news:

Sul de Minas

Após longa espera, 1º Centro Socioeducativo no Sul de Minas é inaugurado

Publicado por TV Minas em 04/05/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Prédio terá capacidade para receber até 40 adolescentes infratores até 21 anos.

 

Depois de cinco anos de espera, Passos vai abrigar o 1º Centro Socioeducativo do Sul de Minas. O prédio, inaugurado nesta quinta-feira (3) conta com 40 vagas para meninos infratores até 21 anos. Pelo menos cinco adolescentes já devem chegar nesta sexta-feira (4).

 

O prédio, que antes era uma escola estadual, recebeu uma reforma no valor de R$ 2 milhões. Com oito alojamentos e três salas para oficinas, o local ainda vai proporcionar atividades culturais, esportivas, profissionalizantes, escolares e artísticas aos menores.

 

Atualmente os menores envolvidos em crimes eram encaminhados para Divinópolis (MG) ou Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). A inauguração chegou a ser adiada seis vezes. Para pressionar o Estado a abrir a casa, o promotor da infância e juventude estipulou uma multa, mas ela ainda não foi cobrada.

 

Em sua última visita a Passos, em agosto do ano passado, o governador Fernando Pimentel tinha dado um prazo de 60 dias para a inauguração do centro socioeducativo.

 

Segundo o delegado regional, a inauguração do centro ainda não é solução, mas vai ajudar a trazer um pouco mais de segurança para os moradores de Passos.

 

O governador Fernando Pimentel, que não pode comparecer na inauguração, foi representado pela subsecretária de Atendimento Socioeducativo, Camile Neves.

Matéria extraída do G1


 


Prédio terá capacidade para receber até 40 adolescentes infratores até 21 anos.


 


Depois de cinco anos de espera, Passos vai abrigar o 1º Centro Socioeducativo do Sul de Minas. O prédio, inaugurado nesta quinta-feira (3) conta com 40 vagas para meninos infratores até 21 anos. Pelo menos cinco adolescentes já devem chegar nesta sexta-feira (4).


 


O prédio, que antes era uma escola estadual, recebeu uma reforma no valor de R$ 2 milhões. Com oito alojamentos e três salas para oficinas, o local ainda vai proporcionar atividades culturais, esportivas, profissionalizantes, escolares e artísticas aos menores.


PATROCINADORES

 


Atualmente os menores envolvidos em crimes eram encaminhados para Divinópolis (MG) ou Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). A inauguração chegou a ser adiada seis vezes. Para pressionar o Estado a abrir a casa, o promotor da infância e juventude estipulou uma multa, mas ela ainda não foi cobrada.


 


Em sua última visita a Passos, em agosto do ano passado, o governador Fernando Pimentel tinha dado um prazo de 60 dias para a inauguração do centro socioeducativo.


 


Segundo o delegado regional, a inauguração do centro ainda não é solução, mas vai ajudar a trazer um pouco mais de segurança para os moradores de Passos.


 


O governador Fernando Pimentel, que não pode comparecer na inauguração, foi representado pela subsecretária de Atendimento Socioeducativo, Camile Neves.


Matéria extraída do G1



Prédio terá capacidade para receber até 40 adolescentes infratores até 21 anos.



Depois de cinco anos de espera, Passos vai abrigar o 1º Centro Socioeducativo do Sul de Minas. O prédio, inaugurado nesta quinta-feira (3) conta com 40 vagas para meninos infratores até 21 anos. Pelo menos cinco adolescentes já devem chegar nesta sexta-feira (4).



PATROCINADORES

O prédio, que antes era uma escola estadual, recebeu uma reforma no valor de R$ 2 milhões. Com oito alojamentos e três salas para oficinas, o local ainda vai proporcionar atividades culturais, esportivas, profissionalizantes, escolares e artísticas aos menores.



Atualmente os menores envolvidos em crimes eram encaminhados para Divinópolis (MG) ou Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). A inauguração chegou a ser adiada seis vezes. Para pressionar o Estado a abrir a casa, o promotor da infância e juventude estipulou uma multa, mas ela ainda não foi cobrada.



PATROCINADORES

Em sua última visita a Passos, em agosto do ano passado, o governador Fernando Pimentel tinha dado um prazo de 60 dias para a inauguração do centro socioeducativo.



Segundo o delegado regional, a inauguração do centro ainda não é solução, mas vai ajudar a trazer um pouco mais de segurança para os moradores de Passos.



O governador Fernando Pimentel, que não pode comparecer na inauguração, foi representado pela subsecretária de Atendimento Socioeducativo, Camile Neves.



Veja Também