news:

Sul de Minas

Sul de Minas tem novos ataques a ônibus, carros e viatura em 6 cidades

Publicado por TV Minas em 05/06/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Noite teve ataques em Passos, Itajubá, Alfenas, Machado. Uma viatura do Sistema Prisional foi incendiada em Varginha.

 

A noite de segunda-feira (4) foi de novos ataques a ônibus e outros veículos em pelo menos cinco cidades do Sul de Minas. Cinco ônibus de transporte coletivo foram incendiados em Passos, Machado, Itajubá e Alfenas. Além dos ônibus, criminosos atearam fogo em uma viatura do Sistema Prisional de Varginha, em uma caminhonete em Passos e em um carro de agente penitenciário em Três Pontas. Dezessete pessoas foram detidas nesta segunda-feira. Desde domingo, foram 29 presos pelos ataques.

 

Passos foi a cidade com mais ataques durante a noite. O primeiro crime, às 19h45, foi do incêndio de uma caminhonete que presta serviços para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Segundo a polícia, o veículo era usado para restabelecer a energia elétrica na Rua das Amoras, onde um ônibus havia sido queimado durante a tarde.

 

Por volta das 22h, criminosos atearam fogo em um ônibus que fazia o transporte de funcionários de um frigorífico no bairro Coimbras. Três passageiros e o motorista foram retirados do veículo por homens armados. O ônibus ficou completamente destruído pelas chamas.

 

 

Bombeiros combatem as chamas em ônibus de Passos.

 

 

Com os novos casos, Passos é a cidade da região com mais crimes relacionados. Desde a noite de domingo (3), quando a onda de ataques a ônibus e carros começou, já foram queimados três ônibus, uma caminhonete e uma viatura da Polícia Militar. Também houve tiros contra um departamento desativado da PM e ataque contra a Câmara Municipal. Ao todo, 17 pessoas foram detidas suspeitas de participação ou de planejar novos ataques.

 

Em Machado, o ataque foi a um ônibus que passava pelo último ponto de serviço no bairro Vila Formosa. Dois homens invadiram o veículo e obrigaram a saída do motorista e passageiros. Após jogarem gasolina, os suspeitos atearam fogo. Não houve feridos.

 

Na cidade de Itajubá, foram dois ônibus queimados. O primeiro, por volta das 20h, foi parado por homens armados no bairro Canaã. Mais tarde, por volta das 22h, criminosos agiram da mesma forma do primeiro crime - abordaram um ônibus e obrigaram a saída dos passageiros. Os dois veículos foram destruídos e não houve feridos.

 

 

Ônibus pega fogo após ataques em Itajubá.

 

 

Em Alfenas, homens armados entraram em um ônibus por volta das 21h30 e obrigaram a saída de motorista e passageiros. As vítimas correram enquanto o grupo quebrava os vidros do veículo e ateava fogo. Os bombeiros foram chamados e conseguiram controlar as chamas.

 

O ataque a uma viatura do Sistema Prisional em Varginha foi por volta das 22h30, na Avenida Plínio Salgado. O carro estava em uma oficina mecânica. Crimonosos pularam o muro e atearam fogo no veículo.

 

Já durante a madrugada desta terça-feira (5), o carro de um agente penitenciário foi queimado em Três Pontas. O veículo estava estacionado na Rua Rio de Janeiro, quando o dono viu pessoas cometendo o crime. Os suspeitos fugiram e o fogo foi controlado pelo próprio agente, com a ajuda da família.

 

 

Presos

 

Ainda durante a noite desta segunda, a polícia conseguiu prender envolvidos com os ataques a ônibus em Machado e Itajubá. Em Machado, foram dois homens presos e um menor apreendido. E em Itajubá, três adolescentes foram levados à delegacia.

 

Em Varginha, foram dois homens presos e cinco menores apreendidos por participação no incêndio da viatura do Sistema Prisional. As imagens das câmeras de segurança identificaram um menor de idade e, a partir dele, a polícia chegou aos outros envolvidos.

 

Também houve prisões em São Sebastião do Paraíso. Na cidade, quatro homens foram presos suspeitos de planejar um ataque. Eles estavam um duas motos, próximos à prefeitura, e foram abordados pela polícia. Com eles, foram encontrados luvas, um celular, uma garrafa com dois litros de gasolina. Porém, eles foram ouvidos na delegacia e liberados.

 

 

Ataques no Sul de Minas

 

Com os novos crimes, aumenta para 10 o número de cidades com ataques a ônibus urbanos entre a noite de domingo (3) e a noite desta segunda-feira (4) no Sul de Minas. Pelo menos 25 veículos foram incendiados em Pouso Alegre, Monte Santo de Minas, Alfenas, Guaxupé, Passos, Varginha, Poços de Caldas, Itajubá, Três Corações e Machado.

 

Desde domingo, 22 pessoas foram detidas, entre adultos e adolescentes. Em Cruzília e Brazópolis, criminosos dispararam tiros contra uma delegacia e uma viatura da polícia. Já em Ouro Fino, veículos em um pátio credenciado do Detran também foram incendiados.

Matéria extraída do G1


 


Noite teve ataques em Passos, Itajubá, Alfenas, Machado. Uma viatura do Sistema Prisional foi incendiada em Varginha.


 


A noite de segunda-feira (4) foi de novos ataques a ônibus e outros veículos em pelo menos cinco cidades do Sul de Minas. Cinco ônibus de transporte coletivo foram incendiados em Passos, Machado, Itajubá e Alfenas. Além dos ônibus, criminosos atearam fogo em uma viatura do Sistema Prisional de Varginha, em uma caminhonete em Passos e em um carro de agente penitenciário em Três Pontas. Dezessete pessoas foram detidas nesta segunda-feira. Desde domingo, foram 29 presos pelos ataques.


 


Passos foi a cidade com mais ataques durante a noite. O primeiro crime, às 19h45, foi do incêndio de uma caminhonete que presta serviços para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Segundo a polícia, o veículo era usado para restabelecer a energia elétrica na Rua das Amoras, onde um ônibus havia sido queimado durante a tarde.


 


Por volta das 22h, criminosos atearam fogo em um ônibus que fazia o transporte de funcionários de um frigorífico no bairro Coimbras. Três passageiros e o motorista foram retirados do veículo por homens armados. O ônibus ficou completamente destruído pelas chamas.


 


 



Bombeiros combatem as chamas em ônibus de Passos.


 


 


Com os novos casos, Passos é a cidade da região com mais crimes relacionados. Desde a noite de domingo (3), quando a onda de ataques a ônibus e carros começou, já foram queimados três ônibus, uma caminhonete e uma viatura da Polícia Militar. Também houve tiros contra um departamento desativado da PM e ataque contra a Câmara Municipal. Ao todo, 17 pessoas foram detidas suspeitas de participação ou de planejar novos ataques.


 


Em Machado, o ataque foi a um ônibus que passava pelo último ponto de serviço no bairro Vila Formosa. Dois homens invadiram o veículo e obrigaram a saída do motorista e passageiros. Após jogarem gasolina, os suspeitos atearam fogo. Não houve feridos.


 


Na cidade de Itajubá, foram dois ônibus queimados. O primeiro, por volta das 20h, foi parado por homens armados no bairro Canaã. Mais tarde, por volta das 22h, criminosos agiram da mesma forma do primeiro crime - abordaram um ônibus e obrigaram a saída dos passageiros. Os dois veículos foram destruídos e não houve feridos.


 


 



PATROCINADORES

Ônibus pega fogo após ataques em Itajubá.


 


 


Em Alfenas, homens armados entraram em um ônibus por volta das 21h30 e obrigaram a saída de motorista e passageiros. As vítimas correram enquanto o grupo quebrava os vidros do veículo e ateava fogo. Os bombeiros foram chamados e conseguiram controlar as chamas.


 


O ataque a uma viatura do Sistema Prisional em Varginha foi por volta das 22h30, na Avenida Plínio Salgado. O carro estava em uma oficina mecânica. Crimonosos pularam o muro e atearam fogo no veículo.


 


Já durante a madrugada desta terça-feira (5), o carro de um agente penitenciário foi queimado em Três Pontas. O veículo estava estacionado na Rua Rio de Janeiro, quando o dono viu pessoas cometendo o crime. Os suspeitos fugiram e o fogo foi controlado pelo próprio agente, com a ajuda da família.


 


 


Presos


 


Ainda durante a noite desta segunda, a polícia conseguiu prender envolvidos com os ataques a ônibus em Machado e Itajubá. Em Machado, foram dois homens presos e um menor apreendido. E em Itajubá, três adolescentes foram levados à delegacia.


 


Em Varginha, foram dois homens presos e cinco menores apreendidos por participação no incêndio da viatura do Sistema Prisional. As imagens das câmeras de segurança identificaram um menor de idade e, a partir dele, a polícia chegou aos outros envolvidos.


 


Também houve prisões em São Sebastião do Paraíso. Na cidade, quatro homens foram presos suspeitos de planejar um ataque. Eles estavam um duas motos, próximos à prefeitura, e foram abordados pela polícia. Com eles, foram encontrados luvas, um celular, uma garrafa com dois litros de gasolina. Porém, eles foram ouvidos na delegacia e liberados.


 


 


Ataques no Sul de Minas


 


Com os novos crimes, aumenta para 10 o número de cidades com ataques a ônibus urbanos entre a noite de domingo (3) e a noite desta segunda-feira (4) no Sul de Minas. Pelo menos 25 veículos foram incendiados em Pouso Alegre, Monte Santo de Minas, Alfenas, Guaxupé, Passos, Varginha, Poços de Caldas, Itajubá, Três Corações e Machado.


 


Desde domingo, 22 pessoas foram detidas, entre adultos e adolescentes. Em Cruzília e Brazópolis, criminosos dispararam tiros contra uma delegacia e uma viatura da polícia. Já em Ouro Fino, veículos em um pátio credenciado do Detran também foram incendiados.


Matéria extraída do G1



Noite teve ataques em Passos, Itajubá, Alfenas, Machado. Uma viatura do Sistema Prisional foi incendiada em Varginha.



A noite de segunda-feira (4) foi de novos ataques a ônibus e outros veículos em pelo menos cinco cidades do Sul de Minas. Cinco ônibus de transporte coletivo foram incendiados em Passos, Machado, Itajubá e Alfenas. Além dos ônibus, criminosos atearam fogo em uma viatura do Sistema Prisional de Varginha, em uma caminhonete em Passos e em um carro de agente penitenciário em Três Pontas. Dezessete pessoas foram detidas nesta segunda-feira. Desde domingo, foram 29 presos pelos ataques.



Passos foi a cidade com mais ataques durante a noite. O primeiro crime, às 19h45, foi do incêndio de uma caminhonete que presta serviços para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Segundo a polícia, o veículo era usado para restabelecer a energia elétrica na Rua das Amoras, onde um ônibus havia sido queimado durante a tarde.



Por volta das 22h, criminosos atearam fogo em um ônibus que fazia o transporte de funcionários de um frigorífico no bairro Coimbras. Três passageiros e o motorista foram retirados do veículo por homens armados. O ônibus ficou completamente destruído pelas chamas.





Bombeiros combatem as chamas em ônibus de Passos.



PATROCINADORES

Com os novos casos, Passos é a cidade da região com mais crimes relacionados. Desde a noite de domingo (3), quando a onda de ataques a ônibus e carros começou, já foram queimados três ônibus, uma caminhonete e uma viatura da Polícia Militar. Também houve tiros contra um departamento desativado da PM e ataque contra a Câmara Municipal. Ao todo, 17 pessoas foram detidas suspeitas de participação ou de planejar novos ataques.



Em Machado, o ataque foi a um ônibus que passava pelo último ponto de serviço no bairro Vila Formosa. Dois homens invadiram o veículo e obrigaram a saída do motorista e passageiros. Após jogarem gasolina, os suspeitos atearam fogo. Não houve feridos.



Na cidade de Itajubá, foram dois ônibus queimados. O primeiro, por volta das 20h, foi parado por homens armados no bairro Canaã. Mais tarde, por volta das 22h, criminosos agiram da mesma forma do primeiro crime - abordaram um ônibus e obrigaram a saída dos passageiros. Os dois veículos foram destruídos e não houve feridos.





Ônibus pega fogo após ataques em Itajubá.



Em Alfenas, homens armados entraram em um ônibus por volta das 21h30 e obrigaram a saída de motorista e passageiros. As vítimas correram enquanto o grupo quebrava os vidros do veículo e ateava fogo. Os bombeiros foram chamados e conseguiram controlar as chamas.



O ataque a uma viatura do Sistema Prisional em Varginha foi por volta das 22h30, na Avenida Plínio Salgado. O carro estava em uma oficina mecânica. Crimonosos pularam o muro e atearam fogo no veículo.



PATROCINADORES

Já durante a madrugada desta terça-feira (5), o carro de um agente penitenciário foi queimado em Três Pontas. O veículo estava estacionado na Rua Rio de Janeiro, quando o dono viu pessoas cometendo o crime. Os suspeitos fugiram e o fogo foi controlado pelo próprio agente, com a ajuda da família.



Presos



Ainda durante a noite desta segunda, a polícia conseguiu prender envolvidos com os ataques a ônibus em Machado e Itajubá. Em Machado, foram dois homens presos e um menor apreendido. E em Itajubá, três adolescentes foram levados à delegacia.



Em Varginha, foram dois homens presos e cinco menores apreendidos por participação no incêndio da viatura do Sistema Prisional. As imagens das câmeras de segurança identificaram um menor de idade e, a partir dele, a polícia chegou aos outros envolvidos.



Também houve prisões em São Sebastião do Paraíso. Na cidade, quatro homens foram presos suspeitos de planejar um ataque. Eles estavam um duas motos, próximos à prefeitura, e foram abordados pela polícia. Com eles, foram encontrados luvas, um celular, uma garrafa com dois litros de gasolina. Porém, eles foram ouvidos na delegacia e liberados.



Ataques no Sul de Minas



Com os novos crimes, aumenta para 10 o número de cidades com ataques a ônibus urbanos entre a noite de domingo (3) e a noite desta segunda-feira (4) no Sul de Minas. Pelo menos 25 veículos foram incendiados em Pouso Alegre, Monte Santo de Minas, Alfenas, Guaxupé, Passos, Varginha, Poços de Caldas, Itajubá, Três Corações e Machado.



Desde domingo, 22 pessoas foram detidas, entre adultos e adolescentes. Em Cruzília e Brazópolis, criminosos dispararam tiros contra uma delegacia e uma viatura da polícia. Já em Ouro Fino, veículos em um pátio credenciado do Detran também foram incendiados.



Veja Também