news:

Entretenimento e Curiosidade

Mulheres são maioria entre gamers brasileiros, revela pesquisa

Publicado por TV Minas em 09/06/2018

foto_principal.jpg

58,9% dos jogadores nacionais são do gênero feminino. Prevalência das mulheres foi confirmada pelo terceiro ano consecutivo.

 

Segundo dados da quinta edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), 75,5% dos brasileiros jogam games eletrônicos nas mais variadas plataformas. Desta porcentagem, 58,9% pertence ao gênero feminino, o que indica que as mulheres são a maioria entre os gamers brasileiros.

 

“Mais uma vez chamamos atenção para as mulheres como praticantes de jogos. Elas são a maioria entre os jogadores (58,9%), isso acontece pelo terceiro ano consecutivo. As mulheres representam a maioria da população brasileira, e isso também se reflete ao falarmos de jogos”, afirma em comunicado Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Researc, uma das empresas responsáveis pela pesquisa.

 

Ainda de acordo com a PGB, a maioria dos gamers brasileiros tem entre 25 a 34 anos (35,2%), seguido por quem tem 35 a 45 anos (32,7%), número que vai contra o estereótipo de que gamers são apenas crianças ou adolescentes.

 

Já ao que concerne às plataformas mais populares, cerca de 84% dos jogadores optam pelo smartphone, 46% pelos consoles e 44,6% pelos computadores.

 

A Pesquisa Game Brasil (PGB) é um estudo que traça o perfil do jogador brasileiro. Ela é realizada pelo Sioux Group, Blend New Research, ESPM através do Gamelab e Go Gamers. Nesta quinta edição da pesquisa, foram entrevistadas 2.853 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal entre os meses de fevereiro e março.

58,9% dos jogadores nacionais são do gênero feminino. Prevalência das mulheres foi confirmada pelo terceiro ano consecutivo.


 


Segundo dados da quinta edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), 75,5% dos brasileiros jogam games eletrônicos nas mais variadas plataformas. Desta porcentagem, 58,9% pertence ao gênero feminino, o que indica que as mulheres são a maioria entre os gamers brasileiros.


 


“Mais uma vez chamamos atenção para as mulheres como praticantes de jogos. Elas são a maioria entre os jogadores (58,9%), isso acontece pelo terceiro ano consecutivo. As mulheres representam a maioria da população brasileira, e isso também se reflete ao falarmos de jogos”, afirma em comunicado Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Researc, uma das empresas responsáveis pela pesquisa.


PATROCINADORES

 


Ainda de acordo com a PGB, a maioria dos gamers brasileiros tem entre 25 a 34 anos (35,2%), seguido por quem tem 35 a 45 anos (32,7%), número que vai contra o estereótipo de que gamers são apenas crianças ou adolescentes.


 


Já ao que concerne às plataformas mais populares, cerca de 84% dos jogadores optam pelo smartphone, 46% pelos consoles e 44,6% pelos computadores.


 


A Pesquisa Game Brasil (PGB) é um estudo que traça o perfil do jogador brasileiro. Ela é realizada pelo Sioux Group, Blend New Research, ESPM através do Gamelab e Go Gamers. Nesta quinta edição da pesquisa, foram entrevistadas 2.853 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal entre os meses de fevereiro e março.


58,9% dos jogadores nacionais são do gênero feminino. Prevalência das mulheres foi confirmada pelo terceiro ano consecutivo.



Segundo dados da quinta edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), 75,5% dos brasileiros jogam games eletrônicos nas mais variadas plataformas. Desta porcentagem, 58,9% pertence ao gênero feminino, o que indica que as mulheres são a maioria entre os gamers brasileiros.



“Mais uma vez chamamos atenção para as mulheres como praticantes de jogos. Elas são a maioria entre os jogadores (58,9%), isso acontece pelo terceiro ano consecutivo. As mulheres representam a maioria da população brasileira, e isso também se reflete ao falarmos de jogos”, afirma em comunicado Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Researc, uma das empresas responsáveis pela pesquisa.



PATROCINADORES

Ainda de acordo com a PGB, a maioria dos gamers brasileiros tem entre 25 a 34 anos (35,2%), seguido por quem tem 35 a 45 anos (32,7%), número que vai contra o estereótipo de que gamers são apenas crianças ou adolescentes.



Já ao que concerne às plataformas mais populares, cerca de 84% dos jogadores optam pelo smartphone, 46% pelos consoles e 44,6% pelos computadores.



A Pesquisa Game Brasil (PGB) é um estudo que traça o perfil do jogador brasileiro. Ela é realizada pelo Sioux Group, Blend New Research, ESPM através do Gamelab e Go Gamers. Nesta quinta edição da pesquisa, foram entrevistadas 2.853 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal entre os meses de fevereiro e março.



Veja Também