news:

Notícias

Bombeiros encontram corpo de criança em escombros de prédio que desabou

Publicado por TV Minas em 08/05/2018

foto_principal.jpg

Equipes agora fazem trabalho manual em busca da família da vítima, que suspeitam ser uma das duas crianças de 9 anos desaparecidas.

 

O Corpo de Bombeiros de São Paulo encontrou, às 6h30 desta terça-feira, um corpo que aparenta ser de uma criança sob os escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, no centro da capital paulista. O capitão da corporação, Marcos Palumbo, disse a jornalistas no local que o corpo foi achado durante uma escavação manual, após a sinalização de um cão farejador e que as buscas agora serão intensificadas.

 

Os bombeiros trabalham com a informação de que o corpo pode ser de uma das duas crianças gêmeas que estavam desaparecidas desde o incêndio e desabamento do prédio na última terça-feira. E consideram que a mãe estivessem junto. Nessa nova etapa de buscas, as equipes passam a se concentrar no trabalho manual para localizar os outros corpos.

 

Nesta segunda-feira, os trabalhos de busca encontraram uma arcada dentária e restos mortais de outra vítima. Posteriormente, o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa, confirmou se tratar de outra das vítimas, Ricardo Galvão Pinheiro, que acionou os serviços de resgate no momento do incêndio.

 

Os bombeiros também informaram que passaram a considerar desaparecida uma oitava pessoa, Francisco Lemos Dantas, de 56 anos. Dantas, que vivia no oitavo andar do edifício, foi reclamado pela ex-cunhada. Com ele, são oito pessoas tratadas como vítimas, sendo duas já encontradas pelos bombeiros de São Paulo.

 

 

Escavadeira remove escombros de prédio do Largo do Paissandu, na região central de São Paulo (SP) - 02/05/2018.

Equipes agora fazem trabalho manual em busca da família da vítima, que suspeitam ser uma das duas crianças de 9 anos desaparecidas.


 


O Corpo de Bombeiros de São Paulo encontrou, às 6h30 desta terça-feira, um corpo que aparenta ser de uma criança sob os escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, no centro da capital paulista. O capitão da corporação, Marcos Palumbo, disse a jornalistas no local que o corpo foi achado durante uma escavação manual, após a sinalização de um cão farejador e que as buscas agora serão intensificadas.


 


Os bombeiros trabalham com a informação de que o corpo pode ser de uma das duas crianças gêmeas que estavam desaparecidas desde o incêndio e desabamento do prédio na última terça-feira. E consideram que a mãe estivessem junto. Nessa nova etapa de buscas, as equipes passam a se concentrar no trabalho manual para localizar os outros corpos.


 


PATROCINADORES

Nesta segunda-feira, os trabalhos de busca encontraram uma arcada dentária e restos mortais de outra vítima. Posteriormente, o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa, confirmou se tratar de outra das vítimas, Ricardo Galvão Pinheiro, que acionou os serviços de resgate no momento do incêndio.


 


Os bombeiros também informaram que passaram a considerar desaparecida uma oitava pessoa, Francisco Lemos Dantas, de 56 anos. Dantas, que vivia no oitavo andar do edifício, foi reclamado pela ex-cunhada. Com ele, são oito pessoas tratadas como vítimas, sendo duas já encontradas pelos bombeiros de São Paulo.


 


 



Escavadeira remove escombros de prédio do Largo do Paissandu, na região central de São Paulo (SP) - 02/05/2018.


Equipes agora fazem trabalho manual em busca da família da vítima, que suspeitam ser uma das duas crianças de 9 anos desaparecidas.



O Corpo de Bombeiros de São Paulo encontrou, às 6h30 desta terça-feira, um corpo que aparenta ser de uma criança sob os escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, no centro da capital paulista. O capitão da corporação, Marcos Palumbo, disse a jornalistas no local que o corpo foi achado durante uma escavação manual, após a sinalização de um cão farejador e que as buscas agora serão intensificadas.



Os bombeiros trabalham com a informação de que o corpo pode ser de uma das duas crianças gêmeas que estavam desaparecidas desde o incêndio e desabamento do prédio na última terça-feira. E consideram que a mãe estivessem junto. Nessa nova etapa de buscas, as equipes passam a se concentrar no trabalho manual para localizar os outros corpos.



PATROCINADORES

Nesta segunda-feira, os trabalhos de busca encontraram uma arcada dentária e restos mortais de outra vítima. Posteriormente, o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa, confirmou se tratar de outra das vítimas, Ricardo Galvão Pinheiro, que acionou os serviços de resgate no momento do incêndio.



Os bombeiros também informaram que passaram a considerar desaparecida uma oitava pessoa, Francisco Lemos Dantas, de 56 anos. Dantas, que vivia no oitavo andar do edifício, foi reclamado pela ex-cunhada. Com ele, são oito pessoas tratadas como vítimas, sendo duas já encontradas pelos bombeiros de São Paulo.





Escavadeira remove escombros de prédio do Largo do Paissandu, na região central de São Paulo (SP) - 02/05/2018.



Veja Também