news:

Sul de Minas

Jovem sul-mineiro de 21 anos é morto com tiro

Publicado por TV Minas em 10/05/2018

foto_principal.jpg

Matéria Extraída do G1

 

Segundo a polícia, possível causa do homicídio é uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.

 

Um jovem de 21 anos foi morto com um tiro na manhã desta quinta-feira (10) no bairro Vila Assunta, em Machado. Conforme a assessoria da Polícia Civil, a vítima tinha antecedentes por tráfico de drogas. A possível causa do homicídio seria uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.

 

Ainda conforme a Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais, Júlio César de Souza cumpria regime semiaberto no Presídio de Machado. Ele tinha autorização judicial para trabalhar e podia sair da cadeia às 6h e retornar às 18h para a unidade prisional.

 

Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Matéria Extraída do G1


 


Segundo a polícia, possível causa do homicídio é uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.


 


PATROCINADORES

Um jovem de 21 anos foi morto com um tiro na manhã desta quinta-feira (10) no bairro Vila Assunta, em Machado. Conforme a assessoria da Polícia Civil, a vítima tinha antecedentes por tráfico de drogas. A possível causa do homicídio seria uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.


 


Ainda conforme a Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais, Júlio César de Souza cumpria regime semiaberto no Presídio de Machado. Ele tinha autorização judicial para trabalhar e podia sair da cadeia às 6h e retornar às 18h para a unidade prisional.


 


Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.


Matéria Extraída do G1



Segundo a polícia, possível causa do homicídio é uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.



Um jovem de 21 anos foi morto com um tiro na manhã desta quinta-feira (10) no bairro Vila Assunta, em Machado. Conforme a assessoria da Polícia Civil, a vítima tinha antecedentes por tráfico de drogas. A possível causa do homicídio seria uma disputa por um ponto do tráfico de drogas.



PATROCINADORES

Ainda conforme a Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais, Júlio César de Souza cumpria regime semiaberto no Presídio de Machado. Ele tinha autorização judicial para trabalhar e podia sair da cadeia às 6h e retornar às 18h para a unidade prisional.



Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.



Veja Também