news:

Sul de Minas

Incêndio destrói galpão de pneus em parque de Guaxupé

Publicado por TV Minas em 03/05/2018

foto_principal.jpg

Na manhã desta quinta-feira um incêndio atingiu um galpão que armazenava pneus no parque de exposição de Guaxupé.

 

O fogo começou por volta das 11 horas da manhã e destruiu o local que a prefeitura utilizava para armazenamento de pneus.

 

Ainda não há informações oficiais, mas a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.

 

 

Incêndio destrói galpão de pneus em parque de Guaxupé.

 

 

O local já estava interditado devido não ter passado na última vistoria do corpo de Bombeiros, por questões de riscos que a estrutura oferecia. O espaço não tinha a permissão de armazenar material inflamável.

 

 

Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.

Na manhã desta quinta-feira um incêndio atingiu um galpão que armazenava pneus no parque de exposição de Guaxupé.


 


O fogo começou por volta das 11 horas da manhã e destruiu o local que a prefeitura utilizava para armazenamento de pneus.


 


Ainda não há informações oficiais, mas a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.


 


 



PATROCINADORES

Incêndio destrói galpão de pneus em parque de Guaxupé.


 


 


O local já estava interditado devido não ter passado na última vistoria do corpo de Bombeiros, por questões de riscos que a estrutura oferecia. O espaço não tinha a permissão de armazenar material inflamável.


 


 



Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.


Na manhã desta quinta-feira um incêndio atingiu um galpão que armazenava pneus no parque de exposição de Guaxupé.



O fogo começou por volta das 11 horas da manhã e destruiu o local que a prefeitura utilizava para armazenamento de pneus.



Ainda não há informações oficiais, mas a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.



PATROCINADORES



Incêndio destrói galpão de pneus em parque de Guaxupé.



PATROCINADORES

O local já estava interditado devido não ter passado na última vistoria do corpo de Bombeiros, por questões de riscos que a estrutura oferecia. O espaço não tinha a permissão de armazenar material inflamável.





Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros suspeitam de incêndio criminoso.



Veja Também