news:

Sul de Minas

Acidente mata 3 pessoas no Sul de Minas, uma delas não era habilitada

Publicado por TV Minas em 12/05/2018

foto_principal.jpeg

Lavrador sem carteira de habilitação, empresário e advogada morrem em acidente na rodovia MG-185, no Sul de Minas.

 

Em pleno mês de maio, quando em todo país se desenvolve a campanha do Maio Amarelo, voltada para a prevenção de acidentes, o Sul de Minas registra uma tragédia. Uma batida frontal envolvendo dois carros, um Corsa e um Kadet, matou um lavrador, um empresário e uma advogada na noite de ontem, quinta-feira, dia 10, no km 51 da rodovia MG-184, entre os municípios de Alterosa e Areado, no Sul de Minas. 

 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que atendeu a ocorrência, o lavrador Jorge Rocha, de 50 anos, que dirigia o Kadett, não possuía habilitação. O trabalhador rural morreu ainda na rodovia.

 

Já o casal, o empresário Rodrigo Nogueira Lemes, de 31 anos, e a advogada Luana Regina Alves Rodrigues, de 36, estavam no Corsa, os dois chegaram a ser socorridos ainda com vida e foram levados por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas, mas os dois morreram ao darem entrada na unidade.

 

As causas do acidente ainda são desconhecidas. O Corpo de Bombeiros fez a retirada das vítimas das ferragens dos veículos.

Lavrador sem carteira de habilitação, empresário e advogada morrem em acidente na rodovia MG-185, no Sul de Minas.


 


Em pleno mês de maio, quando em todo país se desenvolve a campanha do Maio Amarelo, voltada para a prevenção de acidentes, o Sul de Minas registra uma tragédia. Uma batida frontal envolvendo dois carros, um Corsa e um Kadet, matou um lavrador, um empresário e uma advogada na noite de ontem, quinta-feira, dia 10, no km 51 da rodovia MG-184, entre os municípios de Alterosa e Areado, no Sul de Minas. 


 


PATROCINADORES

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que atendeu a ocorrência, o lavrador Jorge Rocha, de 50 anos, que dirigia o Kadett, não possuía habilitação. O trabalhador rural morreu ainda na rodovia.


 


Já o casal, o empresário Rodrigo Nogueira Lemes, de 31 anos, e a advogada Luana Regina Alves Rodrigues, de 36, estavam no Corsa, os dois chegaram a ser socorridos ainda com vida e foram levados por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas, mas os dois morreram ao darem entrada na unidade.


 


As causas do acidente ainda são desconhecidas. O Corpo de Bombeiros fez a retirada das vítimas das ferragens dos veículos.


Lavrador sem carteira de habilitação, empresário e advogada morrem em acidente na rodovia MG-185, no Sul de Minas.



Em pleno mês de maio, quando em todo país se desenvolve a campanha do Maio Amarelo, voltada para a prevenção de acidentes, o Sul de Minas registra uma tragédia. Uma batida frontal envolvendo dois carros, um Corsa e um Kadet, matou um lavrador, um empresário e uma advogada na noite de ontem, quinta-feira, dia 10, no km 51 da rodovia MG-184, entre os municípios de Alterosa e Areado, no Sul de Minas. 



Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que atendeu a ocorrência, o lavrador Jorge Rocha, de 50 anos, que dirigia o Kadett, não possuía habilitação. O trabalhador rural morreu ainda na rodovia.



PATROCINADORES

Já o casal, o empresário Rodrigo Nogueira Lemes, de 31 anos, e a advogada Luana Regina Alves Rodrigues, de 36, estavam no Corsa, os dois chegaram a ser socorridos ainda com vida e foram levados por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas, mas os dois morreram ao darem entrada na unidade.



As causas do acidente ainda são desconhecidas. O Corpo de Bombeiros fez a retirada das vítimas das ferragens dos veículos.



Veja Também