news:

Notícias

Atirador abre fogo em lanchonete nos EUA e deixa 4 mortos

Publicado por TV Minas em 22/04/2018

foto_principal.jpg

Homem entrou no estabelecimento de Nashville na madrugada de domingo e saiu atirando. A polícia local diz que identificou o suspeito.

 

Um homem completamente nu e armado com um rifle semi automático abriu fogo contra os frequentadores de uma loja da rede Waffle House em Nashville, nos Estados Unidos. O tiroteio ocorreu às 3h25 (5h25 horário de Brasília). O suspeito foi identificado como Travis Reinking, de 29 anos.

 

Segundo testemunhas, o suspeito já chegou atirando no restaurante. Um dos fregueses entrou em luta corporal com o assassino e arrancou o rifle de suas mãos. Ao ser desarmado, ele fugiu a pé. As suspeitas sobre Reinking são fortes porque o veículo com o qual ele chegou ao restaurante está registrado em seu nome.

 

O autor dos disparos estava armado com um rifle AR-15, arma que traz uma triste familiaridade com atentados dessa categoria. As 58 mortes em Las Vegas, em outubro do ano passado, e as 17 vítimas numa escola na Flórida, em fevereiro, também foram assassinadas por rifles AR-15.

 

Segundo autoridades americanas, Reinking foi identificado como o mesmo jovem que entrou em uma área restrita próxima à Casa Branca em 2017 carregando quatro armas, incluindo a que teria sido utilizada neste domingo.

 

Segundo o porta-voz do departamento de polícia da Nashville, Don Aaron, a permissão do suspeito para portar armas havia sido revogada pelo FBI após o primeiro incidente e os rifles foram entregues ao pai do jovem.

Homem entrou no estabelecimento de Nashville na madrugada de domingo e saiu atirando. A polícia local diz que identificou o suspeito.


 


Um homem completamente nu e armado com um rifle semi automático abriu fogo contra os frequentadores de uma loja da rede Waffle House em Nashville, nos Estados Unidos. O tiroteio ocorreu às 3h25 (5h25 horário de Brasília). O suspeito foi identificado como Travis Reinking, de 29 anos.


 


Segundo testemunhas, o suspeito já chegou atirando no restaurante. Um dos fregueses entrou em luta corporal com o assassino e arrancou o rifle de suas mãos. Ao ser desarmado, ele fugiu a pé. As suspeitas sobre Reinking são fortes porque o veículo com o qual ele chegou ao restaurante está registrado em seu nome.


PATROCINADORES

 


O autor dos disparos estava armado com um rifle AR-15, arma que traz uma triste familiaridade com atentados dessa categoria. As 58 mortes em Las Vegas, em outubro do ano passado, e as 17 vítimas numa escola na Flórida, em fevereiro, também foram assassinadas por rifles AR-15.


 


Segundo autoridades americanas, Reinking foi identificado como o mesmo jovem que entrou em uma área restrita próxima à Casa Branca em 2017 carregando quatro armas, incluindo a que teria sido utilizada neste domingo.


 


Segundo o porta-voz do departamento de polícia da Nashville, Don Aaron, a permissão do suspeito para portar armas havia sido revogada pelo FBI após o primeiro incidente e os rifles foram entregues ao pai do jovem.


Homem entrou no estabelecimento de Nashville na madrugada de domingo e saiu atirando. A polícia local diz que identificou o suspeito.



Um homem completamente nu e armado com um rifle semi automático abriu fogo contra os frequentadores de uma loja da rede Waffle House em Nashville, nos Estados Unidos. O tiroteio ocorreu às 3h25 (5h25 horário de Brasília). O suspeito foi identificado como Travis Reinking, de 29 anos.



Segundo testemunhas, o suspeito já chegou atirando no restaurante. Um dos fregueses entrou em luta corporal com o assassino e arrancou o rifle de suas mãos. Ao ser desarmado, ele fugiu a pé. As suspeitas sobre Reinking são fortes porque o veículo com o qual ele chegou ao restaurante está registrado em seu nome.



PATROCINADORES

O autor dos disparos estava armado com um rifle AR-15, arma que traz uma triste familiaridade com atentados dessa categoria. As 58 mortes em Las Vegas, em outubro do ano passado, e as 17 vítimas numa escola na Flórida, em fevereiro, também foram assassinadas por rifles AR-15.



Segundo autoridades americanas, Reinking foi identificado como o mesmo jovem que entrou em uma área restrita próxima à Casa Branca em 2017 carregando quatro armas, incluindo a que teria sido utilizada neste domingo.



Segundo o porta-voz do departamento de polícia da Nashville, Don Aaron, a permissão do suspeito para portar armas havia sido revogada pelo FBI após o primeiro incidente e os rifles foram entregues ao pai do jovem.



Veja Também