news:

Sul de Minas

Sul-mineiro preso em operação contra pedofilia usava computador de escola

Publicado por TV Minas em 18/05/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Homem de 61 anos foi preso em flagrante em São Sebastião do Paraíso e confessou usar equipamento; Operação Luz na Infância 2 já prendeu mais de 200 pessoas.

 

Um homem de 61 anos preso em flagrante na operação Luz na Infância 2, que combate a pornografia infantil, admitiu ter utilizado o computador de uma escola estadual na qual trabalhava, em São Sebastião do Paraíso, para acessar os vídeos. A prisão está entre as mais de 200 efetuadas no Distrito Federal e em mais 24 estados durante a ação deflagrada nesta quinta-feira (17).

 

A operação Luz na Infância 2 é a maior operação brasileira de combate à pornografia infantil e mobiliza 2,6 mil policiais. De acordo com o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, os alvos são pessoas que possuem conteúdos de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

 

No caso do homem preso em São Sebastião do Paraíso, segundo o delegado regional Fernando Augusto Bettio, foi encontrado um computador com diversos vídeos pornográficos infantis durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. Além disso, no computador da escola em que ele trabalhava, foram encontrados programas de armazenamento e compartilhamento dos vídeos.

 

Segundo a Polícia Civil, o homem não possuía passagens pela polícia. Ele foi encaminhado ao sistema prisional. Os computadores que ele utilizava e um aparelho celular foram apreendidos pela polícia.

 

 

Prisão em São Gonçalo do Sapucaí

 

Também no Sul de Minas, outro homem foi preso nesta manhã por armazenar vídeos de pornografia infantil. O suspeito, de 64 anos, já estava sendo investigado, segundo a polícia, e foi detido em casa, no Centro de São Gonçalo do Sapucaí.

 

De acordo com o delegado Daniel Leme Amaral, ele também não possuía passagens pela polícia, mas foram encontrados vídeos tanto no celular quanto no computador que ele utilizava. O homem foi encaminhado para o presídio.

 

 

Operação Luz na Infância 2

 

Coordenada pelo segundo o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, a operação cumpriu 579 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 24 estados – apenas Paraná e Rio Grande do Norte não estão na operação.

 

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada na véspera do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Matéria extraída do G1


 


Homem de 61 anos foi preso em flagrante em São Sebastião do Paraíso e confessou usar equipamento; Operação Luz na Infância 2 já prendeu mais de 200 pessoas.


 


Um homem de 61 anos preso em flagrante na operação Luz na Infância 2, que combate a pornografia infantil, admitiu ter utilizado o computador de uma escola estadual na qual trabalhava, em São Sebastião do Paraíso, para acessar os vídeos. A prisão está entre as mais de 200 efetuadas no Distrito Federal e em mais 24 estados durante a ação deflagrada nesta quinta-feira (17).


 


A operação Luz na Infância 2 é a maior operação brasileira de combate à pornografia infantil e mobiliza 2,6 mil policiais. De acordo com o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, os alvos são pessoas que possuem conteúdos de exploração sexual contra crianças e adolescentes.


 


No caso do homem preso em São Sebastião do Paraíso, segundo o delegado regional Fernando Augusto Bettio, foi encontrado um computador com diversos vídeos pornográficos infantis durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. Além disso, no computador da escola em que ele trabalhava, foram encontrados programas de armazenamento e compartilhamento dos vídeos.


 


Segundo a Polícia Civil, o homem não possuía passagens pela polícia. Ele foi encaminhado ao sistema prisional. Os computadores que ele utilizava e um aparelho celular foram apreendidos pela polícia.


 


PATROCINADORES

 


Prisão em São Gonçalo do Sapucaí


 


Também no Sul de Minas, outro homem foi preso nesta manhã por armazenar vídeos de pornografia infantil. O suspeito, de 64 anos, já estava sendo investigado, segundo a polícia, e foi detido em casa, no Centro de São Gonçalo do Sapucaí.


 


De acordo com o delegado Daniel Leme Amaral, ele também não possuía passagens pela polícia, mas foram encontrados vídeos tanto no celular quanto no computador que ele utilizava. O homem foi encaminhado para o presídio.


 


 


Operação Luz na Infância 2


 


Coordenada pelo segundo o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, a operação cumpriu 579 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 24 estados – apenas Paraná e Rio Grande do Norte não estão na operação.


 


Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada na véspera do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.


Matéria extraída do G1



Homem de 61 anos foi preso em flagrante em São Sebastião do Paraíso e confessou usar equipamento; Operação Luz na Infância 2 já prendeu mais de 200 pessoas.



Um homem de 61 anos preso em flagrante na operação Luz na Infância 2, que combate a pornografia infantil, admitiu ter utilizado o computador de uma escola estadual na qual trabalhava, em São Sebastião do Paraíso, para acessar os vídeos. A prisão está entre as mais de 200 efetuadas no Distrito Federal e em mais 24 estados durante a ação deflagrada nesta quinta-feira (17).



A operação Luz na Infância 2 é a maior operação brasileira de combate à pornografia infantil e mobiliza 2,6 mil policiais. De acordo com o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, os alvos são pessoas que possuem conteúdos de exploração sexual contra crianças e adolescentes.



PATROCINADORES

No caso do homem preso em São Sebastião do Paraíso, segundo o delegado regional Fernando Augusto Bettio, foi encontrado um computador com diversos vídeos pornográficos infantis durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. Além disso, no computador da escola em que ele trabalhava, foram encontrados programas de armazenamento e compartilhamento dos vídeos.



Segundo a Polícia Civil, o homem não possuía passagens pela polícia. Ele foi encaminhado ao sistema prisional. Os computadores que ele utilizava e um aparelho celular foram apreendidos pela polícia.



Prisão em São Gonçalo do Sapucaí



Também no Sul de Minas, outro homem foi preso nesta manhã por armazenar vídeos de pornografia infantil. O suspeito, de 64 anos, já estava sendo investigado, segundo a polícia, e foi detido em casa, no Centro de São Gonçalo do Sapucaí.



PATROCINADORES

De acordo com o delegado Daniel Leme Amaral, ele também não possuía passagens pela polícia, mas foram encontrados vídeos tanto no celular quanto no computador que ele utilizava. O homem foi encaminhado para o presídio.



Operação Luz na Infância 2



Coordenada pelo segundo o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, a operação cumpriu 579 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 24 estados – apenas Paraná e Rio Grande do Norte não estão na operação.



Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada na véspera do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.



Veja Também