news:

Notícias

Incêndio em poço ilegal de petróleo deixa 18 mortos na Indonésia

Publicado por TV Minas em 26/04/2018

foto_principal.jpg

Fogo começou depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo.

 

Um incêndio atingiu um poço ilegal de petróleo na Indonésia nesta quarta-feira, matando ao menos 18 pessoas e deixando 41 feridas, depois que uma multidão tentou recuperar o petróleo que transbordou, disseram autoridades.

 

Bombeiros tentaram durante o dia inteiro combater o fogo do incêndio ocorrido na província de Aceh, no noroeste do país, e ainda trabalhavam ao anoitecer.

 

As chamas alcançaram uma altura superior a casas e árvores, e os bombeiros isolaram a área enquanto moradores observavam, segundo Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da agência de combate a desastres da Indonésia.

 

O fogo começou nas primeiras horas desta quarta-feira, depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo, de acordo com a agência.

 

Dezenas de pessoas foram levadas a hospitais da capital da província, Banda Aceh, várias horas depois, disse a agência, acrescentando que a petroleira estatal Pertamina estava fornecendo equipamento para ajudar a combater o fogo.

 

“Essa é uma exploração ilegal”, disse Roberth MV Dumatubun, porta-voz da PT Pertamina EP, subsidiária de petroleira estatal indonésia Pertamina. “Era um poço aberto e administrado por moradores. Incidentes como esse são prováveis de acontecer porque as pessoas não prestam atenção a elementos de segurança.”

 

O chefe de polícia da região, Wahyu Kuncoro, disse que o poço provavelmente era explorado de forma ilegal, e que o fogo pode ter começado porque alguém estaria fumando um cigarro.

Fogo começou depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo.


 


Um incêndio atingiu um poço ilegal de petróleo na Indonésia nesta quarta-feira, matando ao menos 18 pessoas e deixando 41 feridas, depois que uma multidão tentou recuperar o petróleo que transbordou, disseram autoridades.


 


Bombeiros tentaram durante o dia inteiro combater o fogo do incêndio ocorrido na província de Aceh, no noroeste do país, e ainda trabalhavam ao anoitecer.


 


As chamas alcançaram uma altura superior a casas e árvores, e os bombeiros isolaram a área enquanto moradores observavam, segundo Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da agência de combate a desastres da Indonésia.


PATROCINADORES

 


O fogo começou nas primeiras horas desta quarta-feira, depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo, de acordo com a agência.


 


Dezenas de pessoas foram levadas a hospitais da capital da província, Banda Aceh, várias horas depois, disse a agência, acrescentando que a petroleira estatal Pertamina estava fornecendo equipamento para ajudar a combater o fogo.


 


“Essa é uma exploração ilegal”, disse Roberth MV Dumatubun, porta-voz da PT Pertamina EP, subsidiária de petroleira estatal indonésia Pertamina. “Era um poço aberto e administrado por moradores. Incidentes como esse são prováveis de acontecer porque as pessoas não prestam atenção a elementos de segurança.”


 


O chefe de polícia da região, Wahyu Kuncoro, disse que o poço provavelmente era explorado de forma ilegal, e que o fogo pode ter começado porque alguém estaria fumando um cigarro.


Fogo começou depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo.



Um incêndio atingiu um poço ilegal de petróleo na Indonésia nesta quarta-feira, matando ao menos 18 pessoas e deixando 41 feridas, depois que uma multidão tentou recuperar o petróleo que transbordou, disseram autoridades.



Bombeiros tentaram durante o dia inteiro combater o fogo do incêndio ocorrido na província de Aceh, no noroeste do país, e ainda trabalhavam ao anoitecer.



PATROCINADORES

As chamas alcançaram uma altura superior a casas e árvores, e os bombeiros isolaram a área enquanto moradores observavam, segundo Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da agência de combate a desastres da Indonésia.



O fogo começou nas primeiras horas desta quarta-feira, depois que um campo de 250 metros de profundidade transbordou e moradores se reuniram para recolher o petróleo, de acordo com a agência.



PATROCINADORES

Dezenas de pessoas foram levadas a hospitais da capital da província, Banda Aceh, várias horas depois, disse a agência, acrescentando que a petroleira estatal Pertamina estava fornecendo equipamento para ajudar a combater o fogo.



“Essa é uma exploração ilegal”, disse Roberth MV Dumatubun, porta-voz da PT Pertamina EP, subsidiária de petroleira estatal indonésia Pertamina. “Era um poço aberto e administrado por moradores. Incidentes como esse são prováveis de acontecer porque as pessoas não prestam atenção a elementos de segurança.”



O chefe de polícia da região, Wahyu Kuncoro, disse que o poço provavelmente era explorado de forma ilegal, e que o fogo pode ter começado porque alguém estaria fumando um cigarro.



Veja Também