1 morador de Coqueiral
  • 1 morador de Baependi

 

 

Casos confirmados sem morte (17):

 

  • 1 turista de São Paulo que esteve em Poços de Caldas
  • 1 em São Sebastião da Bela Vista
  • 1 em Consolação
  • 7 em São Tomé das Letras
  • 1 em São Gonçalo do Sapucaí
  • 1 em Natércia
  • 1 em Santa Rita do Sapucaí
  • 1 em Lambari
  • 1 em Paraisópolis
  • 1 em Cambuquira
  • 1 em Jacutinga

Matéria extraída do G1


 


Casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Novo boletim também confirma macaco morto pela doença em Muzambinho.


 


O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nesta terça-feira (17) confirmou mais duas mortes por febre amarela no Sul de Minas. Com isso, o número de mortes pela doença na região subiu para 15.


 


Os casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Com a divulgação dos novos dados, São Tomé passa a ter dois óbitos de moradores pela doença e um caso de um turista de São Paulo. Na cidade, além das mortes, houve 7 casos confirmados de febre amarela. Já em Baependi, é a primeira morte confirmada.


 


Outra novidade do boletim epidemiológico é a confirmação de um novo caso em Jacutinga, mas que não evoluiu para morte.


 


Assim, com as 15 mortes, sobe para 32 o número de casos confirmados de febre amarela no Sul de Minas. Em todo o estado, o número de casos subiu para 467, com 155 mortes.


 


 


PATROCINADORES

Mortes em macacos


 


No novo relatório, a presença do vírus foi confirmada em um macaco morto em Muzambinho (MG). Ele foi encontrado no mês de fevereiro e, desde então, o município aguardava o resultado dos exames.


 


Agora, ao todo, são oito macacos com mortes confirmadas de febre amarela na região.


 


 


Mortes confirmadas (15):


 

  • 1 morador de Poço Fundo
  • 1 turista de São Paulo que esteve em São Tomé das Letras
  • 2 moradores de São Tomé das Letras
  • 1 morador de Aguanil
  • 1 morador de Paraisópolis
  • 4 moradores de Conceição dos Ouros
  • 1 morador de Brazópolis
  • 1 morador de Carmo da Cachoeira
  • 1 morador de Sapucaí-Mirim
  • 1 morador de Coqueiral
  • 1 morador de Baependi

 


 


Casos confirmados sem morte (17):


 

  • 1 turista de São Paulo que esteve em Poços de Caldas
  • 1 em São Sebastião da Bela Vista
  • 1 em Consolação
  • 7 em São Tomé das Letras
  • 1 em São Gonçalo do Sapucaí
  • 1 em Natércia
  • 1 em Santa Rita do Sapucaí
  • 1 em Lambari
  • 1 em Paraisópolis
  • 1 em Cambuquira
  • 1 em Jacutinga

Matéria extraída do G1



Casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Novo boletim também confirma macaco morto pela doença em Muzambinho.



O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nesta terça-feira (17) confirmou mais duas mortes por febre amarela no Sul de Minas. Com isso, o número de mortes pela doença na região subiu para 15.



Os casos foram registrados em Baependi e São Tomé das Letras. Com a divulgação dos novos dados, São Tomé passa a ter dois óbitos de moradores pela doença e um caso de um turista de São Paulo. Na cidade, além das mortes, houve 7 casos confirmados de febre amarela. Já em Baependi, é a primeira morte confirmada.



PATROCINADORES

Outra novidade do boletim epidemiológico é a confirmação de um novo caso em Jacutinga, mas que não evoluiu para morte.



Assim, com as 15 mortes, sobe para 32 o número de casos confirmados de febre amarela no Sul de Minas. Em todo o estado, o número de casos subiu para 467, com 155 mortes.



Mortes em macacos



No novo relatório, a presença do vírus foi confirmada em um macaco morto em Muzambinho (MG). Ele foi encontrado no mês de fevereiro e, desde então, o município aguardava o resultado dos exames.



PATROCINADORES

Agora, ao todo, são oito macacos com mortes confirmadas de febre amarela na região.



Mortes confirmadas (15):



 

  • 1 morador de Poço Fundo
  • 1 turista de São Paulo que esteve em São Tomé das Letras
  • 2 moradores de São Tomé das Letras
  • 1 morador de Aguanil
  • 1 morador de Paraisópolis
  • 4 moradores de Conceição dos Ouros
  • 1 morador de Brazópolis
  • 1 morador de Carmo da Cachoeira
  • 1 morador de Sapucaí-Mirim
  • 1 morador de Coqueiral
  • 1 morador de Baependi


Casos confirmados sem morte (17):



 

  • 1 turista de São Paulo que esteve em Poços de Caldas
  • 1 em São Sebastião da Bela Vista
  • 1 em Consolação
  • 7 em São Tomé das Letras
  • 1 em São Gonçalo do Sapucaí
  • 1 em Natércia
  • 1 em Santa Rita do Sapucaí
  • 1 em Lambari
  • 1 em Paraisópolis
  • 1 em Cambuquira
  • 1 em Jacutinga


Veja Também