news:

Ciência & Tecnologia

App do criador do Waze evita que você seja enganado por mecânicos

Publicado por TV Minas em 13/05/2018

foto_principal.png

Aplicativo pode identificar mais de 10 mil problemas no seu carro.

 

O novo aplicativo do criador do Waze, Uri Levine, ajuda a evitar que você seja enganado por mecânicos.

 

Chamado Engie App, ele é grátis para Android e iPhone, mas requer um dispositivo que é ligado a uma porta OBDII, que fica abaixo do volante de carros recentes. Ele é vendido por 75 reais (Android) ou 99 reais (Android e iPhone). Os preços variam por conta da versão mais moderna de Bluetooth do modelo compatível com o smartphone da Apple.

 

O aplicativo é capaz de diagnosticar mais de 10 mil problemas no carro, como aquecimento, condição da bateria ou emissões de poluentes inadequadas.

 

Em entrevista a EXAME, Gal Aharon, cofundadora do Engie App, conta que já identificou problemas até mesmo em seu próprio veículo. “Em uma viagem, o aplicativo me avisou que o motor estava mais aquecido do que o normal e que precisava de água no reservatório”, disse Aharon.

 

A executiva conta ainda o caso de um usuário que foi ao mecânico com problema no alternador e, ao sair com o carro, notou que o problema ainda existia pois o app o identificou. Com isso, diz ela, é possível evitar enganos em reparos.

 

A empresa é de origem israelense, assim como o Waze. Em sua terra natal, ela já possui parcerias com negócios para oferecer serviços aos motoristas usuários do Engie App. No Brasil, por ora, a meta é conquistar usuários. Por isso, neste primeiro mês de vendas, o dispositivo Bluetooth pode ser comprado com desconto no site da companhia.

 

Outros acessórios Bluetooth são compatíveis com o Engie App, segundo Aharon, mas ela não recomenda o uso de aparelhos que não sejam os vendidos pela sua empresa.

Aplicativo pode identificar mais de 10 mil problemas no seu carro.


 


O novo aplicativo do criador do Waze, Uri Levine, ajuda a evitar que você seja enganado por mecânicos.


 


Chamado Engie App, ele é grátis para Android e iPhone, mas requer um dispositivo que é ligado a uma porta OBDII, que fica abaixo do volante de carros recentes. Ele é vendido por 75 reais (Android) ou 99 reais (Android e iPhone). Os preços variam por conta da versão mais moderna de Bluetooth do modelo compatível com o smartphone da Apple.


 


O aplicativo é capaz de diagnosticar mais de 10 mil problemas no carro, como aquecimento, condição da bateria ou emissões de poluentes inadequadas.


PATROCINADORES

 


Em entrevista a EXAME, Gal Aharon, cofundadora do Engie App, conta que já identificou problemas até mesmo em seu próprio veículo. “Em uma viagem, o aplicativo me avisou que o motor estava mais aquecido do que o normal e que precisava de água no reservatório”, disse Aharon.


 


A executiva conta ainda o caso de um usuário que foi ao mecânico com problema no alternador e, ao sair com o carro, notou que o problema ainda existia pois o app o identificou. Com isso, diz ela, é possível evitar enganos em reparos.


 


A empresa é de origem israelense, assim como o Waze. Em sua terra natal, ela já possui parcerias com negócios para oferecer serviços aos motoristas usuários do Engie App. No Brasil, por ora, a meta é conquistar usuários. Por isso, neste primeiro mês de vendas, o dispositivo Bluetooth pode ser comprado com desconto no site da companhia.


 


Outros acessórios Bluetooth são compatíveis com o Engie App, segundo Aharon, mas ela não recomenda o uso de aparelhos que não sejam os vendidos pela sua empresa.


Aplicativo pode identificar mais de 10 mil problemas no seu carro.



O novo aplicativo do criador do Waze, Uri Levine, ajuda a evitar que você seja enganado por mecânicos.



Chamado Engie App, ele é grátis para Android e iPhone, mas requer um dispositivo que é ligado a uma porta OBDII, que fica abaixo do volante de carros recentes. Ele é vendido por 75 reais (Android) ou 99 reais (Android e iPhone). Os preços variam por conta da versão mais moderna de Bluetooth do modelo compatível com o smartphone da Apple.



PATROCINADORES

O aplicativo é capaz de diagnosticar mais de 10 mil problemas no carro, como aquecimento, condição da bateria ou emissões de poluentes inadequadas.



Em entrevista a EXAME, Gal Aharon, cofundadora do Engie App, conta que já identificou problemas até mesmo em seu próprio veículo. “Em uma viagem, o aplicativo me avisou que o motor estava mais aquecido do que o normal e que precisava de água no reservatório”, disse Aharon.



PATROCINADORES

A executiva conta ainda o caso de um usuário que foi ao mecânico com problema no alternador e, ao sair com o carro, notou que o problema ainda existia pois o app o identificou. Com isso, diz ela, é possível evitar enganos em reparos.



A empresa é de origem israelense, assim como o Waze. Em sua terra natal, ela já possui parcerias com negócios para oferecer serviços aos motoristas usuários do Engie App. No Brasil, por ora, a meta é conquistar usuários. Por isso, neste primeiro mês de vendas, o dispositivo Bluetooth pode ser comprado com desconto no site da companhia.



Outros acessórios Bluetooth são compatíveis com o Engie App, segundo Aharon, mas ela não recomenda o uso de aparelhos que não sejam os vendidos pela sua empresa.



Veja Também