news:

Sul de Minas

PC faz operação contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 17/05/2018

foto_principal.png

Matéria extraída do G1

 

Diligências estão sendo realizadas em Três Corações, Alfenas e Heliodora; 80 policiais participam.

 

Polícia Civil realizou a segunda fase da operação operação "Narco Zero", contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas. As diligências foram feitas na madrugada e na manhã desta quinta-feira (17) em Três Corações, Alfenas e Heliodora e terminaram com 22 pessoas presas e quatro veículos apreendidos.

 

"É uma quadrilha muito importante, que tinha uma função e um comando bem representativo aqui na cidade. Não é a única, a cidade está bem dividida nessa questão do tráfico de drogas, existem algumas facções aqui em atuação, mas era um braço muito forte. E hoje posso afirmar com certeza absoluta que eles estão levando um duro golpe", ressaltou o delegado regional Cristiano Silva Almeida.

 

Em um ano de investigação, 46 pessoas foram presas – 24 delas no ano passado. A polícia descobriu que o grupo agia mesmo de dentro dos presídio.

 

"É muito bem estruturada, aonde seus membros possuem funções definidas. E nós conseguimos, através da investigação, apurar a participação de cada um deles nessa associação", acrescentou Almeida.

 

Dois suspeitos ainda estão foragidos, mas a polícia acredita que os principais criminosos foram presos. De acordo com a Polícia Civil, 80 policiais participaram da ação. A ação teve também o apoio de um helicóptero e de cães farejadores.

 

 

Polícia Civil faz operação contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas.

Matéria extraída do G1


 


Diligências estão sendo realizadas em Três Corações, Alfenas e Heliodora; 80 policiais participam.


 


Polícia Civil realizou a segunda fase da operação operação "Narco Zero", contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas. As diligências foram feitas na madrugada e na manhã desta quinta-feira (17) em Três Corações, Alfenas e Heliodora e terminaram com 22 pessoas presas e quatro veículos apreendidos.


 


"É uma quadrilha muito importante, que tinha uma função e um comando bem representativo aqui na cidade. Não é a única, a cidade está bem dividida nessa questão do tráfico de drogas, existem algumas facções aqui em atuação, mas era um braço muito forte. E hoje posso afirmar com certeza absoluta que eles estão levando um duro golpe", ressaltou o delegado regional Cristiano Silva Almeida.


 


PATROCINADORES

Em um ano de investigação, 46 pessoas foram presas – 24 delas no ano passado. A polícia descobriu que o grupo agia mesmo de dentro dos presídio.


 


"É muito bem estruturada, aonde seus membros possuem funções definidas. E nós conseguimos, através da investigação, apurar a participação de cada um deles nessa associação", acrescentou Almeida.


 


Dois suspeitos ainda estão foragidos, mas a polícia acredita que os principais criminosos foram presos. De acordo com a Polícia Civil, 80 policiais participaram da ação. A ação teve também o apoio de um helicóptero e de cães farejadores.


 


 



Polícia Civil faz operação contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas.


Matéria extraída do G1



Diligências estão sendo realizadas em Três Corações, Alfenas e Heliodora; 80 policiais participam.



Polícia Civil realizou a segunda fase da operação operação "Narco Zero", contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas. As diligências foram feitas na madrugada e na manhã desta quinta-feira (17) em Três Corações, Alfenas e Heliodora e terminaram com 22 pessoas presas e quatro veículos apreendidos.



PATROCINADORES

"É uma quadrilha muito importante, que tinha uma função e um comando bem representativo aqui na cidade. Não é a única, a cidade está bem dividida nessa questão do tráfico de drogas, existem algumas facções aqui em atuação, mas era um braço muito forte. E hoje posso afirmar com certeza absoluta que eles estão levando um duro golpe", ressaltou o delegado regional Cristiano Silva Almeida.



Em um ano de investigação, 46 pessoas foram presas – 24 delas no ano passado. A polícia descobriu que o grupo agia mesmo de dentro dos presídio.



PATROCINADORES

"É muito bem estruturada, aonde seus membros possuem funções definidas. E nós conseguimos, através da investigação, apurar a participação de cada um deles nessa associação", acrescentou Almeida.



Dois suspeitos ainda estão foragidos, mas a polícia acredita que os principais criminosos foram presos. De acordo com a Polícia Civil, 80 policiais participaram da ação. A ação teve também o apoio de um helicóptero e de cães farejadores.





Polícia Civil faz operação contra o tráfico de drogas em três cidades do Sul de Minas.



Veja Também