news:

Notícias

Papa envia vídeo de incentivo a jovens cubanos

Publicado por TV Minas em 21/04/2018

foto_principal.jpg

Francisco enviou uma mensagem de vídeo à pastoral juvenil em Havana.

 

O Papa Francisco pediu aos jovens cubanos que construam a Igreja no país "de hoje e do futuro", assim como a pátria cubana, em uma mensagem de vídeo enviada à pastoral juvenil em Havana.

 

Cuba iniciou uma nova era em seis décadas de revolução: o general Raúl Castro, de 86 anos, transmitiu a Presidência a Miguel Díaz-Canel, um civil quase 30 anos mais novo e comprometido a dar continuidade ao legado de seus antecessores e a reformar o modelo econômico socialista.

 

Em sua mensagem, difundida pelo Vaticano coincindo com esse momento histórico na ilha, Francisco disse aos jovens cubanos que eles não estão sós e os convidou a seguir sempre adiante, desejando coragem.

 

"Eu os animo a se apaixonar por Jesus e a ter um compromisso cada vez mais concreto com o serviço da Igreja nesta Cuba concreta de hoje, sem medo de ouvir o chamado de Deus nas situações que vão se apresentando todos os dias", declarou o Papa, dirigindo-se à juventude cubana.

 

"Bons patriotas, amem sua terra, amem sua pátria! Sejam generosos e abram seu coração ao Senhor!", acrescentou o Pontífice, desejando que a Jornada Mundial da Juventude no Panamá e a de Santiago em Cuba sejam uma "oportunidade para aprofundar os processos de fe dé cada uno e para construir a Igreja cubana de hoje e de amanhã, a pátria cubana de hoje e de amanhã".

Francisco enviou uma mensagem de vídeo à pastoral juvenil em Havana.


 


O Papa Francisco pediu aos jovens cubanos que construam a Igreja no país "de hoje e do futuro", assim como a pátria cubana, em uma mensagem de vídeo enviada à pastoral juvenil em Havana.


 


Cuba iniciou uma nova era em seis décadas de revolução: o general Raúl Castro, de 86 anos, transmitiu a Presidência a Miguel Díaz-Canel, um civil quase 30 anos mais novo e comprometido a dar continuidade ao legado de seus antecessores e a reformar o modelo econômico socialista.


PATROCINADORES

 


Em sua mensagem, difundida pelo Vaticano coincindo com esse momento histórico na ilha, Francisco disse aos jovens cubanos que eles não estão sós e os convidou a seguir sempre adiante, desejando coragem.


 


"Eu os animo a se apaixonar por Jesus e a ter um compromisso cada vez mais concreto com o serviço da Igreja nesta Cuba concreta de hoje, sem medo de ouvir o chamado de Deus nas situações que vão se apresentando todos os dias", declarou o Papa, dirigindo-se à juventude cubana.


 


"Bons patriotas, amem sua terra, amem sua pátria! Sejam generosos e abram seu coração ao Senhor!", acrescentou o Pontífice, desejando que a Jornada Mundial da Juventude no Panamá e a de Santiago em Cuba sejam uma "oportunidade para aprofundar os processos de fe dé cada uno e para construir a Igreja cubana de hoje e de amanhã, a pátria cubana de hoje e de amanhã".


Francisco enviou uma mensagem de vídeo à pastoral juvenil em Havana.



O Papa Francisco pediu aos jovens cubanos que construam a Igreja no país "de hoje e do futuro", assim como a pátria cubana, em uma mensagem de vídeo enviada à pastoral juvenil em Havana.



Cuba iniciou uma nova era em seis décadas de revolução: o general Raúl Castro, de 86 anos, transmitiu a Presidência a Miguel Díaz-Canel, um civil quase 30 anos mais novo e comprometido a dar continuidade ao legado de seus antecessores e a reformar o modelo econômico socialista.



PATROCINADORES

Em sua mensagem, difundida pelo Vaticano coincindo com esse momento histórico na ilha, Francisco disse aos jovens cubanos que eles não estão sós e os convidou a seguir sempre adiante, desejando coragem.



"Eu os animo a se apaixonar por Jesus e a ter um compromisso cada vez mais concreto com o serviço da Igreja nesta Cuba concreta de hoje, sem medo de ouvir o chamado de Deus nas situações que vão se apresentando todos os dias", declarou o Papa, dirigindo-se à juventude cubana.



"Bons patriotas, amem sua terra, amem sua pátria! Sejam generosos e abram seu coração ao Senhor!", acrescentou o Pontífice, desejando que a Jornada Mundial da Juventude no Panamá e a de Santiago em Cuba sejam uma "oportunidade para aprofundar os processos de fe dé cada uno e para construir a Igreja cubana de hoje e de amanhã, a pátria cubana de hoje e de amanhã".



Veja Também